Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Risco fiscal anula queda do dólar apesar de otimismo externo

Moedas23.09.2021 18:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em leve alta contra o real nesta quinta-feira, com notícias fiscais domésticas pesando sobre a confiança e retirando a moeda da queda de quase 0,9% de mais cedo, quando reagiu a sinalizações do Banco Central e ao apetite por risco nas praças globais.

O dólar à vista subiu 0,12%, a 5,3094 reais. O mercado reagiu a notícias de que o governo estaria calculando o risco de mais pressões por renovação do auxílio emergencial (e num valor maior) caso fracassem esforços em prol da reforma do Imposto de Renda (IR) e de uma solução para a conta de quase 90 bilhões de reais em precatórios para o ano que vem.

Segundo uma fonte, o governo trabalha para convencer o Senado a aprovar a reforma do IR com o argumento de que não há carta na manga da equipe econômica para financiar a expansão do programa de transferência de renda no ano que vem.

Na máxima, alcançada na última hora de negócios, o dólar foi a 5,3123 reais (+0,17%).

"É fiscal imperando sobre o diferencial de juros e ganhos nos termos de troca", disse Tatiana Nogueira, economista da XP. "Se não fosse o fiscal, o câmbio poderia estar facilmente abaixo de 5 reais", completou.

A XP projeta dólar de 5,20 reais ao fim de 2021 e de 5,10 reais no término de 2022. Nogueira afirmou que, pelos fundamentos, o dólar deveria estar mais próximo de 4,90 reais, mas que a moeda não deverá testar esses patamares enquanto o mercado não tiver sanadas as questões dos precatórios e da eleição presidencial.

Antes de fechar em alta na sessão, o dólar chegou a cair 0,88%, a 5,2566 reais, logo nos primeiros negócios.

No exterior, o índice do dólar caía 0,42% no fim da tarde, maior queda em um mês, conforme investidores deixavam a moeda de lado na esteira de um forte movimento de apetite por risco que provocou um rali nos mercados de ações, de petróleo e nos rendimentos de títulos.

No Brasil, o dólar acabou ficando descolado de boa parte de seus pares, mas operou em sintonia com o rendimento do título do Tesouro norte-americano de cinco anos, que saltava depois de na véspera o banco central dos EUA indicar que altas de juros podem ocorrer antes do esperado. Juros mais altos nos EUA tornariam o dólar mais atrativo, o que poderia dar impulso à moeda.

Embora o Banco Central do Brasil esteja no meio de um ciclo de aperto monetário, os retornos ajustados pela volatilidade seguem pressionados, ainda mais diante da percepção de alguns no mercado de que o Bacen ainda está atrás da curva de inflação, o que eventualmente poderia produzir uma Selic terminal mais baixa que a esperada pelo mercado.

O juro implícito em contratos a termo de real de um ano voltou a sofrer forte queda intradiária, indo a uma mínima de 8,06%, antes de se recuperar para 8,176% --ainda abaixo, contudo, de máximas recentes.

Risco fiscal anula queda do dólar apesar de otimismo externo
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
jonatas souza
jonatas souza 23.09.2021 19:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dolar esta mais perto de 6 do que 5 kkk
Mant Neuman
BombeiroAmigo 23.09.2021 18:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eternamente o risco 3Rs.... Risco Rei da Rachadinha....
David Soares
David Soares 23.09.2021 18:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vc fala q é contra a esquerda..cade vc comentando a invasão da bolsa???
Mant Neuman
BombeiroAmigo 23.09.2021 18:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não sou contra esquerda nem contra a direita... Sou contra dois políticos corruptos e incompetentes como Lula e Bozo que são bajulados por um bando de fanáticos... Se dizem diferentes, mas no fundo são iguais... Fecham os olhos para os absurdos que os dois fazem... Na minha lista TB entram Aécio, R. Jefferson, Lira, Gleise, Collor, Dirceu, Cunha, .... Não dá para ser feito de otário pelos políticos que manipulam o povo apesar de tudo que fazem ,
Mant Neuman
BombeiroAmigo 23.09.2021 18:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nova Zelândia e Portugal são governos de esquerda. Canadá e Suíça de direita.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail