🔮 Melhor do que Buffett? Nosso Preço-Justo achou essa joia com +42% 5 meses antes deleLibere o preço-justo

IRB: Quando Será que as Ações Desencantam?

Publicado 04.02.2021, 17:29
Atualizado 09.07.2023, 07:32
BRKb
-
BVSP
-
BBDC4
-
B3SA3
-
ITUB4
-
BERK34
-
IRBR3
-

Cerca de um ano atrás, o IRB Brasil (SA:IRBR3) exibia dados de 2019 com receitas que dobravam a mês a mês, pagava dividendos com yield acima de 6%, tinha ROE de 38% e a análise clássica dos papéis apresentava uma encantadora LTA, na qual a cotação de 31 de janeiro de 2020 era de R$ 40,74.

Cerca de um ano depois, o cenário está bem diferente.

O ano de 2020 foi demais para a resseguradora, a bruxa estava solta.

Houve problemas de fraudes contábeis, falsa informação de que a Berkshire Hathaway (NYSE:BRKb) (SA:BERK34) (empresa de Warren Buffet) era acionista do IRB, prejuízos pela pandemia, rebaixamento de rating, fiscalização da Susep!!!

É!

O resultado disso tudo foi uma queda livre que levou aproximadamente 70% do valor das ações em praticamente dois meses:

Doeu, mais passou...

Apesar de toda artilharia recebida, o gigante apenas titubeou. Problemas que muitas empresas levariam anos para solucionar, em tempo recorde o IRB está saneando. A organização:

  • Renovou a gestão
  • Aumentou o capital para solucionar problemas de liquidez
  • Fez uma “faxina completa” nos balanços desde 2018
  • Firmou parceria com a B3 (SA:B3SA3) para desenvolver uma plataforma que conectará corretores, seguradoras e resseguradoras e, assim, controlar despesas administrativas tornando as transações mais rápidas e transparentes.
  • Direcionou maior atenção para o setor Premium do Brasil no qual a empresa tem maior vantagem competitiva
  • Lançou o IRB+Inteligência, plataforma gratuita que divulga dados públicos e relevantes enviados a SUSEP referentes ao setor de seguros e resseguros.

Os primeiros resultados dessas e outras medidas começaram a aparecer, em novembro, quando o caixa operacional voltou a ficar positivo.

Então, é hora de comprar?

No momento, a recomendação ainda é neutra.

Após o “susto”, desde o inicio do processo de recuperação, as cotações dos papéis da entidade estão num período de consolidação:


O IRB está terminando de “arrumar a casa”, mas ainda falta a confirmação da Susep de que a organização está enquadrada nas normas do setor de seguros, melhorar os balanços e consequentemente, alguns indicadores fundamentalistas:

  • P/L(Preço por ação): -0,14, baixas expectativas de crescimento
  • LPA (Lucro por ação): -0,51, empresa não está tendo lucro
  • P/VP (Preço por valor patrimonial): 1,85, mercado está pagando quase duas vezes mais o valor patrimonial
  • ROE (Return on Equity): -13,33%, prejuízo do último ano consumiu parte do patrimônio

Embora, não se saiba como foi o mês de dezembro do ano passado, a resseguradora já informou que teve prejuízos causados por contratos descontinuados que afetaram o mês de outubro e novembro. Mais detalhes serão dados na divulgação de resultados do 4t20, dia 18 de fevereiro.

De qualquer maneira, o IRB é uma companhia sólida, “apadrinhada” pelos bancos Itaú (SA:ITUB4) Unibanco e Bradesco (SA:BBDC4). Ela também é líder do setor de resseguros na América Latina com 37% participação de mercado que conquistou em 80 anos de atuação.

A nova gestão já fez investimentos em programas de saneamento básico, concessões e 5G. Ótima estratégia para alavancar o crescimento da organização no longo prazo.

Além disso, é importante lembrar que enquanto o Ibovespa lutava por uma alta de 31,58% em 2019, as ações IRBR3 se valorizavam em 44,4%.

Portanto, com o bom desempenho da empresa, mesmo que o cenário interno não ajude muito, nos próximos meses o ativo consegue nadar contra a maré.

Enfim, há a expectativa de que com os resultados do primeiro semestre de 2021 a cotação dos papéis possa ser tocada pelo mesmo “pozinho mágica” como nos anos anteriores:

Bons investimentos! 

 

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.