Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

BC deve repetir alta de 0,75% da Selic nesta 4ª; economistas veem ambiente melhor

Indicadores Econômicos03.05.2021 21:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Ana Carolina Siedschlag

Investing.com - O Comitê de Política Monetária do Banco Central deve promover mais uma alta de 0,75% na taxa básica de juros, a Selic, nesta quarta-feira (5), como claramente posto na última comunicação da autoridade, disseram economistas ao Investing.com.

Segundo eles, as condições macroeconômicas estão levemente melhores do que na última reunião celebrada em março, com a curva de juros brasileiras um pouco menos inclinada e o real marginalmente menos desvalorizado, mas sem nenhum tipo de mudança relevante que leve o BC a surpreender o mercado com altas acima ou abaixo da magnitude da reunião anterior.

LEIA MAIS - BC/Campos Neto: É importante passar mensagem de disciplina fiscal

Ainda assim, a alta ininterrupta dos preços das commodities e o respectivo impacto na inflação do país devem seguir como o principal ponto de atenção do BC, com as expectativas para o horizonte se aproximando rapidamente do teto da meta, de 5,25%

Nesta segunda-feira (3), o boletim Focus, elaborado pelo BC com profissionais do mercado, elevou a perspectiva para a inflação no final do ano para 5,05%, enquanto a Selic esperada ficou em 5,5%.

Para 2022, os economistas esperam um IPCA de 3,61%, com uma taxa básica de juros em 6,25%.

O que esperar da comunicação

Na ata do último Copom, divulgada em 23 de março, a autoridade monetária apontou ter julgado adequada a elevação da taxa em 0,75% e indicou que poderia adotar um "ajuste da mesma magnitude", para 3,5% ao ano esta semana.

Marília Fontes, sócio-fundadora da Nord Research e analista de renda fixa, aponta que o BC pode repetir a estratégia de comunicação, de antecipar com clareza o provável movimento da próxima reunião.

Para ela, a autoridade monetária deve manter o mesmo tom que as últimas comunicações tanto em relação à alta da inflação como da retomada ainda lenta da economia, com poucas mudanças significativas no tom.

LEIA MAIS: Augusto Aras considera lei de autonomia do Banco Central inconstitucional

Na ata, o BC indicou "incertezas" em relação ao desempenho da economia brasileira no primeiro e segundo trimestre, mas ainda prevendo uma retomada consistente da atividade à medida que a vacinação contra a Covid-19 avança no país.

De olho na inflação

Alexandre Espírito Santo, economista-chefe da Órama, aponta que a alta de 0,6% do IPCA-15 de abril, divulgada na última semana, deu mais conforto para que o BC siga com a alta prometida de 0,75% e não precise acelerar para 1%, como posto por uma parte minoritária do mercado.

“Não estamos vivendo uma situação de descontrole inflacionário e uma alta de maior magnitude da taxa de juros traz efeitos colaterais sobre a atividade econômica”, aponta.

Na mesma linha, os analistas do Morgan Stanley (NYSE:MS), em relatório da última semana, apontaram que as pressões inflacionárias vindas da alta das commodities mantêm a certeza da continuação do ciclo de alta dos juros, mas a diminuição da incerteza fiscal e um comportamento melhor do câmbio, “ainda que frágil”, tiraram a pressão para uma alta mais agressiva na próxima reunião.

Orçamento

Segundo os economistas, a aprovação do Orçamento pelo Congresso, após semanas de desentendimentos, ajudou a mitigar parte do nervosismo do mercado referente ao fiscal, mas isso não quer dizer que a situação esteja de qualquer maneira mais confortável.

LEIA MAIS: Selic maior pode elevar dívida pública em R$ 100 bilhões

Para Étore Sanchez, apesar da divulgação oficial do texto, a tensão e o risco por conta das públicas continuam precificadas e devem levar a autoridade monetária a deixar a porta aberto para a magnitude do corte na próxima reunião.

“Na reunião anterior, o BC queria mostrar austeridade numa posição mais célere. Mas agora as expectativas estão ancoradas. O ritmo de elevação de juros parece adequado, mas dependerá dos dados do próximo intervalo”, aponta.

BC deve repetir alta de 0,75% da Selic nesta 4ª; economistas veem ambiente melhor
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (14)
Henrique Mamede
Henrique Mamede 05.05.2021 7:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
demorou para enxergar
Evanildo Sobral
Evanildo Sobral 05.05.2021 6:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um dos pontos ainda a ser melhorado são as Reformas,sem boas Reformas fica bastante complicado.
Cesar Capri
Cesar Capri 04.05.2021 23:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muitos economistas fazem a visão completamente errada. O que inibi a atividade econômica é a desvalorização cambial que eleva o custo da produção. Inflação nominal alta ou stagflação é que desacelera a economia, e não juros altos. Taxa de juros deve ser baixa ao ponto que não comprometa o câmbio, e isso acho que o BC vem aos poucos aceitando.
Charles Mendonca
Charles Mendonca 04.05.2021 23:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O controle da inflação aplicada pela curva de juros se dá as seguintes maneiras. Controle de crédito mediante a juros acabando com demanda agregada sem necessidade de consumo de bens escaços pela quantitativa monetária que acarreta sua desvalorização pela oferta baixa implicando no aumento direto dos preços de forma cíclica saindo da materia prima até o consumidor final. Esse é só um ponto mas acho que ja da pra ter uma boa noção. Selic alta atrai investidores conservadores que ajudam de certa forma no pagamento de dividas publicas pelo programa dos titulos da secretaria nacional do TD Taxa de juros aplicada diminui o ipca que são correlativos negativos na maioria das vezes. Enfim.. dentre outras implicações . A menos que tenhamos dinheiro igual o FED a nossa unica forma de amortizar continua sendo o aumento na taxa basica de juros. De fato li a respeito mas não aprofundei na teria quantativa monetária moderna. Não faço ideia de como poderia ser descartado a classica
Allan KI
Allan KI 04.05.2021 21:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
EUA querendo subir juros e o Brasil achando que está surfando a marola...kkkkk
Fabio Piloto
Fabio Piloto 04.05.2021 10:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A selic ficará em 4.5% no máximo esse ano, taxa ainda bem baixa, e segundo semestre a economia vai bombar.
Will Davi Mito
Will Davi Mito 04.05.2021 10:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bem que poderia bombar mesmo no segundo semestre, mas Bolsonaro não vai deixar kkkkkkkk
Marco Sabino
Marco Sabino 04.05.2021 9:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só esperando chegar nos 8% para virar aplicar no Tesouro Direto, com a inflação vai me dar mais de 10% ao ano. Ou seja a cada R$ 10.000,00 eu ganho R$ 1.000,00 por ano. Mais que Aluguel um Bolsa Fámilia KKKK. Saudade da Dilma pagando Juros altos.
Edson costa
Edson costa 04.05.2021 9:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Do que adianta se o preços dos produtos tendem a subir absurdamente tambem
Jorge Costa
Jorge Costa 04.05.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E o dr. é de onde mesmo? Ah Chigago, muito fraco.
Lucas Nacif
Lucas Nacif 04.05.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Roberto Campos Neto, tem formação na Universidade da Califórnia. Que tiro certo em especialista na macroeconomia.
E. Andrade
E. Andrade 04.05.2021 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem quiser pegar emprestimo consignado, financiar imovel ou veículo a hora é agora, ainda dá tempo de pegar uma taxa baixa, os bancos vão aumentar essa taxa em breve.
Mn Nve
Mn Nve 04.05.2021 8:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Infelizmente esta seluc de 2% não serviu nem para isso. O que vale é a taxa longa, definida pelo mercado, que esta mais do que o dobro.
Mn Nve
Mn Nve 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Agora, com a inflação em 30% o desgoverno resolve tentar corrigir a imbecilidade que destruiu com o Real e com o poder de compra das pessoas. Em 22, seja patriota, pense no Brasil. Não vote em Lula e Bozo
Mostrar respostas anteriores (3)
Mn Nve
Mn Nve 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Voto em qualquer um que não seja corrupto e incompetente
Jó Yamamoto
Jó Yamamoto 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Entao nao vote em ninguem, ou voce esta sugerindo Huck ! Loucura loucura loucura
José Luiz
José Luiz 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 2022
Warley Araujo
Warley Araujo 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cala boca petista
Mn Nve
Mn Nve 04.05.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marina, Hulk, Mandeta, Ciro, Meireles, Amoedo, Tiririca, ou qualquer Bozolete palhaça que não seja corrupta e incompetente. Para tirar o Brásil desta lama, voto em qualquer um que.tenha chances de tirar um dia dois bandidinhos de estimação do segundo turno. Como foi feito quando o imbecil atual ganhou os votos para tirar o PT.
Thiago Andrade
Thiago Andrade 04.05.2021 5:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
abaixaram de mais, para uma moeda fraca e economia em desenvolvimento, agora desvalorizou demais a moeda e juntou a alta das commoddies no mundo, o Brasil tá o caos, a inflação não está em 6%, deve ter passado dos dois dígitos
Pina Douglas
Pina Douglas 04.05.2021 5:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não dá para levar o ipca à sério
Lucas Nacif
Lucas Nacif 04.05.2021 5:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se aqui tá o "caos" como se fala imagina nos países como Turquia e Argentina.
Lucas Nacif
Lucas Nacif 04.05.2021 5:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#se aqui tá o "caos" como se fala imagina nos países como Turquia e Argentina.
Marco Sabino
Marco Sabino 04.05.2021 5:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
KKKK. Sua vida está um caos, a minha no Agro está voando, a minha e mais 40 Milhões que vivem dos segmentos. Para uns ganharem os outros tem que perder, o dinheiro não acaba, só muda de mão.
Hugo Victor Galdino De Oliveira
Hugo Victor Galdino De Oliveira 04.05.2021 4:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não vai importar muito, questões políticas e fiscais levam o dólar a 5.90 no final do ano.
Marco Sabino
Marco Sabino 04.05.2021 4:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso faria o Turimos no Brasil crescer muito, pois 10 Milhões de Brasileiros torram 30 Bilhões no exterior por ano. Se torrar que seja 15 Bi no turismo interno é 1 Milhão de empregos gerados aqui.
David José
MarchaRE 03.05.2021 23:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcio Caram
Marcio Caram 03.05.2021 22:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sell in wednesday and go away
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 03.05.2021 22:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
deveria subir logo 1%
Jonas K Nonaka Nonaka
Jonas K Nonaka Nonaka 03.05.2021 22:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não para quem tem um pouco de compromisso com o Brasil.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail