Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Vendas no varejo no Brasil crescem 21% em maio, mostra ICVA

4 Principais Motivos que Estão Levando o Ibovespa a Bater Recordes

Por Ademir GutierriResumo do Mercado07.06.2021 20:24
br.investing.com/analysis/4-principais-motivos-que-estao-levando-a-bolsa-a-bater-recordes-200442438
4 Principais Motivos que Estão Levando o Ibovespa a Bater Recordes
Por Ademir Gutierri   |  07.06.2021 20:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Pela segunda semana seguida o Índice Bovespa fechou batendo novo recorde, dessa vez fechando em 130.776 pontos. É a terceira semana seguida de alta da bolsa brasileira, trazendo otimismo para os investidores e chamando a atenção daquelas que não levavam muito fé em seu desempenho.

Nos últimos dias inclusive grandes bancos aumentaram suas projeções de crescimento para o país. O Goldman Sachs (NYSE:GS) elevou suas projeções de crescimento do PIB brasileiro de 4,6% para 5,5% em 2021. O Bank of America foi na mesma linha, alterando suas previsões do PIB de 3,2% para 5,2%.

Mas quais os motivos que levaram a essa alta da bolsa? Por que, de repente, o mundo voltou a ficar otimista com o Brasil? Logo abaixo você vai encontrar os 4 principais vetores que desencadearam essa alta e quais as expectativas para nossa bolsa até o final de 2021.

RECUPERAÇÃO MUNDIAL: O BRASIL COMO FORNECEDOR DE MATÉRIAS-PRIMAS

Os números que vem sendo divulgados ao redor do mundo comprovam que a economia mundial está em plena recuperação e aceleração. Os principais agentes desse crescimento são as maiores economias do mundo, a China (o país que pouco sofreu com os efeitos econômicos da pandemia) e os Estados Unidos, que com o avanço das vacinações, está em pleno retorno à normalidade. Os demais países da Ásia também ajudam a puxar esse crescimento global.

Os países desenvolvidos devem retornar aos patamares pré-covid rapidamente, com exceção da Europa, que registra recuperação mais lenta. Enquanto isso, os países emergentes tendem a demorar mais para se recuperar. Essa diferença se dá na velocidade de vacinações, muito maior nos desenvolvidos do que nos emergentes.


Fonte: Bacen

Sempre no início de um ciclo de crescimento econômico, há uma demanda forte por commodities, e os países produtores desses itens se beneficiam desse cenário. Com o Brasil não está sendo diferente: o já previsto ciclo de commodities está impulsionando nossa economia, e conforme os dados divulgados recentemente, o país registrou crescimento de 1,2% no último trimestre, atestando que a economia do Brasil já atingiu os patamares pré-crise do Covid-19, diferentemente da maioria das demais economias emergentes.

A maior parte desse crescimento veio das exportações, que dispararam nos últimos meses. Entre novembro de 2020 e abril de 2021 houve um forte crescimento, registrando um aumento de 43,8% no volume exportado. O aumento das exportações impacta diretamente em nossa Balança Comercial. O Brasil deve registrar superávit de US$ 70 bi em 2021, segundo previsões da FIESP.


Fonte: MDIC Elaboração: FIESP

DEMANDA REPRIMIDA AQUECE O CONSUMO

Com o isolamento social e ambiente de incerteza que ronda nosso futuro econômico, muitas famílias acabaram por consumir menos produtos não-essenciais e serviços nos últimos meses. Tal fenômeno ocorreu em praticamente todos os países do mundo, como pode ser verificado no gráfico abaixo.

No Brasil, estima-se que essa poupança foi de R$ 190 bilhões em 2020, o que representaria 2,5% do PIB, elevando a taxa de poupança do pais de 12,5% para 15%. Talvez até mesmo você, que está lendo esse artigo, deve ter notado que reduziu seus gastos durante o período de pandemia.

Pois então, os números mostram que as famílias pararam de poupar e voltaram a consumir, despejando na economia todo esse volume poupado e toda essa demanda reprimida. Não é à toa que muitos setores não estão dando conta da forte demanda, até mesmo por não esperarem que essa retomada fosse tão rápida.

Com o aumento no consumo, as empresas voltaram a vender e faturar, seus lucros voltaram a crescer e consequentemente isso impacta em suas ações negociadas.

AS VACINAÇÕES AVANÇAM

Nos dias de hoje, não há como dissociar as expectativas de crescimento econômico com as expectativas de vacinação. É dessa forma que os investidores estão fazendo suas projeções, sejam com relação ao crescimento global, seja com relação ao Brasil.

No mundo, as vacinas avançam. Até o final de Maio, mais de 21% da população mundial já havia sido vacinada ao menos com uma 1ª dose. Não é à toa que os países mais avançados em seus programas de vacinação também os países que estão saindo mais rapidamente da crise.

O Brasil passou por uma fase muito difícil na oferta de vacinas para sua população. Entre Março e Abril, por diversas vezes o programa precisou ser interrompido por falta de doses. Ainda estamos em situação delicada, mas as previsões de chegadas novos lotes, além do início da produção nacional do IFA para a fabricação das vacinas fazem com que as perspectivas sejam mais otimistas.

REDUÇÃO DA DÍVIDA DO GOVERNO

O alto grau de endividamento do governo brasileiro sempre foi objeto de preocupação. Entretanto, essa curva ascendente de crescimento parece ter arrefecido. Em abril, a dívida do setor público sofreu novo recuo, indo para 86,7% do PIB (R$ 6,66 trilhões), segundo números do Banco Central.

Esse movimento, se for analisado no detalhe, decorre mais por eventos extraordinários do que ações de longo prazo: impostos que não foram pagos em 2020 que começam a entrar em 2021, parte das despesas que não entraram no último balanço, e aceleração da inflação.

Mesmo assim, a questão fiscal possui um peso muito grande na tomada de decisão de investidores estrangeiros. Um país menos endividado passa mais credibilidade. Por conta disso, muitos recursos acabaram voltando para o Brasil nas últimas semanas, derrubando inclusive a cotação do dólar.

FUTURO: AINDA HÁ ESPAÇO PARA CRESCIMENTO DO IBOVESPA?

Essa é a pergunta que começa a tomar conta do noticiário financeiro. Na casa dos 130 mil pontos, será que nossa bolsa ainda tem espaço para crescer mais? Segundo algumas análises, sim. Se formos avaliar o P/L médio (relação Preço sobre Lucro, indicador fundamentalista mais popular) do Ibovespa nos últimos 10 anos (11,6x), até o final de Maio nossa bolsa ainda estava abaixo dessa média (10,7x).

Em resumo, nossa bolsa ainda estaria “barata”, pois ao analisar esse indicador, quanto menor ele for, mais barato está um ativo ou um índice. Levando em consideração também nossa moeda (que foi a que mais se desvalorizou perante o dólar em 2020), nossa bolsa estava mais barata ainda em dólar. Os investidores sabiam disso, por isso voltaram a entrar no país com seus recursos.

Mas nem tudo são flores: alguns riscos se desenham no horizonte. A inflação segue muito alta, há uma eminente crise hídrica em nosso país (que pode comprometer seriamente o fornecimento de energia e freiar nossa retomada), e a vacinação ainda não engrenou como precisamos, cujo cenário ideal seria chegarmos a uma média de 1,5 milhões de doses aplicadas por dia.

De qualquer forma, com essa última alta, está mais difícil encontrar ativos e setores baratos. Podemos ter novas altas no índice, mas desde que haja uma rotação nos ativos. Ou seja, alguns setores que ainda não andaram precisam começar a subir, como o setor de construção civil e serviços financeiros, por exemplo.

Ainda assim, o mercado vê nossa bolsa entre 145 e 150 mil pontos até o fim de 2021. Mesmo que essa perspectiva seja atingida, isso não acontecerá “em linha reta”. Certamente teremos ajustes, desde que o investidor tenha paciência para entrar com preços mais atrativos.

O fato é que o outrora patinho feio parece que passou a ser visto pelo mercado como um belo cisne querendo criar asas e voar. Mas será que agora vai? O que você acha? Comente aqui embaixo! Te espero no próximo artigo!

4 Principais Motivos que Estão Levando o Ibovespa a Bater Recordes
 

Artigos Relacionados

Julio Hegedus Netto
Vacinação Acelera em SP Por Julio Hegedus Netto - 15.06.2021 9

Iniciamos esta terça-feira atentos ao ritmo de vacinação, já que o governo paulista anunciou antecipar o cronograma de imunização em um mês, sinalizando que até meados de setembro...

4 Principais Motivos que Estão Levando o Ibovespa a Bater Recordes

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (46)
Cleidimar Pereira
Cleidimar Pereira 10.06.2021 12:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente matéria
Ricardo Gomes
Ricardo Gomes 10.06.2021 6:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Uma matéria quase 100% para ser bem ilucidada, porem discordo apenas de um ponto. Somos o 4° país que mais vacina no mundo com metade das vacinas para o total da população ja distribuídas a estados e municípios. Com negociações em compras para mais de 500MM de doses. Isso é mais que relevante e o mundo reconhece isso.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 10.06.2021 6:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado Ricardo. Não sei se você viu, mas comento sobre as vacinas previstas para 2021 no artigo! A previsão é muito positiva! Vamos torcer para que se concretize! Abraços
Luciano Machado
Luciano Machado 09.06.2021 21:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ademir parabéns pela matéria de forma técnica sucinta sobretudo de fácil entendimento poder de síntese com alto conteúdo coloca essa matéria como a melhor que li este ano.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 09.06.2021 21:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Luciano, fico lisonjeado com teu elogio! Espero que ainda leias outros "melhores artigos do ano" por aqui! Sinta-se à vontade para me seguir em outras redes também. Abraços
Mauricio Romero
Alonso 09.06.2021 20:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É pois é.
Mauricio Romero
Alonso 09.06.2021 20:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Todo cuidado é pouco ao se falar em economia, o mercado de renda variável é, como o nome já diz.
Ana Paula Rope
Ana Paula Rope 09.06.2021 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um dos melhores artigos recentes sobre economia mundial x Brasil. Sem nenhum viés politico e gráficos e indicadores para embasar a análise. Obrigada.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 09.06.2021 9:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito obrigado Ana Paula! O objetivo aqui é sempre esse: trazer dados e informações sem qualquer viés. Objetividade, clareza e verdade. Abraços!
Roberto Rosa Bertagnoli
Roberto Rosa Bertagnoli 09.06.2021 1:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trouxe uma excelente e clara explicação além de apresentar os fundamentos em que ela foi feita. Parabéns!
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 09.06.2021 1:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado Roberto! Te espero nos próximos artigos! Grande abraço
Alexandre Ribeiro Cruz
Alexandre Ribeiro Cruz 08.06.2021 22:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito dimanico este texto, são temas abordados, em relaçao a nosso país pra quem é interessado no assunto é muito esclarecedor.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 08.06.2021 22:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito obrigado Alexandre! Abraços
Zé Renato Nóbrega
Zé Renato Nóbrega 08.06.2021 19:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
excelente texto
David Bezerra
David Bezerra 08.06.2021 16:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os quatro motivos:1. Paulo Guedes, 2. Paulo Guedes, 3. Paulo Guedes, 4. Bolsonaro
WILLIAMS CANTANHEDE
WILLIAMS CANTANHEDE 08.06.2021 11:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo. Claro, didático. Mas, recordar não faz mal: a estimativa do futuro termina por influenciar a sua realização.
Alexi Fra
Alexi Fra 08.06.2021 11:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo. Direto ao ponto, e com os gráficos fica claro e objetivo. Parabéns Gutierri. Passei a seguir.
Edinalva Franca Costa
Edinalva Franca Costa 08.06.2021 8:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado por compartilhar!!!!
Ney Pinto
Ney Pinto 08.06.2021 7:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns ao autor. É raro um artigo com boa tecnicidade. Brasil começa a roubar menos...Commodities (vide soja) foguetando A frase centenária Brasil:celeiro do mundo se tornará uma realidade em breve AgroBrasil a locomotiva que vai puxar os vagões da nossa economia ....
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 08.06.2021 7:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito obrigado Ney. Tens razão, e a verdade é essa: a vocação do Brasil, ao menos até hoje, é o Agro. Espero que possamos aproveitar o momento da melhor forma! Abraços
Fernando Borelli
Fernando Borelli 08.06.2021 6:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
De fato, será preciso garimpar as boas opções que ainda existem e acompanhar às várias IPOs que devem ocorrer no 2°semestre. Este artigo foi excelente para quem spostavz no IBOV a 70k este ano. Mais uma narrativa falsa!
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 08.06.2021 6:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso é o que mais se encontra por aí, meu amigo... narrativas falsas, somente para chamar atenção. Atenha-se aos fatos e a história, e nada mais! Abraços
Jorge Strassburger
Jorge Strassburger 08.06.2021 5:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom Ademir. Padabens pela precisa analise e obrigado pelo precioso material.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 08.06.2021 5:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito obrigado Jorge! Abraços
እኔ ውድ የማለዳ ኮከብ ነኝ
እኔ ውድ የማለዳ ኮከብ ነኝ 08.06.2021 1:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Você se esqueceu da forte crise institucional e política pela qual passamos. Já considerou a forte possibilidade de um golpe de estado militar-miliciano? Se não, é melhor considerar.
Eduardo Pelisson
Eduardo Pelisson 08.06.2021 1:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkkkkkkk
Wallace Moreno
Wallace Moreno 08.06.2021 1:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só RINDO mesmo !
Chico Thies
Chico Thies 08.06.2021 1:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Kkkkk tive q rir
Alisson Marques
Alisson Marques 07.06.2021 23:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
correção já...... esticou.. Tem q respirar
Diego Martins
Diego Martins 07.06.2021 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
VAIII TOURINHO !!!
Pedro Hugo Neri
Pedro Hugo Neri 07.06.2021 22:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
será mais um voo de galinha?
Arni Hoffmann
Arni Hoffmann 07.06.2021 22:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cayo Lima
Cayo Lima 07.06.2021 22:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse resultado positivo está todo no Agro e nas exportadoras.E de fato quem tá consumindo são aqueles de poder aquisitivo mais elevado e gastando em itens de valor agregado mais caro.Dinheiro pro setor de serviços (que emprega de verdade o país), nem sinal.A renda ta parando nas mãos de poucos e aumentando o abismo entre as classes.Só lembro do Rei da Soja pagando 1MM pra colocar Rodnei em campo. É essa a distribuição de renda que ta ocorrendo no país atualmente.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 07.06.2021 22:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pois é Cayo. Precisamos que o setor de serviços e a indústria também se recuperem, não podemos depender apenas do Agro. Mas por hora, é o que tem nos salvado, sem o tombo teria sido maior. Abraços
Ben Hur Marimon Junior
Ben Hur Marimon Junior 07.06.2021 22:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Artigo excelente. Parabéns pela análise.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 07.06.2021 22:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado Ben Hur! Até a próxima!
Danilo Araújo
Danilo Araújo 07.06.2021 22:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Texto muito bem elaborado, parabéns ao autor.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 07.06.2021 22:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado Danilo!
Bruno César
Bruno César 07.06.2021 21:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
os artigos desse Ademir Gutierri são muito bons. Rico em informações. parabéns pela artigo.
Ademir Gutierri
Ademir Gutierri 07.06.2021 21:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito obrigado Bruno! Tenho outros conteúdos nas minhas redes sociais, fique à vontade para acompanhar por lá tb! Abraços
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail