Últimas Notícias
Investing Pro 0
PROMOÇÃO prorrogada Cyber Monday: Até -60% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Petrobras tem apoio da Odebrecht para sair da Braskem via mercado de capitais, diz CEO

Ações 05.05.2020 19:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Roberto Castello Branco, CEO da Petrobras, durante evento no Rio de Janeiro (RJ) 2/2
 
BRKM5
+0,90%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PETR4
+1,25%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
LYB
+0,31%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras (SA:PETR4) obteve apoio da Odebrecht para transformar a Braskem (SA:BRKM5) em uma empresa sem controle definido, facilitando assim uma futura venda de sua participação na petroquímica via mercado de capitais, disse nesta terça-feira o presidente da petroleira, Roberto Castello Branco.

O executivo ponderou, no entanto, que é preciso aguardar uma melhora do cenário econômico mundial para que as operações necessárias possam ser realizadas-- atualmente, com a pandemia do novo coronavírus, a transação poderia não ser atrativa.

"Vejo que temos boa oportunidade na medida em que a economia mundial se recupere, a volatilidade baixe, então vamos ter condições de sair via mercado de capitais", disse Castello Branco, ao participar de um evento online promovido pelo banco Credit Suisse.

A petroleira já havia anunciado desde o ano passado o interesse em listar a Braskem no Novo Mercado da bolsa paulista B3. Para isso, a petroquímica precisa ter apenas ações ordinárias em negociação, além de seguir uma série de regras de governança de alto nível.

"Vários obstáculos foram vencidos, até a posição da própria Odebrecht. Hoje temos um diálogo bem melhor do que tínhamos há cerca de seis meses", disse o CEO da Petrobras.

Atualmente, a Odebrecht tem 38,3% da Braskem, com 50,1% das ações com direito a votos, enquanto a Petrobras tem uma participação total de 36,1%, com 47% das ações com direito a voto, segundo informações do site da companhia.

"A questão de Alagoas foi solucionada, acordo com os bancos, concordância da Odebrecht de levar a companhia para ser uma 'corporation', ter suas ações convertidas em votantes", listou Castelo Branco, ao comentar os passos da Petrobras para viabilizar o desinvestimento de sua fatia na Braskem.

A Petrobras busca se desfazer da participação na petroquímica como parte de um amplo programa de desinvestimentos que busca reduzir a dívida e focar a empresa nas atividades de exploração e produção de petróleo em águas profundas.

A Odebrecht chegou a negociar a venda de sua parcela na Braskem para a fabricante de produtos químicos LyondellBasell Industries (NYSE:LYB), operação que era aguardada pela Petrobras, que poderia aproveitar para se desfazer do ativo. No entanto, as negociações foram encerradas em junho do ano passado, sem sucesso.

O presidente da Petrobras disse ainda que diversos outros ativos estão no radar da companhia para desinvestimento.

Entre esses, ele destacou que a petroleira tem a expectativa de concluir ainda neste ano processos de venda dos 10% restantes de participação que detém nas companhias de gasodutos NTS e TAG.

(Por Marta Nogueira)

Petrobras tem apoio da Odebrecht para sair da Braskem via mercado de capitais, diz CEO
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Leonardo Carvalho
Leonardo Carvalho 06.05.2020 9:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já vi essa novela aí heim.. kkkk velhos companheiros...
silvio bolsonaro
silvio bolsonaro 06.05.2020 0:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Viva a PETR4 viva Jair.
Fernando Rodrigues
Fernando Rodrigues 05.05.2020 22:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ótima gestão do Castelo Branco. Parabéns, conseguindo reverter o caos instalado na Petrobrás pelos governos passados.
Eder Silva
Eder Silva 05.05.2020 21:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Que apoio hein? Velhos amigos.... ah meu Brasil
oseias batista
oseias batista 05.05.2020 19:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em 16/10/2019 com o petróleo a quase 60 dólares Tinha 10.500 milhões de barris hj com petróleo a 25 dólares vai ter 8.500 milhões kkkkkkkkkk dados manipulados!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail