Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Precisando de Luz? Como a Crise Está Impactando as Companhias do Setor Elétrico

Por Ernani ReisAções14.05.2020 12:03
br.investing.com/analysis/precisando-de-luz-como-a-crise-esta-impactando-as-companhias-do-setor-eletrico-200435078
Precisando de Luz? Como a Crise Está Impactando as Companhias do Setor Elétrico
Por Ernani Reis   |  14.05.2020 12:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A busca por análises e recomendações de investimentos segue em alta durante a crise. Afinal, quem não gostaria de acertar o melhor momento de entrada ou investir nas ações descontadas de boas empresas?

Mas, diferentemente das crises anteriores, a atual passa pelas esferas da demanda e crédito, atingindo todo o ecossistema produtivo e não apenas setores específicos. E, neste novo cenário, torna-se cada vez mais prudente a cautela e uma boa visão setorial. 

No caso do setor elétrico, você deve estar vendo sua conta de luz aumentar nos últimos meses já que está passando mais tempo em casa, mas isso pode levar a uma conclusão precipitada sobre o faturamento das companhias do setor. Isso porque o consumo de energia do segmento residencial no Brasil representa aproximadamente 30%, enquanto a indústria e o comércio, setores mais afetados pela pandemia, correspondem ao menos a 55% do consumo. 

Além disso, o setor se divide pelo menos em três categorias principais: geração, distribuição e transmissão de energia. Assim, cada companhia está exposta a riscos específicos da sua etapa do processo ou sistêmicos, como a Cemig (SA:CMIG4) e a Copel (SA:CPLE6), que atuam em todas as frentes. 

As geradoras, responsáveis por produzir e vender energia elétrica para as distribuidoras ou por meio do ambiente de contratação livre, podem apresentar problemas no fluxo de caixa neste momento devido ao aumento da inadimplência nas distribuidoras, além da capacidade ociosa e do aumento dos saldos contratados em decorrência da queda na demanda. Nesta categoria estão inseridas companhias como a AES Tietê (TIET4 (SA:TIET4)), a Cesp (CESP6 (SA:CESP6)) e a Engie (SA:EGIE3). 

Já as distribuidoras, responsáveis por levar energia elétrica até os consumidores, são as mais expostas à queda da demanda e ao aumento da inadimplência, efeitos característicos da crise atual. Entre elas estão Energisa (SA:ENGI4), Equatorial (SA:EQTL3), CPFL (CPFE3 (SA:CPFE3)) e Light (SA:LIGT3).

O aumento do desemprego também incentiva indiretamente o furto de energia, o famoso “gato”, e acaba influenciando no faturamento das empresas no período de crise. Nesse cenário, uma das alternativas para as distribuidoras é a venda do excesso de energia comprada das geradoras no mercado de curto prazo a preço spot, que são negócios com pagamentos à vista e pronta-entrega de mercadorias. Porém, normalmente esse tipo de distribuição acaba ficando abaixo do custo de aquisição, servindo apenas para minimizar o prejuízo.

Por este motivo, o governo federal editou a Medida Provisória 950, que visa o auxílio financeiro às empresas por meio de empréstimos que terão os custos repassados aos consumidores nos próximos cinco anos.

Por fim, restam as transmissoras, responsáveis pela construção, operação e manutenção das linhas de transmissão que ligam as geradoras às distribuidoras. Esse é, certamente, o setor menos atingido neste momento, já que a receita é garantida independentemente do volume de energia elétrica trafegado. Nesse caso, o risco fica vinculado ao esgotamento do caixa das distribuidoras. As companhias ISA CTEEP (TRPL4 (SA:TRPL4)), Taesa (SA:TAEE11) (TAEE4 (SA:TAEE4)) e Alupar (SA:ALUP11) (ALUP4 (SA:ALUP4)) fazem parte desta categoria. 

Dito isso, se você está pensando em começar a investir ou já tem uma empresa do setor elétrico na sua carteira de investimentos, é preciso levar em consideração mais do que o preço das respectivas ações na bolsa, mas também analisar a dificuldade que cada categoria do setor terá para superar essa crise, para, por fim, analisar quais empresas têm mais chances de encontrar uma luz no fim do túnel.

Precisando de Luz? Como a Crise Está Impactando as Companhias do Setor Elétrico
 

Artigos Relacionados

Thiago Bisi
IBOV Fecha em Alta de 0,71%   Por Thiago Bisi - 19.05.2022

Análise gráfica (técnica) do Ibovespa, Índice, Dólar e Ações. Pitacos iniciais: IBOV, WINM22, EWZ, SMLL, DJI, ESFUT, NMFUT, QRFUT, HSI, JPN225, GER30, UK100, FEF2!, CL2!, UKOIL,...

Precisando de Luz? Como a Crise Está Impactando as Companhias do Setor Elétrico

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Ivan Serpa
Ivan Serpa 06.08.2020 23:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tiet4 vale a pena investir
Rafael Martins
Rafael Martins 04.06.2020 22:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
show, muito bom
Joao Araujo
Joao Araujo 02.06.2020 14:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vc se engana. A Cesp tem toda produção já comercializada até 2021..
Denilson Menghini
Denilson Menghini 30.05.2020 18:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mto esclarecedor!Parabéns!
Rafael Luiz Leão Bandeira de Moura
Rafael Luiz Leão Bandeira de Moura 15.05.2020 12:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só ressalto que algumas empresas atuam em várias frentes. Tipo CPFL que atua na geração, transmissão e geração. Contudo, no texto você focou na parte de distribuição da empresa. Pode ter sido pela sua maior participação no mercado...?Tirando esse ponto...Parabéns pelo texto!
Ernani Reis
Ernani Reis 15.05.2020 12:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Exatamente por isso Rafael. Um abraço!
Sebástian Zakaluk
Sebástian Zakaluk 14.05.2020 16:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom texto!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail