Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Governo prevê dívida bruta de 80,6% do PIB em 2021, fechando 2030 ainda acima de patamar pré-crise

Dados Econômicos29.11.2021 17:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Notas de 200 reais 02/09/2020 REUTERS/Adriano Machado 2/2

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Economia projetou nesta segunda-feira que a dívida bruta fechará 2021 em 80,6% do Produto Interno Bruto (PIB), melhora frente ao patamar de 88,8% em 2020.

Nos cálculos do Tesouro, a dívida bruta alcançará 76,6% do PIB em 2030. Apesar de ter classificado a trajetória como um retorno gradual ao nível pré-crise de Covid-19, o patamar ainda seguirá mais alto que o nível de 74,3% do PIB observado em 2019.

Para a dívida líquida, a conta foi de que encerrará este ano em 58,3% do PIB, contra 62,7% no ano passado, mas seguindo trajetória crescente ao longo de todo o horizonte de estimativas, batendo em 68,2% do PIB em 2030.

Em relatório semestral específico sobre o tema, o Tesouro afirmou que o comportamento decrescente visto para a dívida bruta decorre do crescimento do PIB nominal, e também do efeito da obtenção de superávits primários a partir de 2024.

Para suas projeções, o Tesouro usou um superávit primário médio de 0,5% do PIB entre 2022 a 2030.

Para aproximar a dívida bruta brasileira da média dos países emergentes até 2030, seria necessário que o superávit primário médio fosse bem superior: 1,9% ao ano.

A dívida bruta média de economias de mercados emergentes e de renda média chegou a 64,0% do PIB em 2020, enquanto a dívida líquida foi de 44,7% do PIB, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) citados pelo Tesouro.

Desde 2014 o Brasil fecha as contas no vermelho, com receitas insuficientes para fazer frente às despesas primárias, que excluem os gastos com pagamento de dívida pública.

No relatório, o Tesouro fez um duro alerta sobre a importância de o governo prosseguir no caminho das reformas para a consolidação fiscal e o crescimento sustentado.

"Em um cenário de juros mais altos e de menor PIB, de forma estrutural, o esforço fiscal necessário para reduzir a dívida será significativo e, em algumas combinações, até mesmo inviável na magnitude necessária", disse.

Olhando especificamente para a dívida líquida, o Brasil precisaria obter superávits primários médios de 1,6% e 3,0% do PIB no período 2022-2030 para, respectivamente, estabilizar o indicador no nível de 2021 e para garantir sua convergência ao patamar dos países emergentes de renda média, afirmou o Tesouro.

EFEITO DO APERTO MONETÁRIO

Diante da perspectiva de aumento na Selic para conter a inflação, o Tesouro calculou que o déficit nominal --que inclui o pagamento dos juros sobre a dívida pública-- subirá a 7,6% do PIB em 2022, de 4,9% do PIB este ano.

Segundo o Tesouro, a tendência depois do próximo ano é que o déficit nominal passe a cair, até atingir 4,2% do PIB em 2030.

Atualmente os juros básicos estão em 7,75% e, no mercado, a expectativa é de Selic em 9,25% ao fim deste ano e em 11,25% no final de 2022.

(Por Marcela Ayres)

Governo prevê dívida bruta de 80,6% do PIB em 2021, fechando 2030 ainda acima de patamar pré-crise
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (8)
Ricardo P Silveira
Ricardo P Silveira 29.11.2021 21:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil é o celeiro dos maiores SURFISTAS de commodities com os campeões Lula e Bolsonaro ; )
Pedro Pontes
Pedro Pontes 29.11.2021 18:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabens Paulo Guedes e Bolsonaro Brasil nos trilhos
Daniel Freiberger
Daniel Freiberger 29.11.2021 18:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nos trilhos .... kkkk
Rodrigo Mello
Rodrigo Mello 29.11.2021 17:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro 2022 e PAULO GUEDES 2022 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷 🇧🇷
Israel Badoco
Israel Badoco 29.11.2021 17:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bm lembrado de 2022 não passa
Fabio Piloto
Fabio Piloto 29.11.2021 17:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Governo gastou 10% do PIB em 2020 devido a pandemia, compra de vacinas e preservação da economia e mesmo assim está conseguindo esse resultado, fruto de três anos sem nenhum escândalo de corrupção e sem lotear as estatais e ainda finalizando centenas de obras como a teasposição de S.Francisco!
Matheus Fernandes
Matheus Fernandes 29.11.2021 16:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ótima noticia depois da pandemia conseguir reduzir a dívida eh uma proeza
Joao Paulo Ribeiro
Joao Paulo Ribeiro 29.11.2021 16:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
gênio com inflação de 40% vc não quer que arrecadação aumente!
Rodrigo Mello
Rodrigo Mello 29.11.2021 16:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se fosse outro governo teria 80% de inflação e o Brasil iria superar a Venezuela como o país mais pobre no mundo.
Mant Neuman
BombeiroAristide 29.11.2021 16:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
2030????? hahahahahha. Os bandidos não conseguem prever o dia seguinte, sempre com a sanha de roubar o máximo que puderem...
Weverton Alves
Weverton Alves 29.11.2021 16:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
onde você tava quando lula tirava dívida de 200 bilhões a 4% ao ano para dívida de 3 trilhões ao juros de 18% ao ano em ???
Mant Neuman
BombeiroAristide 29.11.2021 16:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em 22, seja patriota, pense no Brasil. Nào vote nos CORRUPTOS Lula e Bozo.
velton pires
velton pires 29.11.2021 16:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca vi nenhum governo fazer previsão pessimista de PIB. A realidade é bem diferente... infelizmente.
Lineu Barros advogado
Lineu Barros advogado 29.11.2021 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reduziu! Então, é boa notícia.
Willian Soares
Willian Soares 29.11.2021 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já dizia Enéas Carneiro: Os dados são escamoteados...sempre foram.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail