Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Vale: Goldman Sachs recomenda Compra após conversa com a gestão

Ações20.11.2020 18:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Ana Julia Mezzadri

Investing.com - Depois de conversar com Luciano Siani, CFO da Vale, em sua conferência 2020 Global Metals & Mining, o Goldman Sachs reiterou sua recomendação de Compra para a ADR da companhia (NYSE:VALE), negociada em Nova York, com preço-alvo de US$ 14. As informações são de relatório distribuído nesta sexta-feira (20).

No fechamento do pregão, o papel tinha baixa de 0,59%, a US$ 12,69, contra queda de 0,27% do NYSE Composite, índice em que é negociada, que fechou aos 13.825,87. A ação da Vale (SA:VALE3) no Brasil, por sua vez, terminou o dia em alta de 1,06%, a R$ 68,44, na contramão do Ibovespa, que registrou queda de 0,59%, aos 106.042 pontos.

Um dos destaques da conversa, de acordo com o Goldman, foi o guidance de produção de 310mt para 2020, que a Vale ainda espera alcançar, mas que pode ser difícil se a produção em Serra Leste não iniciar nos próximos dias. 

Outro ponto levantado é que a empresa espera que as vendas no quarto trimestre estejam em linha com os números de produção, depois de uma grande disparidade no 3T20, devida principalmente a problemas de envio para a China. Em 2021, no entanto, pode ocorrer um crescimento de estoque.

Sobre os preços de minério de ferro, a Vale tem postura otimista e acredita que um aumento na oferta terá impacto controlado sobre o mercado, o que deve manter os preços acima de US$ 100 por tonelada.

Finalmente, o banco destaca que a empresa está comprometida em pagar dividendos extraordinários, independentemente de alcançar seu alvo de US$ 10 bilhões em dívida líquida expandida.

Os principais riscos para a performance da companhia, na visão do Goldman Sachs, são uma queda no preço do minério de ferro, pressão de custos e riscos regulatórios.

Metais básicos

Para o níquel, a Vale acredita que o recente aumento nos preços se deve principalmente a uma demanda mais alta de produtores da indústria pesada, e não a um aumento na demanda de produtores de veículos elétricos. Esta, na visão da companhia, deve vir nos próximos quatro a cinco anos. 

Além disso, ainda em relação ao níquel, a Vale acredita que, se os problemas ambientais da produção da Indonésia não forem resolvidos nos próximos anos, pode estar bem posicionada para capturar essa demanda. Em relação ao cobre, a gestão disse ver um bom cronograma de expansão de produção.

Depois da execução bem sucedida dos projetos de níquel, a empresa afirma que opções estratégicas de M&A serão consideradas para as operações de metais básicos, incluindo um possível IPO.

Brumadinho

A Vale se diz “cautelosamente otimista” sobre as negociações de Brumadinho, e reiterou que não precisa alcançar um acordo “único e amplo”, mas pode seguir com acordos individuais. A gestão comentou evolução nas audiências com as autoridades de Minas Gerais, mas afirmou que as notícias recentes sobre um possível valor do acordo não são embasadas.

Vale: Goldman Sachs recomenda Compra após conversa com a gestão
 

Artigos Relacionados

Nubank tem lucro ajustado de US$10 mi no 1º tri
Nubank tem lucro ajustado de US$10 mi no 1º tri Por Reuters - 16.05.2022 7

SÃO PAULO (Reuters) - A Nu Holdings (NYSE:NU), controladora do Nubank (SA:NUBR33), teve lucro líquido ajustado de 10,1 milhões de dólares no primeiro trimestre, contra...

Itaúsa tem lucro recorrente de R$3,8 bi no 1º tri
Itaúsa tem lucro recorrente de R$3,8 bi no 1º tri Por Reuters - 16.05.2022

SÃO PAULO (Reuters) - A holding Itaúsa (SA:ITSA4) teve lucro líquido recorrente de 3,8 bilhões de reais no primeiro trimestre, um crescimento de 59,1% sobre o resultado de um ano...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Marcelo Favalli
Marcelo Favalli 21.11.2020 15:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tubarão recomendando compra apos gigante aquisição de posição nesta semana. Cuidado!!
Bruno Gimenez
Bruno Gimenez 20.11.2020 23:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
comprar em pico hístorico ? boa ...rs
Fábio Rodrigues
Fábio Rodrigues 20.11.2020 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Segunda feira corrige, muito esticada.
Marco Aurelio de Souza
Marco Aurelio de Souza 20.11.2020 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
se bater no suporte e cair, ela desce.senao, ela sobe.se tocar a resistencia e nao atravessar, ela volta.mas se atravessar, ela sobe.
Pablo Dos Santos
Pablo Dos Santos 20.11.2020 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pergunta básica: Se ela passar a fazer 40 bilhões de ebitda no 4º trimestre, tendo EV de 450bi, a Vale tá cara ou barata? e se fizer 50bi no 1ºtri/21? ela fez 34 bi nesse trimestre, com o mundo ainda meia-bomba, sem vender tudo q produziu visando no 4º tri fazer a blendagem (pra aumentar o prêmio sobre o minério dela). O preço do minério de ferro aumentou mais de 10%, ainda tem o projeto da joint venture na China para portos com maiores capacidades para aguentar o Valemax (mais redução de custos). Com base em quê ela estaria cara? Comparando com a Rio Tinto que tem breakeven maior, e minério de menor qualidade, ela está descontada, comparando com os múltiplos históricos dela, ela está descontada. E, por fim, eu digo: Preparem-se para o boom das commodities, ainda nem começou.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail