Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Americanas (AMER3) X Inter (BIDI11): Qual a Diferença nas Listagens nos EUA?

Por Victor BuenoAções20.05.2022 15:02
br.investing.com/analysis/americanas-amer3-x-inter-bidi11-qual-a-diferenca-nas-listagens-nos-eua-200449630
Americanas (AMER3) X Inter (BIDI11): Qual a Diferença nas Listagens nos EUA?
Por Victor Bueno   |  20.05.2022 15:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Com a diversificação de serviços do Magazine Luiza (SA:MGLU3) nos últimos anos e o avanço de empresas estrangeiras, como o Mercado Livre (SA:MELI34) (NASDAQ:MELI) e a Amazon (SA:AMZO34)(NASDAQ:AMZN), a B2W (antiga BTOW3) teve que se transformar para não ficar para trás. Em abril de 2021, a varejista online e as Lojas americanas (LAME4 (SA:LAME4) e LAME3)) anunciaram uma reestruturação de seus negócios, que contemplava a fusão entre elas e uma possível futura listagem da nova empresa nos Estados Unidos.

Os planos, classificados como de longo prazo, tinham como objetivo reduzir a complexidade operacional e tributária das companhias e, por fim, levar à listagem da holding americanas inc. (isso mesmo, com letra minúscula) aos EUA.

Outra empresa brasileira que decidiu deixar a B3 (SA:B3SA3) foi o Inter BIDI11). Em outubro de 2021, o banco digital iniciou seu movimento de reorganização societária para listagem de uma nova holding, a Inter&Co, na Nasdaq em Nova York.

Mas —  ao contrário dos planos da americanas —  a proposta de reorganização do Inter é bem diferente e a migração para o mercado americano está em estágio bem mais avançado.

americanas: uma nova jornada de criação de valor

Num desenho que aumenta o alcance para além das fronteiras brasileiras e eleva o potencial de crescimento nos próximos anos, a B2W incorporou as Lojas americanas, permitindo a criação de uma nova empresa, chamada apenas de americanas s.a. Com isso, as suas ações (BTOW3 e LAME4) deixaram de ser negociadas na B3 e a nova empresa passou a ser negociada pelo código AMER3).

Após a mudança, agora a companhia se prepara para criar uma holding (americanas inc.) listada nos Estados Unidos e que controlará a americanas S.A.

A ideia da empresa ao ser listada na bolsa de Nova York é de conseguir captar recursos de investidores internacionais para acelerar os seus planos de expansão orgânica e, quem sabe, até mesmo adquirir outras empresas que possam agregar na construção de seu ecossistema de negócios.

A migração das ações do Inter para a Inter&Co


Já a proposta de reorganização societária do Inter, que está em sua segunda (e última) tentativa, tem como objetivo principal a migração da sua base acionária para os EUA e dar continuidade aos seus planos de se consolidar como uma empresa global. Além dos benefícios relacionados às suas ações, a transação também representa um novo passo que a companhia dá para expandir sua base de clientes para além do território brasileiro e replicar o seu ecossistema em outros países pelo mundo — EUA poderá ser apenas o primeiro.

Além disso, a mudança para os EUA é muito positiva para os acionistas do Inter, tendo em vista que a conclusão do processo aumenta ainda mais o potencial da companhia de entregar crescimento em seus resultados e, consequentemente, a tendência é que as ações acompanhem esse crescimento no longo prazo.

Vemos a reorganização como mais um passo que o Inter dá para se consolidar como uma empresa global. Vale lembrar que a empresa já havia realizado, recentemente, alguns movimentos voltados para esse objetivo, como a aquisição da USEND (possibilitou a criação de sua conta global) e do lançamento de seu home broker internacional para facilitar o acesso direto a ativos americanos para os seus clientes.

As preocupações que giram em torno da americanas

Assim como a reorganização do Inter,  a proposta da americanas também traz muitos benefícios para a companhia, como uma melhora nos padrões de governança corporativa, mais liquidez para as ações e um maior potencial de expansão para novos mercados.

Porém existem, sim, os pontos de atenção, principalmente relacionados aos próximos passos após a conclusão da transação, tendo em vista que o cenário macro continua pressionando muito o setor varejista (inflação e juros altos) e a concorrência continua aumentando e obrigando que as companhias se reinventem a cada dia.

A nosso ver, o sucesso com uma possível listagem da americanas nos EUA dependerá muito dos planos da empresa para a utilização dos recursos que poderão ser captados, tendo em vista que o mercado de varejo está cada vez mais “exigente” e obrigando as empresas do setor a pensarem fora da caixa e irem além da venda de produtos.

A americanas já possui um marketplace consolidado, mas que pode acabar sendo apenas um dos negócios de um ecossistema mais completo no futuro, caso siga os caminhos de grandes empresas no setor, como o Magazine Luiza.

Americanas (AMER3) X Inter (BIDI11): Qual a Diferença nas Listagens nos EUA?
 

Artigos Relacionados

Americanas (AMER3) X Inter (BIDI11): Qual a Diferença nas Listagens nos EUA?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
ademir nunes
ademir nunes 21.05.2022 16:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
magazine está mais lascada que tudo, como comparar com amere??
ademir nunes
ademir nunes 21.05.2022 16:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
magazine está mais lascada que tudo, como comparar com amere??
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail