Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Bolsas da Ásia fecham sem direção única, após Evergrande evitar calote

Alpargatas (ALPA4) Pode Andar Muito Mais

Por Rodolfo AmstaldenAções10.08.2021 18:44
br.investing.com/analysis/alpargatas-alpa4-pode-andar-muito-mais-200443892
Alpargatas (ALPA4) Pode Andar Muito Mais
Por Rodolfo Amstalden   |  10.08.2021 18:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Em meio à temporada de balanços do segundo trimestre, vimos que a Alpargatas (SA:ALPA4), dona das marcas Havaianas e Osklen, apresentou excelente resultado - acima das expectativas. Tanto que suas ações chegaram a subir 16,65% no pregão seguinte à divulgação do seu desempenho.

No primeiro trimestre, os indicadores financeiros registrados pela companhia também foram positivos. E, para se ter uma ideia, no acumulado do ano até 6/08, ALPA4 teve uma alta de 43,58% contra 2,2% do Ibovespa.

Isso é a reação do mercado de um dia. O que eu quero neste texto é te dar uma visão mais ampla sobre as transformações na Alpargatas. Vou explicar por que a companhia pode andar muito mais, retomando aqui um pouco da sua trajetória.

A empresa atravessou um período desafiador especialmente entre 2014 e 2017, com margens baixas.

Vale destacar que, em 2015, o resultado internacional da Alpargatas foi puxado pelo câmbio – o real teve uma desvalorização de 47% frente ao dólar. Portanto, não foi impulsionado por um incremento do volume de produtos comercializados.

Vigorou, ao longo desse período, a falta de foco do antigo management. Entre alguns problemas, a forte aposta no mercado argentino - que não foi assertiva - e a falta de sinergia entre as marcas. Por sua vez, as vendas se mantiveram em patamares praticamente estagnados no Brasil.

Isso sem falar do isolamento social da companhia – há seis anos praticamente não se ouvia falar sobre ela na mídia.

Posso dizer até que se tratava de um caso “terminal”. Uma empresa rumo à irrelevância e remunerando bem seus acionistas pela paciência – com dividend yield acima de 5%.

O que mudou? Quais as transformações impulsionam a companhia?

Essa narrativa começou a mudar a partir de meados de 2017 com a saída do grupo controlador, isto é, da J&F, a holding dos irmãos Batista.

Além das alterações no board, houve mudanças na gestão executiva. Roberto Funari assumiu o posto de CEO no início de 2019. Muito experiente, ele é administrador de empresas e teve grande parte da sua carreira ligada a marcas globais.

A companhia realizou desinvestimentos, se desfez das operações da Topper e da Mizuno, concentrando-se na tradicional Havaianas e na Osklen.

Funari passou a tocar com êxito um plano estratégico que tem como principais pilares o aumento do mix de produtos, a expansão internacional e a digitalização.

E a Alpargatas intensificou o diálogo com consumidores e investidores, aparecendo mais na mídia, entre outras iniciativas.

Dito tudo isso, mostro aqui o resultado do segundo trimestre de 2021:

Receita líquida de R$ 1,09 bilhão, +71% sobre o mesmo período de 2020;
Lucro líquido recorrente de R$ 111 milhões, +229% na mesma base comparativa
Margem bruta de 56%

Aqui vou analisar o desempenho na base comparativa com o segundo trimestre de 2019, para desconsiderar o efeito intenso da pandemia e do lockdown do ano passado.

O que chama a atenção é que o volume de vendas foi 14% maior do que no segundo trimestre de 2019 no Brasil – imprimindo um ritmo de crescimento quase 5 vezes mais forte do que 6 anos atrás.

Nos Estados Unidos, uma operação que sempre teve dificuldade de tracionar, os volumes cresceram 41% frente a 2019.

O fato é que, nos últimos 12 meses, a Alpargatas soma R$ 4,04 bilhões em receitas. Em termos nominais, é quase o mesmo dos anos de 2015 e 2016, mas, dessa vez, o número é explicado por uma nova história sólida.

Cada vez mais suas marcas conversam entre si e os resultados surpreendentes se explicam pelo aumento nos volumes de vendas e, não, pelo câmbio.

O ritmo de crescimento das receitas da Alpargatas da companhia se equipara ao das marcas mais hypadas de moda do mundo.

Ao anunciar o balanço do segundo trimestre, o CEO Roberto Funari deu entrevista ao Valor Econômico e comentou que vai focar em fusões e aquisições na área de soluções digitais. Esse é um exemplo da mudança de postura em relação à comunicação corporativa.

Portanto, essa equação de narrativa mais resultados positivos tem empurrado a expansão dos seus múltiplos.

A Alpargatas negocia a um indicador de EV/Sales (valor da firma sobre as vendas) de 6,9x, superior ao da Nike (NYSE:NKE) (SA:NIKE34) (5,4x).

E eu e os analistas da minha equipe acreditamos que a companhia pode alcançar o múltiplo da Lululemon (NASDAQ:LULU) (SA:L1UL34) (8,6x), uma marca canadense premium de artigos esportivos.

Por isso, a ALPA4 figura entre as nossas principais apostas no PRP, junto com outras ações promissoras do Brasil e exterior, fundos imobiliários e ativos de renda fixa – uma carteira diversificada com foco no longo prazo.

Alpargatas (ALPA4) Pode Andar Muito Mais
 

Artigos Relacionados

Alpargatas (ALPA4) Pode Andar Muito Mais

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail