Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

CVM vai estudar impacto de criar regulação para influenciadores digitais

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira

Economia02.05.2019 06:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com - Confira as cinco principais notícias desta quinta-feira, 2 de maio, sobre os mercados financeiros:

1. Dólar quebra a série de perdas com Fed afastando os medo de baixo crescimento

O dólar se firmou e os títulos e ações operaram com vendas fortes, depois que o Federal Reserve sinalizou que não haveria redução da taxa de juro, apesar dos sinais de enfraquecimento da pressão inflacionária e da intimidação do presidente Donald Trump.

A crença do Fed de que não há necessidade de agir será testada por uma série de dados nas próximas 48 horas, com pedidos de seguro desemprego e custo de mão-de-obra às 9h30, os pedidos de fábrica às 11h, e as vendas de veículos às 16h30. Eles serão acompanhados na sexta-feira pelo relatório mensal de emprego para abril, o Payroll

2. Wall Street pronta para se recuperar

Wall Street deverá se recuperar de suas perdas pós-Fed quando abrir, apoiada em parte por uma reportagem da CNBC sugerindo que os EUA e a China pretendem encerrar suas negociações comerciais até 10 de maio.

Às 6h30 os futuros do S&P 500 subiam 8 pontos ou 0,3%, o contrato futuro do Dow 30 subia 54 pontos, ou 0,2%, e o índice de tecnologia futuros do Nasdaq 100 subia 29 pontos, ou 0,4%.

A fabricante de chips Qualcomm (NASDAQ:QCOM) provavelmente verá mais volume depois de divulgar seus resultados ontem à noite, quando previu um trimestre fraco devido à desaceleração econômica chinesa e à lenta adoção da tecnologia 5G. Outras empresas que devem divulgar seus resultados na quinta-feira incluem a empresa de biotecnologia Gilead (NASDAQ:GILD), a produtora de games Activision Blizzard (NASDAQ:ATVI) e a gigante de produtos químicos Dow Chemicals, bem como a Expedia (NASDAQ:EXPE) e a Under Armour (NYSE:UAA).

3. Cotação do petróleo em queda com recordes de produção e estoques nos EUA

Os contratos futuros do petróleo bruto caíram abaixo de US$ 63 por barril após um aumento mais forte do que o esperado nos {{ec-75||estoques}} dos EUA na semana passada, que os deixou em seu maior nível em 19 meses, juntamente com a relutância do Fed em dar novos estímulos para a economia global.

Dados do governo divulgados quarta-feira também mostraram que a produção dos EUA alcançou um novo recorde de alta de 12,3 milhões de barris por dia. O aumento da oferta superou em muito os cortes de produção da Arábia Saudita e outros até agora este ano, embora os mercados continuem a apostar em um prêmio de risco geopolítico, enquanto o presidente Donald Trump tenta fechar as brechas que permitiram ao Irã continuar exportando parte de seu petróleo até agora.

4. Banco da Inglaterra reúne-se com as tensões do Brexit aumentando novamente

A libra britânica está em ascensão novamente em meio a relatos de que os dois principais partidos estão mais perto de concordar com uma forma de Brexit que eliminaria qualquer necessidade de um segundo referendo sobre a questão.

Além disso, os analistas esperam que o Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra fale mais abertamente sobre os aumentos futuros nas taxas de juros após a reunião de política de hoje, embora a expectativa é de que mantenha sua taxa básica inalterada. Os dados divulgados anteriormente mostraram que o setor de construção voltou a crescer novamente em abril. O comunicado do BoE será feito às 8h00.

A reaproximação da primeira-ministra Theresa May com o Partido Trabalhista dependeu, em grande medida, da aceitação de suas demandas por uma união aduaneira com a UE - algo desprezado pelos legisladores Brexiteer dos conservadores e pelos membros do partido. Não está claro se os conservadores permitirão que May permaneça no poder por tempo suficiente para impulsionar essa ideia, e se espera que as eleições locais no Reino Unido resultem em pesadas derrotas para o partido, criando o pretexto para outra tentativa de derrubá-la.

5. Além de otimista

Os investidores continuam a captar IPOs de alto perfil de start-ups com pouca ou nenhuma rentabilidade. A fabricante de hamburguers veganos Beyond Meat (NASDAQ:BYND) fixou o preço de sua oferta pública inicial em US$ 25 por ação, no topo de uma faixa que já foi levantada devido à alta demanda dos investidores.

A empresa também aumentou o número de ações que pretendia vender em 10%. O acordo valoriza a Beyond Meat em cerca de US$ 1,5 bilhão.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quinta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Jose Florencio Almeida
Jose Florencio Almeida 02.05.2019 11:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
forte queda do petroleo , é o mesmo que a petrobras ter reajustado seus preços em mais de 10 por cento. acordemos para o tamanho do lucro dado a petrobras neste intante , mercado segou pelo nervosismo
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail