Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Ibovespa abre em queda após Copom e com cautela no exterior

Renúncia no Banco Central Europeu Expõe Divisão entre Norte e Sul na Zona do Euro

Por Investing.com (Darrell Delamaide/Investing.com)Resumo do Mercado02.10.2019 14:16
br.investing.com/analysis/renuncia-no-banco-central-europeu-expoe-divisao-entre-norte-e-sul-na-zona-do-euro-200431742
Renúncia no Banco Central Europeu Expõe Divisão entre Norte e Sul na Zona do Euro
Por Investing.com (Darrell Delamaide/Investing.com)   |  02.10.2019 14:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A renúncia inesperada da alemã Sabine Lautenschläger ao Conselho Executivo do Banco Central Europeu (BCE), na semana passada, faltando mais de dois anos para terminar seu mandato de oito anos, escancarou um conflito reprimido dentro do BCE. A discórdia colocava em lados opostos os membros mais rígidos (hawkish) do norte da Zona do Euro e os europeus mais moderados (dovish) do sul.

Ao contrário do conflito anterior na região, quando Grécia, Itália e Espanha estavam na posição de devedores obrigados a seguir os ditames dos seus credores da Europa Setentrional, desta vez os sulistas estão vencendo a batalha. Afinal, foi justamente um presidente italiano, Mario Draghi, quem conduziu o BCE na direção da flexibilização quantitativa e dos juros negativos, meios heterodoxos de enfrentar o lento crescimento e a baixa inflação.

A França está em cima do muro entre o norte e o sul, mas o presidente do país, Emmanuel Macron, não vê com bons olhos a política econômica e monetária reacionária da Alemanha. Ele bloqueou a indicação de Jens Weidmann, presidente do Bundesbank (banco central alemão), para suceder Draghi, atuando em favor da sua moderada compatriota Christine Lagarde, presidente do FMI, para que ela assumisse as rédeas do banco central europeu.

Draghi, por sua parte, aprofundou sua estratégia, quando já estava se dirigindo à porta de saída. Na reunião de política de setembro do BCE, ele emplacou a redução da taxa de juros sobre os depósitos bancários, levando-as ainda mais para o território negativo. Draghi também relançou o programa de compra de ativos do banco.

Foi justamente esse programa de compra de títulos que desencadeou a renúncia de Lautenschläger, estragando a delicada dança dos membros para manter o conselho do BCE equilibrado. Além disso, provocou a queda brusca da moeda única, que ainda está se recuperando.

EUR/USD Gráfico de 60 minutos
EUR/USD Gráfico de 60 minutos

Os Ministros de Finanças da Zona do Euro decidiram muito bem substituir Benoît Cœuré, cujo mandato terminaria em dezembro, por Fabio Panetta, vice-governador sênior da Banca d’Italia.

Assim, a França e a Itália manteriam representação no conselho. A Alemanha, na condição de maior economia da União Europeia (UE), sente que tem direito à representação, por isso a pessoa que substituirá Lautenschläger deverá ser do próprio país.

Em razão da disparidade de gêneros existente no BCE – Lautenschläger é a única mulher no conselho dirigente de 25 membros, e a chegada de Lagarde não melhora essa paridade – a preferência seria por alguém do sexo feminino.

Essa escolha sinalizará quão dispostos estão os líderes da UE a botar panos quentes nessa crise. A Alemanha tem a chance de recuar e tratar suas feridas até que esteja em posição mais forte novamente, ao indicar uma pessoa mais moderada.

Evidentemente, na Alemanha, esse é um termo relativo. Claudia Buch, vice-presidente do Bundesbank, provavelmente cairia no campo hawkish. Ela sucedeu Lautenschläger nessa posição em 2014, quando esta foi para o BCE e vinha trabalhando lado a lado com o extremista Weidmann desde então.

Buch já foi membro do Conselho Alemão de Especialistas Econômicos (historicamente conhecido como os Cinco Homens Sagazes) por dois anos e era considerada como uma possível candidata a um assento no conselho do BCE, que acabou sendo ocupado por Lautenschläger.

Isabel Schnabel, professora da Universidade de Bonn que sucedeu Buch no Conselho de Especialistas Econômicos, também tem sido mencionada como possível candidata. De certa forma, ela pode acabar sendo mais moderada do que Buch, apesar de já ter feito críticas à política monetária do BCE. Outra possível candidata é Elga Bartsch, que atualmente é diretora de pesquisa macroeconômica da Blackrock, depois de ter construído uma carreira no Morgan Stanley (NYSE:MS).

Essas três mulheres possuem dourado em Economia e trariam uma perspectiva diferente à de Lautenschläger para o BCE. Sua especialidade é supervisão bancária, uma vez que já dirigiu o Conselho Supervisor do BCE por anos.

Para dizer o mínimo, é possível que suas posições quanto à política monetária variem pouco. (Para fins de registro, entre os outros possíveis candidatos estariam Marcel Fratzscher, diretor de análise de política do BCE, Jörg Kukies, membro do ministério da fazenda alemão, e Volker Wieland, professor da Universidade de Frankfurt).

O novo economista-chefe do BCE e ex-governador do Banco Central da Irlanda, Philip Lane, é considerado mais moderado do que seu antecessor holandês Peter Praet, enquanto o italiano Panetta, por ser um europeu do Sul, está por definição no espectro dovish.

Dovish ou não, o recém-formado conselho executivo terá que lidar com a crescente oposição na Alemanha à política monetária acomodatícia, não só por parte das autoridades monetárias, mas também dos banqueiros e até mesmo do público. Lagarde precisará de todas as suas habilidades diplomáticas para resolver essa divisão cada vez maior entre o norte e o sul.

Renúncia no Banco Central Europeu Expõe Divisão entre Norte e Sul na Zona do Euro
 

Artigos Relacionados

Julio Hegedus Netto
Algum Desafogo Por Julio Hegedus Netto - 09.12.2021 5

A aprovação, mesmo que parcial, da PEC dos Precatórios, a atitude mais vigilante do Bacen, ameaçando ser ainda mais duro na perseguição da meta, além de um varejo não tão negativo...

Renúncia no Banco Central Europeu Expõe Divisão entre Norte e Sul na Zona do Euro

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Éder Leite
Éder Leite 02.10.2019 20:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
também não consigo acreditar que ainda nos dias de hoje, diante das crises mais severas que as economias já passaram, ainda perdermos tempo discutindo gênero.
Everton Barretta
Everton Barretta 02.10.2019 20:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Alemanha sustenta a Europa
Rosmarina Nunes
Rosmarina Nunes 02.10.2019 18:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Alemanha carrega aquilo nas costas e não pode opinar. O fato de ser homem ou mulher muda o quê? O que deve importar é a competência. O mundo está muito ideologizado. Isto não pode dar certo.
Paulo Mendo
Paulo Mendo 02.10.2019 18:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Perfeito!!! A simples mençao a isto na reportagem a isso ja é algo bizarro. Competencia deveria ser o principal criterio...
Éder Leite
Éder Leite 02.10.2019 18:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
também não consigo acreditar que ainda nos dias de hoje, diante das crises mais severas que as economias já passaram, ainda perdermos tempo discutindo gênero.
Cadu Gomes da Silva
Cadu Gomes da Silva 02.10.2019 18:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ideologizado? hahahah não seria "comunista" de mais? idealizado de mais pra cabeça de quem não é progressista liberal.. isso q venderam aqui pra vcs de liberalismo CONSERVADOR rsrsr é q é idealizado de mais. Na Europa eles chamam de representatividade e o ideal é fazer isso mesmo q chamem de "ideologizado" hahahah
Cadu Gomes da Silva
Cadu Gomes da Silva 02.10.2019 18:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mesmo pq elas têm doutorado em economia e isso mostra a competência delas pro cargo, diferente dos cargos técnicos daqui do Brasil q acabaram na mais de militares e não técnicos pro cargo...
Ronaldo Almeida
Ronaldo Almeida 02.10.2019 16:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Preocupante!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail