🔥 Ações selecionadas por IA com InvestingPro Agora com até 50% de descontoGARANTA JÁ SUA OFERTA

Morgan Stanley e HSBC cortam dezenas de empregos em bancos de investimento na Ásia

Publicado 17.04.2024, 08:56
© Reuters.
MS
-
0005
-
HSBC
-

HONG KONG (Reuters) - Morgan Stanley (NYSE:MS) e HSBC estão cortando dezenas de postos de trabalho em bancos de investimento na região Ásia-Pacífico nesta semana, disseram fontes com conhecimento do assunto, uma vez que as atividades de negociação mais fracas e os mercados lentos na China e em Hong Kong pesam sobre as perspectivas de negócios.

O Morgan Stanley está cortando pelo menos 50 postos de trabalho em áreas de banco de investimento na região a partir desta semana, disseram três fontes com conhecimento do assunto, afetando cerca de 13% da força de trabalho de 400 executivos do banco de Wall Street na Ásia.

As demissões na unidade de negócios de banco de investimento do HSBC, que obtém a maior parte de suas receitas e lucros na Ásia, começaram na terça-feira e espera-se que cerca de 30 executivos na região deixem o banco nesta semana, segundo três fontes distintas.

O Morgan Stanley se recusou a comentar sobre os cortes de pessoal. O HSBC não respondeu imediatamente a uma consulta da Reuters nesta quarta-feira.

Os cortes estão entre os maiores para as equipes de banco de investimento dos dois bancos voltados para a China e seguem medidas semelhantes tomadas por outros bancos afetados por um declínio nas atividades de negociação na China em meio a uma economia em desaceleração.

Uma nova rodada de cortes de pessoal, iniciada no final de 2023 na China continental e em Hong Kong, os principais centros regionais de bancos de investimento dos bancos ocidentais, deve ganhar ritmo este ano, disseram executivos e observadores do setor.

Os principais destinos de listagem de empresas chinesas estão enfrentando uma seca de negócios e avaliações cada vez menores. A bolsa de valores de Hong Kong viu 12 IPOs levantarem 4,7 bilhões de dólares de Hong Kong (600,28 milhões de dólares) no primeiro trimestre, uma queda de 30% em relação ao ano anterior e o pior desempenho desde 2009, de acordo com dados da Deloitte.

O dinheiro arrecadado por meio de IPOs da China também caiu 82% em relação ao ano anterior, para apenas 2,4 bilhões de dólares durante o mesmo período, a menor arrecadação trimestral de fundos desde o quarto trimestre de 2018, mostraram dados preliminares da LSEG.

O valor total dos negócios de fusão e aquisição com envolvimento da China diminuiu 36%, de acordo com os dados da LSEG, que apontam para comissões menores recolhidas dos clientes.

Em janeiro, o Bank of America (NYSE:BAC) demitiu cerca de 20 executivos na região, após uma enxurrada de reduções nos bancos de investimento do UBS, do Citigroup e de outras firmas.

(Por Selena Li, Julie Zhu e Kane Wu em Hong Kong e Scott Murdoch em Sydney)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.