🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

BC da Argentina está otimista com inflação, mas vê necessidade de mais trabalho nas reservas cambiais

Publicado 24.04.2024, 13:40
© Reuters. Banco Central da Argentina em Buenos Aires
16/03/2020
REUTERS/Matias Baglietto
USD/ARS
-
USD/ARSB
-

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central da Argentina está otimista de que a taxa de inflação mensal do país diminuirá mais rapidamente do que o esperado por analistas, segundo uma apresentação da instituição, mas vê mais trabalho a ser feito para repor os níveis de reserva de moeda estrangeira.

O país está lutando para restaurar a estabilidade econômica sob o comando do novo presidente libertário Javier Milei, em meio a uma das piores crises em décadas, com inflação anual próxima a 300%, reservas de moeda estrangeira esgotadas e aumento dos níveis de pobreza.

Milei promoveu um duro pacote de austeridade que conquistou os mercados e os investidores, com cortes acentuados de gastos e foco na reversão de um profundo déficit fiscal após anos de gastos excessivos de governos de esquerda e direita.

Uma apresentação do banco central, feita pelo vice-presidente Vladimir Werning em Washington e compilando uma série de dados, mostrou que o banco central espera que a inflação mensal caia para 9% este mês e 5,8% em maio, abaixo do pico de mais de 25% em dezembro.

Isso estaria abaixo de sua própria pesquisa mais recente com analistas, de 10,8% e 9% para este mês e o próximo, indicando suposições mais confiantes sobre as perspectivas de preços, um dos principais desafios econômicos da Argentina, com a inflação anual mais alta do mundo.

© Reuters. Banco Central da Argentina em Buenos Aires
16/03/2020
REUTERS/Matias Baglietto

A apresentação também descreveu como o banco central acumulou fortemente as reservas este ano, embora tenha alertado que elas permaneceram cerca de 4,2 bilhões em território negativo em termos líquidos quando os títulos do Bopreal e os passivos de Depósito de Treasury foram excluídos.

Em 19 de abril, segundo a apresentação, as reservas estavam com um saldo líquido positivo de 552 milhões de dólares com a inclusão desses títulos, o que a apresentação esclareceu ser a definição usada para revisões ligadas ao seu programa de 44 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional.

(Por Adam Jourdan)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.