🚀 Escolhas por IA em junho seguem subindo, com Adobe +18.1% em 11 dias. Não perca as ações de Julho.Acesse aqui

Dólar passa a cair frente ao real com ajuste após salto por tensão governo-BC

Publicado 24.03.2023, 12:34
© Reuters. Mulher manuseia notas de dólar
30/05/2022 REUTERS/Dado Ruvic
USD/BRL
-
WDOc1
-

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar devolveu ganhos iniciais e passava a alternar estabilidade e leve queda frente ao real nesta sexta-feira, em movimento atribuído por profissionais do mercado a ajustes técnicos após salto recente provocado em grande parte pelo aumento das tensões entre o governo e o Banco Central.

Às 12:22 (de Brasília), o dólar à vista recuava 0,15%, a 5,2819 reais na venda, perdendo fôlego depois de mais cedo ter chegado a saltar 1%, a 5,3426 reais na venda.

Na B3 (BVMF:B3SA3), às 12:22 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 0,33%, a 5,2890 reais.

A virada no sinal da moeda para negativo é "um ajuste após a alta dos últimos dias", disse à Reuters Denilson Alencastro, economista-chefe da Geral Asset. É normal, depois de movimentos acentuados da divisa norte-americana, haver correções pontuais no sentido oposto conforme agentes financeiros realizam lucros.

O dólar saltou 1,02% na véspera, depois que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o Banco Central deve pagar o preço pelos juros do país, voltando a criticar o atual patamar da Selic um dia após o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC decidir manter a taxa em 13,75% ao ano.

O BC não apresentou sinal concreto sobre um eventual afrouxamento monetário à frente, adotando um tom mais duro do que o esperado, contrariando expectativas no mercado e no governo por uma indicação sobre o momento em que poderia iniciar os cortes na taxa básica de juros.

Segundo Alencastro, "o mercado ainda está tentando entender até onde vai essa queda de braço entre Lula e o BC".

Enquanto isso, no exterior, um índice que compara o dólar a seis pares importantes subia 0,6%.

© Reuters. Mulher manuseia notas de dólar
30/05/2022 REUTERS/Dado Ruvic

O humor global permanecia frágil depois que a turbulência nos setores bancários de Estados Unidos e Europa a nas últimas duas semanas relembrou a crise financeira global de 2008.

O fato de vários bancos centrais de países desenvolvidos terem subido os juros nos últimos dias mesmo diante dos riscos financeiros colaborava para a cautela, disse a XP (BVMF:XPBR31) em nota matinal, citando ainda decepção do mercado com leituras de PMIs na Europa.

O dólar caminhava para alta semanal de 0,2%.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.