Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

As Maiores Quedas do Dólar Frente ao Real

Por Luiz MorenoCâmbio08.11.2021 09:44
br.investing.com/analysis/as-maiores-quedas-do-dolar-frente-ao-real-200445763
As Maiores Quedas do Dólar Frente ao Real
Por Luiz Moreno   |  08.11.2021 09:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Em tempos de dólar alto e real desvalorizado, vamos voltar no tempo e relembrar as maiores desvalorizações do dólar frente ao real e os motivos de tais efeitos.

2003

O ano de 2003 foi marcado pela grande desvalorização do dólar frente ao real. A moeda norte-americana iniciou 2003 cotada a R$ 3,54 e encerrou o ano aos R$ 2,90, o que representa uma expressiva queda de 18,23% no período.

Em 2003, após as preocupações sobre o governo Lula se dissiparem e com o cenário político se acalmando, o aumento de captações das empresas brasileiras no exterior e as exportações foram fundamentais para aumentar a oferta da moeda norte americana. No segundo semestre de 2002, o dólar chegou a ser negociado a R$ 4,00, após o governo conduzir bem a política e a economia e com o BC atuando com forte controle sobre a inflação naquele ano.

O governo também adotou medidas para corte de despesas atingindo a meta fiscal naquele ano.

2004

Em 2004, o dólar acumulou queda de 8,58% ao real, mantendo a trajetória de queda do ano anterior. Após romper o valor de R$ 2,80, o Banco Central passou a realizar leilões de compra e o dólar se manteve na casa de R$ 2,90.

As expectativas de elevação da taxa de juros nos EUA e uma saída de capitais do país fizeram o dólar disparar e bater a casa de R$ 3,21.

Após o FED sinalizar que não aumentaria a taxa e que continuaria em patamares baixos, e com a fala do Presidente do Banco Central Americano, Alan Greenspan, de que a taxa subiria em “ritmo moderado”, o dólar reverteu a alta e iniciou uma queda forte. Neste período, o Brasil elevou sua meta de superávit primário de 4,25% para 4,50% do PIB,

Com os temores da reeleição de George W Bush, com o mesmo não dando atenção aos problemas fiscais do país, o dólar continuava a cair. No final deste ano, o Banco Central do Brasil começou a realizar compras para diminuir o ritmo da queda para impedir perdas e prejudicar investimentos em contas externas.

2009

É considerado o ano em que o dólar teve sua maior desvalorização frente ao real, chegando a desvalorizar 25%, superando o ano de 2003. Neste ano, o dólar desvalorizou-se frente várias moedas, principalmente entre os emergentes. A desvalorização do dólar, porém, tem suas desvantagens: não é boa para exportações de produtos brasileiros. O governo decidiu, em outubro, taxar aplicações estrangeiras na Bolsa de Valores e nas aplicações em renda fixa.

Em novembro, o governo adotou outra medida: a cobrança de IOF sobre operações com ações de empresas brasileiras no exterior.

No período do governo Lula, o dólar acumulou desvalorização total de 50,7%.

2016

O dólar fechou 2016 em queda de 17,69%, a maior queda anual desde 2009, e encerrou o ano cotado a R$ 3,24.

Entre os principais motivos para a queda do dólar destacaram-se o cenário político, as incertezas em relação ao cenário externo e a influência dos preços das commodities. Porém, o preço das commodities foi o ponto crucial e mais forte dentre os citados.

Depois de registrar lucro recorde em 2015, quando o dólar valorizou-se 48%, o Banco Central fechou 2016 com o primeiro prejuízo e encerrou o ano com perdas operacionais de R$ 9,5 bilhões, que reduziram o valor em reais de suas reservas internacionais.

Veja gráfico do movimento dos preços nos anos citados:


USD/BRL
USD/BRL

As Maiores Quedas do Dólar Frente ao Real
 

Artigos Relacionados

As Maiores Quedas do Dólar Frente ao Real

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Guto Santos
Guto Santos 11.11.2021 14:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Luiz, com o aumento da Taxa de Juros no Brazil, existe uma tendencia de aumento do dluxo de USD no país. Voce acredita que este pode ser um FORTE vetor para contribuir para queda da Cotacao da moeda norte americana?
Jonas Monteiro
Jonas Monteiro 11.11.2021 14:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Negativo. ninguém quer arriscar seu suado dólar em uma economia fraca e desestabilizada como o Brasil, nem tesouro direto pagando 20%a.a eu deixo meu dinheiro lá, melhor forma de se proteger hoje é ficar dolarizado. Nem sei mais que moeda é essa, real brasileiro? Com essa expectativa de elevar o juros americano o dólar ganha mais força, assim como Gudes eu também quero o dólar nas alturas.
Jonas pereira de sousa comedio
Jonas pereira de sousa comedio 08.11.2021 14:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Este homem é o Cara no trading.Todo dia aprendo algo novo com ele. Profissional e dedicado quando o assunto é mercado futuro e bolsas de valores. Boa Luiz você é fera no que faz.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Quaisquer opiniões, notícias, pesquisas, análises, preços ou outras informações contidas nos meus conteúdos, são fornecidos apenas como comentários gerais de mercado e não constituem consultoria ou indicação para investimentos.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail