Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar reduz perdas após dados de emprego otimistas nos EUA

Moedas23.07.2015 09:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com – O dólar norte-americano reduziu suas perdas em relação às principais moedas mundiais hoje, após dados terem mostrado que os pedidos de seguro-desemprego nos EUA atingiram na semana passada o nível mais baixo desde novembro de 1973, somando-se às expectativas para um futuro aumento das taxas nos EUA.

O Departamento do Trabalho dos EUA informou nesta quinta-feira que a quantidade de indivíduos que entraram com pedido novo de seguro-desemprego na semana encerrada em 18 de julho caiu 26.000, para 255.000, do total da semana anterior de 281.000. Os analistas esperavam que os novos pedidos de seguro-desemprego caíssem em 1.000 para 280.000 na semana passada.

Os dados foram divulgados após a presidente do Banco Central dos EUA (Fed), Janet Yellen, ter dito na semana passada que o banco provavelmente aumentará as taxas “em algum momento neste ano”.

O índice do dólar, que avalia a força do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, caiu 0,36% para 97,27, saindo das baixas de duas semanas de 96,97, alcançadas no início do dia.

EUR/USD subiu 0,53% para altas de uma semana de 1,0985 após a maioria dos legisladores gregos ter votado a favor de um segundo conjunto de reformas na quarta-feira, sinalizando que as negociações sobre um de resgate de € 86 bilhões por parte da União Europeia podem ser iniciadas. O país está em busca de um acordo até o meio do próximo mês.

As novas medidas incluem alterações no sistema bancário e uma revisão do sistema judiciário da Grécia.

A Grécia tinha apresentado um conjunto inicial de medidas de austeridade imposto pelos credores na semana passada. Isso foi uma mistura de reformas econômicas e cortes no orçamento exigidos antes que as negociações de resgate pudessem continuar.

No início do dia, dados mostraram que a taxa de desemprego na Espanha caiu para 22,37% no segundo trimestre, de 23,78% no trimestre encerrado em março. Os analistas esperavam que a taxa de desemprego subisse para 23,10% no último trimestre.

A libra caiu, com GBP/USD recuando 0,12% para 1,5590, após dados terem mostra do que as vendas no varejo do Reino Unido caíram 0,2% no mês passado, decepcionando as projeções para um ganho de 0,3%.

Ano a ano, as vendas no varejo aumentaram 4,0% em junho, abaixo das expectativas por um ganho de 4,9%, após terem subido a uma taxa de 4,7% em maio.

As vendas no varejo, que excluem as vendas de automóveis, caíram 0,2% no mês passado, em comparação com as projeções para um aumento de 0,3%, após um ganho de 0,4% em maio.

Mas a libra permaneceu apoiada, após o presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, ter dito na semana passada que a decisão de aumentar as taxas de juros dos níveis históricos terá um maior foco até o final de 2015.

Em outros lugares, o dólar norte-americano permaneceu estável em relação ao iene, com USD/JPY em 123,98 e caiu em relação ao franco suíço com USD/CHF recuando 0,36%, para 0,9567.

Os dólares australiano e neozelandês subiram, com AUD/USD subindo 0,22%, para 0,7392, e NZD/USD ganhando 1,31%, para 0,6663.

No início do dia, o Banco Nacional da Austrália informou que seu índice trimestral de confiança empresarial subiu para 4 no segundo trimestre, de zero nos três meses até março.

Enquanto isso, USD/CAD caiu 0,36%, para 1,2988, após dados terem mostrado que as vendas no varejo do Canadá subiram 1,0% em maio, superando as expectativas para um ganho de 0,5%, após uma queda de 0,1% no mês anterior.

As vendas no varejo, que excluem as vendas de automóveis, subiram 0,9% em maio, acima das expectativas para um aumento de 0,8%. As vendas no varejo caíram 0,5% em abril, cujo valor foi revisto de uma queda estimada anteriormente de 0,6%.

Dólar reduz perdas após dados de emprego otimistas nos EUA
 

Artigos Relacionados

Dólar sobe 0,64% e acumula alta de 1,17% na semana
Dólar sobe 0,64% e acumula alta de 1,17% na semana Por Estadão Conteúdo - 24.09.2021

A onda de fortalecimento global da moeda americana - que subiu tanto em relação a divisas fortes quanto emergentes - pautou os negócios no mercado doméstico de câmbio nesta...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail