Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Aéreas tiram de circulação alguns jatos Boeing 737 MAX após alerta de problema

Ações09.04.2021 16:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Boeing

Por David Shepardson e Tracy Rucinski e Ankit Ajmera

WASHINGTON (Reuters) - Companhias aéreas suspenderam o uso de dezenas de jatos 737 MAX nesta sexta-feira, após a Boeing (NYSE:BA) (SA:BOEI34) alertar sobre uma possível falha de isolamento elétrico na produção recente de alguns aviões.

A falha é o mais recente problema a afetar o modelo mais vendido da fabricante de aviões dos EUA, mas não está relacionada aos problemas de segurança da cabine que levou a uma suspensão de quase dois anos, encerrado cinco meses atrás.

Os reguladores disseram que o novo problema envolveu o aterramento elétrico - ou conexões projetadas para manter a segurança no caso de um pico de tensão - dentro de um sistema de controle de energia de reserva.

A Boeing disse às companhias aéreas que os reparos em cada avião podem levar algumas horas ou alguns dias, de acordo com uma notificação vista pela Reuters.

As três principais companhias norte-americanas que usam o 737 MAX - Southwest Airlines (NYSE:LUV) (SA:S1OU34), American Airlines (NASDAQ:AAL) (SA:AALL34) e United Airlines (NASDAQ:UAL) (SA:U1AL34) - disseram que retiraram um total de 63 aviões de circulação após o aviso da Boeing.

O problema afetou cerca de 90 aeronaves em todo o mundo, disseram fontes à Reuters.

No Brasil, procurada pela Reuters, a Gol (SA:GOLL4) informou que o potencial problema está relacionado ao sistema elétrico, e ele afeta apenas um avião da frota da companhia.

"Decidimos realizar proativamente a suspensão dos voos desta aeronave, conforme recomendado pela fabricante", afirmou a aérea brasileira. "A aeronave afetada somente retornará ao serviço após a certeza de que todas as ações corretivas tenham sido aplicadas e validadas pela fabricante", acrescentou.

A Administração Federal de Aviação (FAA) dos EUA disse que a Boeing notificou na última quinta-feira sobre sua recomendação de retirar temporariamente alguns aviões de circulação para resolver o problema de fabricação, que poderia afetar a operação de uma unidade de controle de energia de reserva do avião.

A FAA disse que entrou em contato com as companhias aéreas e o fabricante para garantir que o problema fosse resolvido.

(Reportagem de Tracy Rucinski em Chicago, David Shepardson em Washington, Ankit Ajmera em Bengaluru e Tim Hepher em Paris; com reportagem adicional de Allison Lampert em Montreal e Marcelo Rochabrun em São Paulo)

Aéreas tiram de circulação alguns jatos Boeing 737 MAX após alerta de problema
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Elton Kuntz
Elton Kuntz 10.04.2021 7:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cias, troquem a frota da Boing por Embraer.....
Gutemberg Carvalho
Gutemberg Carvalho 09.04.2021 20:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Gol tem várias unidades dessa bomba.
Luiz Augusto
Luiz Augusto 09.04.2021 17:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
eita avião problemático esse 737 max
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail