Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Reino Unido aprova pílula da Pfizer contra Covid-19

COVID31.12.2021 16:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Por Pushkala Aripaka

(Reuters) - O Reino Unido aprovou o segundo antiviral contra Covid-19 a pílula da Pfizer (NYSE:PFE) (SA:PFIZ34) destinada a adultos com infecção leve a moderada e com alto risco de agravamento da doença.

O Reino Unido age em meio à alta recorde de casos de Covid-19, à medida que a variante Ômicron espalha rapidamente.

Com base nos dados, a pílula Paxlovid é mais eficaz quando tomada durante os estágios iniciais da Covid-19, disse nesta sexta-feira a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido (MHRA, na sigla em inglês), recomendando seu uso dentro de cinco dias após os primeiros sintomas.

Neste mês, a Pfizer declarou que a Paxlovid mostrou eficácia de quase 90% na prevenção de hospitalizações e mortes em pacientes de alto risco, e dados laboratoriais recentes sugerem que a droga mantém sua eficácia contra a variante Ômicron.

A MHRA disse ainda que trabalha com a Pfizer, junto com a alemã BioNTech (NASDAQ:BNTX) (SA:B1NT34) de uma das vacinas líderes contra Covid-19, para monitorar a eficácia do Paxlovid contra a Ômicron.

"Agora temos mais um medicamento antiviral para tratamento de Covid-19 que pode ser tomado por via oral em vez de por via intravenosa. Isso significa que pode ser administrado fora de um ambiente hospitalar", disse o chefe do MHRA, June Raine.

O Paxlovid é composto por duas substâncias ativas que vêm na forma de dois comprimidos separados, tomados juntos duas vezes por dia durante cinco dias. O Reino Unido garantiu mais de 2,75 milhões de unidades do medicamento.

Os comprimidos são parte de uma classe de medicamentos chamados inibidores de protease, usados atualmente para tratar HIV e hepatite C, que atuam impedindo a replicação do vírus.

A pílula anti-Covid-19 da rival Merck foi aprovada pelo Reino Unido no mês passado. Mas, de acordo com os testes clínicos, a droga reduziu apenas cerca de 30% as hospitalizações e mortes de pacientes de alto risco.

Reino Unido aprova pílula da Pfizer contra Covid-19
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Eliane Bernardi
Eliane Bernardi 01.01.2022 14:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 2022, Lula na cadeia!
MOISES M S FILHO
Moshes 01.01.2022 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já é sabido que poderiam ter produzido remédios via oral para o combate dessa doença, muitas vidas poderiam ter sido salvas, mas há um grande esquema das indústrias farmacêuticas em superfaturarem, é a ganância do homem que prevalece.
Cícero RP
Cícero RP 01.01.2022 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Prefiro Ivermectin, mais eficaz, mais barata, mais testado a décadas, e com centenas de comprovações científicas de sua eficácia contra o vírus chinês!🤣👍
MOISES M S FILHO
Moshes 01.01.2022 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cícero RP  Concordo plenamente.
Mant Neuman
BombeirAristides 31.12.2021 18:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao precisamos de pílula. Por aqui, o Bozo falou que temos muita cloroquina com leite condensado e vermífugo. Tudo com o superfaturamento da Rachadinha
Geraldo R Silva
LeoMoreira 31.12.2021 18:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao esqueça dos chicletes... kkk
Denis Mello
Denis Mello 31.12.2021 17:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro, o negacionista que gastou Bilhões com o Covid.... #bolsonaro2022
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail