Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Últimas Notícias

Eduardo Bolsonaro quer CPI contra institutos de pesquisa; aliados irão ao MP

Gráfico do Dia: Reversão à Vista nos Dólares de Países Produtores de Commodities

Por Fawad RazaqzadaCâmbio08.04.2022 15:13
br.investing.com/analysis/grafico-do-dia-reversao-a-vista-nos-dolares-de-paises-produtores-de-commodities-200448783
Gráfico do Dia: Reversão à Vista nos Dólares de Países Produtores de Commodities
Por Fawad Razaqzada   |  08.04.2022 15:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
EUR/USD
+0,38%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GBP/USD
+1,34%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
AUD/USD
+1,68%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/CAD
-1,26%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
NZD/USD
+2,29%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CAD/USD
+1,30%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

Nesta semana, estamos vendo aparecer rachaduras em algumas moedas ligadas a commodities, com os índices acionários mundiais e os preços de algumas matérias-primas, como o petróleo, ficando sob pressão.

Até esta semana, os dólares da Austrália, Nova Zelândia e Canadá resistiram à força do dólar americano, diante da alta da moeda dos EUA contra divisas forte, como iene e euro, e seu desempenho relativamente positivo contra a libra esterlina.  

O dólar australiano, em particular, foi o que registrou melhor desempenho entre as moedas do G10 neste ano, graças à forte disparada dos preços das commodities. Mas tudo indica que o rali do AUD/USD finalmente chegou ao fim, pelo menos por enquanto.

Isso se deve, em parte, ao fato de que o dólar americano encontrou forte suporte geral diante da especulação de que o Federal Reserve poderia realizar um aperto mais intenso da sua política monetária, como um possível aumento de 50 pontos-base em maio e uma redução do seu balanço.

Além disso, também estamos vendo certa fraqueza em alguns preços de commodities ultimamente. O “aussie”, como é conhecido o dólar australiano, tem correlação positiva com os preços de commodities.

Com a reversão do AUD/USD, o gráfico semanal do par mostra a formação de uma vela similar a uma estrela cadente, após as taxas falharem em romper o nível de retração de 61,8% de Fibonacci em torno do nível de 0,7610.

AUD/USD semanal
AUD/USD semanal

A falha resultante fez com que o aussie caísse abaixo do importante nível de 0,7500, onde estava sendo negociado no momento em que escrevo. Se for confirmado por um fechamento negativo na semana, podemos ver uma queda ainda maior nas próximas semanas.

Os dólares da Nova Zelândia e do Canadá também não estão se saindo bem.

O gráfico semanal do NZD/USD mostra um padrão de vela similar ao do aussie. Ao olharmos mais de perto o gráfico do “kiwi”, como é conhecida a moeda neozelandesa, podemos ver que as taxas perderam a média móvel de 200 novamente, após falharem em vencer a linha de tendência de baixa de longo prazo um pouco acima do importante nível psicológico de 0,70 no início da semana.

NZD/USD diário
NZD/USD diário

A pressão de venda pode se intensificar se o suporte em torno de 0,6870-0,6890 ceder.

Ao mesmo tempo, o USD/CAD vem formando uma base abaixo da sua média móvel de 200, após varrer “stops” abaixo da mínima de janeiro de 1,2450 em pelo menos duas ocasiões distintas.

USD/CAD diário
USD/CAD diário

O interessante é que o USD/CAD não conseguiu se aproximar da mínima do ano passado, em torno da região de 1,20, mesmo com os preços do petróleo registrando novas máximas plurianuais nas últimas semanas. Agora que o petróleo está distante das suas máximas, o CAD, que tem correlação positiva, também pode se enfraquecer, o que pode alçar o par USD/CAD acima da média móvel de 200. Especificamente, um claro rompimento acima da faixa de resistência de 40 pips entre 1,2585 e 1,2625 é o que pode desencadear um rali ainda mais forte nos próximos dias.

Portanto, fique de olho nos dólares ligados a commodities nos próximos dias em busca de oportunidades de venda, já que, finalmente, estão mostrando sinais de fadiga após seus fortes desempenhos no início do ano.

Gráfico do Dia: Reversão à Vista nos Dólares de Países Produtores de Commodities
 

Artigos Relacionados

Alexandre Ragozzino
Franco Suíço (USDCHF): Enforcado Por Alexandre Ragozzino - 27.09.2022

O gráfico diário do franco suíço mostra a formação do importante padrão de velas de baixa chamado O Enforcado. . Esse padrão terá maior probabilidade de ganho, com os preços abaixo...

Gráfico do Dia: Reversão à Vista nos Dólares de Países Produtores de Commodities

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Paulo Menezes
Paulo Menezes 09.04.2022 8:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns, Fawad!Análise enxuta e precisa. Já estou comprado USDCAD, vou acrescentar uns lotinhos hahaha.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail