📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Elon Musk cogita parceria com Samsung para lançar celular com a marca 'X'

Publicado 16.06.2024, 12:50
© Reuters Elon Musk cogita parceria com Samsung para lançar celular com a marca \'X\'
AAPL
-
TSLA
-
005930
-

Elon Musk deu a entender que pode estar considerando uma parceria com a Samsung (KS:005930) para lançar um smartphone próprio, apelidado de "Celular X". A declaração veio após a Apple (NASDAQ:AAPL) anunciar, durante a Worldwide Developers Conference (WWDC) 2024, a integração do ChatGPT, chatbot de inteligência artificial (IA) da OpenAI, em seus dispositivos.

Em resposta a um tuíte que sugeria uma parceria entre sua empresa X (antigo Twitter) e a Samsung para desenvolver um "X Phone", Musk afirmou que a ideia "não está fora de questão". A possível colaboração com a Samsung seria uma forma do empresário competir diretamente com a Apple no mercado de smartphones e oferecer uma alternativa aos usuários supostamente preocupados com a privacidade de seus dados.

Confira aqui

Respostas à Apple

Após o anúncio da parceria entre Apple e OpenAI, Musk reagiu à notícia, chamando-a de "violação de segurança inaceitável" e acusando a Apple de comprometer a segurança dos usuários. O bilionário chegou a ameaçar banir iPhones de suas empresas, como Tesla (NASDAQ:TSLA), SpaceX e SpaceX, alegando que a Apple "não tem ideia do que realmente está acontecendo" ao entregar dados à OpenAI.

A relação entre Musk e a OpenAI, criadora do ChatGPT, é complexa. Musk foi um dos cofundadores da empresa em 2015, mas deixou o conselho em 2018. Desde então, ele tem sido um crítico da OpenAI, especialmente em relação à sua direção e esforços de comercialização.

Sobre o celular

Entre especificações imaginadas para o suposto "Celular X" estaria uma tela Oled de 6 polegadas, compatibilidade com a internet via satélite da Starlink, carregamento solar e poderia ser usado como controle remoto para os carros da Tesla. No entanto, até o momento, tudo não passa de especulação. A Samsung não se pronunciou sobre o assunto e não forneceu informações concretas sobre o desenvolvimento do "Celular X" ou se a parceria realmente se concretizará.

A marca sul coreana tem uma política rígida de "collabs". A última vez que lançou um smartphone em conjunto com outra empresa foi em 2014, com o Galaxy S5 Google (NASDAQ:GOOGL) Play Edition.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.