Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Em linha com expectativas, Copom anuncia alta de 1,5 p.p. na Selic, para 9,25%

Dados Econômicos08.12.2021 20:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Jessica Bahia Melo

Investing.com – Após reunião de dois dias, o Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou na noite desta quarta-feira (08) uma alta na taxa básica de juros (Selic) em 1,5 ponto percentual, de 7,75% ao ano para 9,25%. Foi a sétima alta seguida da taxa Selic, em continuidade ao ciclo de aperto monetário que se iniciou em março quando a taxa de juros estava no patamar mínimo histórico de 2%.

A decisão foi unânime. No balanço de riscos, o Copom avaliou que fatores influenciam a inflação em ambas as direções. Enquanto há uma previsão de reversão do quadro de aumento nos preços das commodities, a política fiscal preocupa, diante das medidas relacionadas à pandemia de covid-19. "Apesar do desempenho mais positivo das contas públicas, o Comitê avalia que questionamentos em relação ao arcabouço fiscal elevam o risco de desancoragem das expectativas de inflação, mantendo a assimetria altista no balanço de riscos. Isso implica maior probabilidade de trajetórias para inflação acima do projetado de acordo com o cenário básico", diz o comunicado.

A previsão é de outro aumento da mesma magnitude na próxima reunião.  "O Copom considera que, diante do aumento de suas projeções e do risco de desancoragem das expectativas para prazos mais longos, é apropriado que o ciclo de aperto monetário avance significativamente em território contracionista. O Comitê irá perseverar em sua estratégia até que se consolide não apenas o processo de desinflação como também a ancoragem das expectativas em torno de suas metas", detalha o documento.

Camila Abdelmalack, economista-chefe na Veedha Investimentos, afirma que a decisão veio em linha com o esperado pelo mercado. “Tanto as apostas dos economistas quanto para a curva de juros, a gente não deve ver nenhum momento muito agressivo ou acentuado na curva, inclusive porque a gente caminha para um desfecho da PEC dos precatórios”, acredita. Segundo a economista, os comentários do Copom foram enfáticos ao demonstrar uma política monetária contracionista, mas faltaram informações sobre o arrefecimento da atividade econômica no terceiro trimestre e uma possível alteração da política monetária norte-americana.  

De acordo  com André Perfeito, economista-chefe da Necton, o tom do comunicado foi duro. "A combinação de expectativas menos piores na margem, somado a perspectiva de queda da inflação em 12 meses já no primeiro trimestre de 2022 apontam que o mercado deve jogar ainda mais para baixo a parte longa da curva de juros. Mantemos nossa projeção de Selic em 11,5% ao final do ciclo em maio do ano que vem. Vale notar que apesar do Copom ter indicado uma alta de 150 pontos acreditamos que as condições econômicas no entorno da reunião irão forçar uma alta menor, seja por conta do IPCA mais comportado, do câmbio mais estável ou pela atividade ainda fraca", completa.

Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentos, também esperava um aumento dessa magnitude.  "O comunicado, na minha avaliação, é hawksh, como não poderia deixar de ser frente as expectativas de inflação condicionais da autoridade. Em linha com o projetado na Ativa Investimentos, as expectativas subiram para 4,7% e 3,2%, para 2022 e 2023. Seguimos avaliando que a Selic será elevada em 150bps novamente nas duas reuniões iniciais de 2022, interrompendo o ciclo em 12,25%", destaca.

Efeitos na economia

A elevação dos juros novamente vem em um momento de expectativa de descumprimento da meta de inflação nesse ano e provavelmente no próximo, pois o indicador  medido pelo IPCA passou a marca de 10%. Considerando a diminuição no poder de compra e problemas na organização da economia, o objetivo do Copom é tentar diminuir a inflação – dessa vez de forma mais brusca.

No entanto, o aumento da Selic é uma medida contracionista e prejudica a atividade econômica, que não vem apresentando bons resultados. No terceiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 0,1% ante o trimestre anterior e o país entrou em recessão técnica. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Confira o comunicado do Copom na íntegra:

Em sua 243ª reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic para 9,25% a.a.

A atualização do cenário básico do Copom pode ser descrita com as seguintes observações:

  • No cenário externo, o ambiente se tornou menos favorável. Alguns bancos centrais das principais economias expressaram claramente a necessidade de cautela frente à maior persistência da inflação, tornando as condições financeiras mais desafiadoras para economias emergentes. Além disso, a possibilidade de nova onda da Covid-19 durante o inverno e o aparecimento da variante Ômicron adicionam incerteza quanto ao ritmo de recuperação nas economias centrais;
  • Em relação à atividade econômica brasileira, indicadores divulgados desde a última reunião mostram novamente uma evolução moderadamente abaixo da esperada;
  • A inflação ao consumidor continua elevada. A alta dos preços foi acima da esperada, tanto nos componentes mais voláteis como também nos itens associados à inflação subjacente;
  • As diversas medidas de inflação subjacente apresentam-se acima do intervalo compatível com o cumprimento da meta para a inflação;
  • As expectativas de inflação para 2021, 2022 e 2023 apuradas pela pesquisa Focus encontram-se em torno de 10,2%, 5,0% e 3,5%, respectivamente; e
  • No cenário básico, com trajetória para a taxa de juros extraída da pesquisa Focus e taxa de câmbio partindo de USD/BRL 5,65*, e evoluindo segundo a paridade do poder de compra (PPC), as projeções de inflação do Copom situam-se em torno de 10,2% para 2021, 4,7% para 2022 e 3,2% para 2023. Esse cenário supõe trajetória de juros que se eleva para 9,25% a.a. neste ano e para 11,75% a.a. durante 2022, terminando o ano em 11,25%, e reduz-se para 8,00% a.a. em 2023. Nesse cenário, as projeções para a inflação de preços administrados são de 16,7% para 2021, 3,8% para 2022 e 5,2% para 2023. Adotam-se bandeira tarifária "escassez hídrica" em dezembro de 2021 e a hipótese de bandeira tarifária "vermelha patamar 2" em dezembro de 2022 e dezembro de 2023.

O Comitê ressalta que, em seu cenário básico para a inflação, permanecem fatores de risco em ambas as direções.

Por um lado, uma possível reversão, ainda que parcial, do aumento nos preços das commodities internacionais em moeda local produziria trajetória de inflação abaixo do cenário básico.

Por outro lado, novos prolongamentos das políticas fiscais de resposta à pandemia que pressionem a demanda agregada e piorem a trajetória fiscal podem elevar os prêmios de risco do país.

Apesar do desempenho mais positivo das contas públicas, o Comitê avalia que questionamentos em relação ao arcabouço fiscal elevam o risco de desancoragem das expectativas de inflação, mantendo a assimetria altista no balanço de riscos. Isso implica maior probabilidade de trajetórias para inflação acima do projetado de acordo com o cenário básico.

Considerando o cenário básico, o balanço de riscos e o amplo conjunto de informações disponíveis, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros em 1,50 ponto percentual, para 9,25% a.a. O Comitê entende que essa decisão reflete seu cenário básico e um balanço de riscos de variância maior do que a usual para a inflação prospectiva e é compatível com a convergência da inflação para as metas ao longo do horizonte relevante, que inclui os anos-calendário de 2022 e 2023. Sem prejuízo de seu objetivo fundamental de assegurar a estabilidade de preços, essa decisão também implica suavização das flutuações do nível de atividade econômica e fomento do pleno emprego.

O Copom considera que, diante do aumento de suas projeções e do risco de desancoragem das expectativas para prazos mais longos, é apropriado que o ciclo de aperto monetário avance significativamente em território contracionista. O Comitê irá perseverar em sua estratégia até que se consolide não apenas o processo de desinflação como também a ancoragem das expectativas em torno de suas metas.

Para a próxima reunião, o Comitê antevê outro ajuste da mesma magnitude. O Copom enfatiza que os passos futuros da política monetária poderão ser ajustados para assegurar a convergência da inflação para suas metas, e dependerão da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação para o horizonte relevante da política monetária.

Votaram por essa decisão os seguintes membros do Comitê: Roberto Oliveira Campos Neto (presidente), Bruno Serra Fernandes, Carolina de Assis Barros, Fabio Kanczuk, Fernanda Magalhães Rumenos Guardado, João Manoel Pinho de Mello, Maurício Costa de Moura, Otávio Ribeiro Damaso e Paulo Sérgio Neves de Souza. 

*Valor obtido pelo procedimento usual de arredondar a cotação média da taxa de câmbio USD/BRL observada nos cinco dias úteis encerrados no último dia da semana anterior à da reunião do Copom.

 

Em linha com expectativas, Copom anuncia alta de 1,5 p.p. na Selic, para 9,25%
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (83)
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil sairá fortalecido da pandemia: vacinamos mais que EUA e Rússia, criamos 2,7 mlhões de empregos, nosso PIB será de 5,5%, gostem ou não o choro é livre, prova disso é que nos recuperamos mais rápido que o Reino Unido. Nosso grande desafio são os coletivistas (socialistas/fascistas) e os patrimonialistas, que querem um capitalismo de mentira, sem livre concorrência. Prova disso é o IBOV. Os banqueiros querem o bolsa banqueiro do PT (16% de Selic) e não pouparão recursos para tentar tirar o Bozo, que permitiu ás fintechs a livre concorrência: oresultado é essa militância paga que passa o dia aqui.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 8:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Existem várias regulamentações vigentes que atingem as fintechs no Brasil e nenhuma dela criada ou aprovada no governo atual. A primeira delas foi a Lei nº 12.865/2013, que criou as bases para o surgimento das startups financeiras ao modernizar o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).Depois, em 2018, o Conselho Monetário Nacional (CMN) criou as famosas Resoluções 4.656 e 4.657, que afetam diretamente as fintechs. A primeira instituiu os novos modelos de Sociedade de Crédito Direto (SCD) e a Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP), para regulamentar as fintechs de crédito.Já a segunda permite que as fintechs exerçam atividades relacionadas à venda de direitos creditórios (relacionados à escrituração de títulos de crédito da própria fintech), à securitização (agrupamento de diferentes tipos de ativos financeiros), e a operações de custódia.Há ainda a Resolução nº 4.658/2018, que dispõe sobre a política de segurança cibernética para instituições financeiras.
Angelo Lattari
Angelo Lattari 09.12.2021 8:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mas perdemos para Botsuana, Moçambique, Congo, Guatemala, e até da Venezueira  e Argentina e Colómbia e suriname !!!!    KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcos Antônio Eduardo  MENTIRA, esses dias o presidente da FEBRABAN estava reclamando das condições especiais dadas ás fintechs em relação aos bancões.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 8:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como uma reclamação pode te fazer pensar que foi o bolsonaro que regulou o setor? uma coisa não tem nenhuma relação com a outra. A msg que enviei mostrar as leis pelo número. Basta pesquisar pelos dados públicos. O governo atual não fez nada pelas fintechs, ao contrário, Paulo Guedes é lacaio dos bancos tradicionais.
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O último  a comprar construtoras é a mulher do padre. Juros futuros desabaram junto com o dólar. "Juros futuros têm forte queda antes do Copom e com dado do varejo no foco" Essa queda favorece a construção e o financiamento de imóveis. Mais do que as altas do IBOV essa queda na taxa de juros de longo prazo mostra que PG estava certo, juros baixos e câmbio forte, ao favorecer o setoer da construção civil, vai pavimentar o sucesso de outros setores do ibovespa. Construção civil produz muitos empregos além de seu produto final o imóvel ser um bem durável. Ontem construtoras explodiram e bancos, que lucram com as taxas de juros altos, registraram forte queda. Quem apostou contra o Brasil se f...eu. Tem tudo para o rallie continuar hoje. Cyre3 é a melhor das construtoras e abaixo de 20 é piada, atualmente se encontra em 16, além de pagar muitos dividendos, é uma construtora voltada para apartamentos de luxo.
Mostrar respostas anteriores (1)
Mant Neuman
BombeiroAristide 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Zé Pinóquio, além de mentiroso, está completamente perdido. Cada hora tenta contorcer os fatos para defender seu bandidinho de estimação. Se a curva inverter, isso é sinal de recessão a frente! Isso aqui é site de investimentos, não é o curral do gado onde qualquer narrativa ecoa.
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcos Antônio Eduardo  COMO É BURRO! alguém financia uma casa em um ou dois anos???
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
adivinha por quê?
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não, mas um contrato assinado hoje, tem taxa de juros pré fixada. Logo um contrato de 30 anos com a taxa de 8% ao ano, terá essa taxa até o final do contrato.
Marcelo Cunha
Marcelo Cunha 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"Fica em casa, a Economia a gente vê depois..."
Robert Juarez
Robert Juarez 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vc prefere, "salvem a economia, a morte a gente vê depois"?
Thiago R Silva
Thiago R Silva 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Robert Juarez 0,3 foi o percentual de mortes em relacao a populacao Brasileira … mimimimi dos infernos
Marcelo Cunha
Marcelo Cunha 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Robert Juarez , não torra...
Lucas Silva
Lucas Silva 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Funcionou no resto do mundo, mas aqui nada funciona, devido â incompetência do governo.
Ricardo Morden
Ricardo Morden 09.12.2021 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Thiago R Silva meu Deus, as pessoas falam de Morte e dos mortos como se eles não fossem nada. Como se fosse absolutamente necessário que eles morressem. Cruzes, essas pessoas não podem ser seres humanos.
roberto gadioli
roberto gadioli 09.12.2021 8:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
governo do #d0id0dob0z0 (vulgo bolsonaro) está perdidinho e no Mato sem cachorro. #governoDeM.E.R.D.A
Ricardo Gomes
Ricardo Gomes 09.12.2021 8:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
💛💚MITOOO 💚💛💚MITOOO 💛💚💚💛💚💛MITOOO 💚💛💚 💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💚💛💛💚💛💚💛💚💛💚MITOOO 💚💛💚💛MITOOO 💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛💚💛 BOLSONARO !!! 👏👏👏
Mant Neuman
BombeiroAristide 09.12.2021 6:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Enquanto este desgoverno e toda sua corja de apoiadores nào forem chutados para fora, como fizemos com o PT, continuaremos com a destruição de uma nação.... Eles vivem em um mundo paralelo, onde a corrupção que acontece na cara deles nào existe, onde estar entre as piores taxas do mundo de inflação, juros reais, desemprego e mortes é algo normal e motivo de orgulho. Em 22, seja patriota, pense no Brasil. Nào vote nos CORRUPTOS Lula e Bozo.
Ronaldo Vieira
Ronaldo Vieira 09.12.2021 0:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Porque os juros subiram se a inflação não é por excesso de demanda? Nem há demanda....Problema está no câmbio , seus amadores do BC.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 0:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Você toca no ponto certo, a inflação atual é cambio, mas pra resolver o problema do câmbio envolve tantas variáveis que a única alternativa do governo é da pelo menos a satisfação de fazer algo, mesmo que seja destruir a economia do país. Vamos falar de 1 exemplo: A balança comercial da saúde é negativa em 18 bi de dólar ano. Foi um dos setores que mais sofreu com inflação porque tudo vem de fora. Como resolver isso? Investe em parque Polo industrial da saúde pra produzir aqui tudo que compramos de fora, desde máscara a epi básico. Isso gera empregos aqui e reduz o impacto da variação cambial. Veja, estamos falando de indústria, mas estão nos obriga até a importar combustível que tem no nosso território. O problema é grande!
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
sifu demo todos. selic 2% kkk vamos manter juros pra vcs comprarem imoveis a juros baixos...90% foi correndo e acreditou no jegues. agora paga caro na parcela e nao pode fazer nada. quem ganhou? bancos e financeiras. nao pagou vai a venda com imovel valorizado...jegues jenio. so dinheiro pros bancos
Mostrar respostas anteriores (1)
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem se fodeu foi você os juros futuros estão desabando, neste momento. Ou seja o teto da Selic talvez seja 9,2 ou 10. O fato é que para 2031 os juros estão 11%,para nosso histórico isso é muito baixo. Construtoras foguetaram ontem e você aí falando m...
José Artur Medina
José Artur Medina 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
juros futuros para 2031 estão 10,8
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ainda criaram 2 modalidade indexadas ao Ipca e selic. Recorde de reclamação, as prestações estão aumentando e os clientes olharam apenas pra taxa de 3,75%. Taxa sobe todo mês. Já estamos no patamares de 2016.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não estão desabando nada. Ontem mesmo subiu dos meses de jan até mar. O juros futuro de 2026 cair meio ponto apenas comprova que ninguém quer título público de linha prazo por não confiar nesse país. Querem o Brasil apenas pra especular no curto prazo.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 09.12.2021 0:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mesmo sendo em 10 anos, ainda é alto. A questão é que pouco importa uma projeção de 10 anos. O mundo real é aqui e agora. Os juros do trimestre, janeiro a março de 22 sobe todo dia e isso que nós mata.
Bruno Cabral
Bruno Cabral 08.12.2021 23:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ministerio da economia esta perdendo varios phds genios das finanças aqui nos comentarios…👀
Alessandro Reis
Alessandro Reis 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
fim dos fundos imobiliários
Mostrar respostas anteriores (1)
Diego Lourenço de Paula
Diego Lourenço de Paula 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcos Antônio Eduardo isso mesmo👏🏻👏🏻
José Artur Medina
José Artur Medina 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcos Antônio Eduardo  como é burro, até acredito que existam investimentos melhores no momento que FI mas indiscutivelmente estão pagandomuitobem e estão muito baratos 1,4 1 ,6% ao mês
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quem te perguntou alguma coisa? vai postar sobre juros futuro de 2056. Continua nesse caminho que vai ser ótimo. Alguém precisa pagar os meus lucros.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o pior é que eu falei que o FII imobiliários são uma boa e você leu como se eu tivesse dito o contrário. Você é muito tapado.
Ricardo Morden
Ricardo Morden 08.12.2021 23:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina pagando estão, mas está havendo uma desvalorização enorme
Diego Lourenço de Paula
Diego Lourenço de Paula 08.12.2021 23:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem está chorando a selic, não vem acompanhando a economia, ou caiu no planeta agora!
Diego Lourenço de Paula
Diego Lourenço de Paula 08.12.2021 23:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ai ai ai, passaporte meus OVO, pandemia não derruba mais a bolsa! E sim os aspectos econômicos!
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 23:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pandemia derruba aspectos econômicos que por sua vez derruba a bolsa. Jura que vc não consegue alcançar esse simples raciocínio? Ta fingindo neh?
Diego Lourenço de Paula
Diego Lourenço de Paula 08.12.2021 23:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Caio tacla, caso não tivesse vacina e vacinados, concordaria, mas no atual quadro, não derruba mais! Já foi, só a economia que ela deixou, ou políticos mesmo, que volta e meia, atrapalham!
Joao Souza Dias
Joao Souza Dias 08.12.2021 23:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
então não houve desarranjo da economia e cadeia de produção que não voltou até agora e estamos pagando. você é muito limitado
pericles periclesplb
pericles periclesplb 08.12.2021 23:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
gado enlouquecendo kkkkkkkk
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 22:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lembra do #ficaemcasa economia a gente vê depois? Então, o Dória e outros governadores começaram isso hoje, através de anúncios que irão adotar o passaporte de vacina. Depois não culpem Bolsonaro !!!
Ronaldo Vieira
Ronaldo Vieira 08.12.2021 22:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O mundo inteiro ficou em casa, mas a inflação só saiu do controle aqui....estranho né?
roberto gadioli
roberto gadioli 08.12.2021 22:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
com esse #governoDeM.E.R.D.A que vc ele é defende) Caio tacla não tem condições de melhorar nada. INFLAÇÃO, DESEMPREGO e +615 mil m0rtes por covid-19.
Cavalo de Troia
Cavalo de Troia 08.12.2021 22:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ronaldo Vieira  Tu vive em outro mundo então, porque a inflação norte-americana é a maior em 20 anos. A inflação saiu do controle no mundo inteiro devido aos choques na oferta em razão dos lockdown, a oferta não tem conseguido acompanhar o aumento da demanda pós-lockdowns. Em suma: os caras perdem totalmente a razão porque defendem político ou porque tem birra de político, e ainda ganha like. O brasileiro merece todos esses lixos que nos assombram ha décadas na política.
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 22:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A decisão dos governadores sobre o passaporte da vacina vai derrubar o ibovespa. Hoje Dória (2%) ja confirmou que vai implantar em São Paulo. Rio de Janeiro e Fortaleza seguiram o mesmo caminho. Isso vai se espalhar pra quase todos os 26 estados e o DF. Ou seja, vai derrubar renda, gerar desemprego, atingir o varejo e o comércio em cheio. Vai gerar mais inflação ainda. A bolsa provavelmente sentirá os efeitos disso, igual sentiu durante a pandemia. Não tem milagre, se fechar a economia o mercado reflete isso. Eu to preparado pra essa situação, inclusive pra operar vendido, se for o caso. Esteja vc também !!
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 22:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Uma ótima notícia. Aqui em Fortaleza as buscas aumentaram em 30% depois que adotamos o passaporte. Um dos filtros é critérios de escolha do destino é se o passaporte é exigido. As pessoas querem se proteger. A nossa sorte é que os negacionistas são poucos.
Celso Santos
Celso Santos 08.12.2021 22:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É Fogo na Babilônia!!! 🔥 🔥 🔥 pronto, falei. Alívio que me deu agora, bicho!!!⚓ óóó>>💨💨💨 na cara do >>> 🐄🐮 gado desavisado, que pasta solto, fora do curral. ⛈️🌩️
Lucas Zimmer
Lucas Zimmer 08.12.2021 21:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
TERCEIRA VIA JÁ !!!
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 21:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
terceira via é petista envergonhado, esquerdinha de máscara
Lino Amorim
Lino Amorim 08.12.2021 21:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vou contra o sistema #CIRO para livrar o país desse hospício do rolezeiro de mobilete.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 21:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tu já viu petista envergonhado? São uns cara de pau, bando de sonso. Estão no mesmo patamar da falta de vergonha na cara que tem um bolsonarista.
Rafael Rocha
Rafael Rocha 08.12.2021 21:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
provavelmente a bolsa vai cair até os 105 pontos e depois retornar em alta até 115 pontos
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 21:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O zig zag é natural, apenas a selic sobe ou desce um ano inteiro. O índice pode fazer esse movimento que você falou, tirando o ruído, a terceira perna pode ser um novo fundo em 90 mil. Veja, o zig zag, topos e fundos são descendentes. No prazo de 2 anos, podemos está em 150 mil pontos, mas antes, podemos tocar os 60 mil.
Mant Neuman
BombeiroAristide 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Enquanto este desgoverno e toda sua corja de apoiadores nào forem chutados para fora, como fizemos com o PT, continuaremos com a destruição de uma nação.... Eles vivem em um mundo paralelo, onde a corrupção que acontece na cara deles nào existe, onde estar entre as piores taxas do mundo de inflação, juros reais, desemprego e mortes é algo normal e motivo de orgulho. Em 22, seja patriota, pense no Brasil. Nào vote nos CORRUPTOS Lula e Bozo.
Rodrigo Vieira
Rodrigo Vieira 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
camarão
Rodrigo Vieira
Rodrigo Vieira 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai morar na Venezuela
Ronaldo Vieira
Ronaldo Vieira 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando Moro atingir 20% nas pesquisas, ibov dá um salto pra 150 mil pontos.
Ronaldo Vieira
Ronaldo Vieira 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rodrigo Vieira a Venezuela logo será aqui
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 21:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tu andou fazendo uma observação boa sobre inflação e câmbio, mas já deu ora ver que é da turma do tacla e medina.
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Passaporte verde dos governadores vai ter impacto forte na renda e no emprego, vai terminar de afundar o comércio. Só aqui na minha região, duas academias grandes já fecharam (smart fit e blue fit), além de dezenas de comércios desde o início da pandemia. E com o passaporte de vacina muitas pessoas não irão mais em comércio. Até quem costuma ir vai começar a ir menos. É desestimulante para o comportamento de consumo. Enfim, paguem pra ver.
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 08.12.2021 21:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sexta, aqui em Fortaleza, o público que fui estava lotado. Peguei uma fila de uns 5 minutos. Leitura por QR code do passaporte e identidade. Dentro, nenhum lugar vazio. O estacionamento particular do local com mais 100 veículos e eu botei na rua e andei 2 quarteirões. Não adianta, o mundo real e diferente. As pessoas querem se proteger e tem consciência. Os negacioniatas são minoria, cada um de você vão terminar na solidão.
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 21:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Passaporte sanitário, se isso for pra frente, vai paralisar a economia de novo. Fiquem atentos, isso vai impactar muita coisa.na.economia. O Brasil não é a Alemanha ou a França que podem parar e depois tudo volta ao normal. Aqui é 3º mundo, aqui demora muito tempo pra recuperar. Sem dizer que essa decisão dos governadores pode derrubar novamente o ibovespa, fechar mais comércios, derrubar a renda e causar mais desemprego. Fiquem espertos já a partir da abertura do ibov de amanhã porque Dória já confirmou passaporte em SP. As pessoas não estão dimensionando os efeitos disso. Fiquem atentos !!!!
caio tacla
caio tacla 08.12.2021 21:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Passaporte sanitário, se isso for pra frente, vai paralisar a economia de novo. Fiquem atentos, isso vai impactar muita coisa.na.economia. O Brasil não é a Alemanha ou a França que podem parar e depois tudo volta ao normal. Aqui é 3º mundo, aqui demora muito tempo pra recuperar.
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 08.12.2021 21:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É do o cacique bozo,, convencer os asseclas birrento a tomar a vacina,,, leso
Leonardo Holanda
Leonardo Holanda 08.12.2021 21:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só sabe repetir o que o energúmeno diz ?
Bruno Silva
Bruno Silva 08.12.2021 21:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vou continuar aportando em renda fixa. Ações, só quando for garantido que a noivinha do Aristides não vai se reeleger.
Jordson Rodrigues
Jordson Rodrigues 08.12.2021 21:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
só mais 0,75 e ta bom não precisa de mais que isso, selic acima de 10% não ajuda em nada na inflação
MA FB
MA FB 08.12.2021 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rapaz, tem um tal de Caio só moooonnnnnnn.🐄🐄🐄🐄🐄🐄
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail