Últimas Notícias
Investing Pro 0
Últimas horas: acesse dados premium com Garanta 60% DE DESCONTO

A Volatilidade é saudável para as carteiras

Por Fred LorenzoResumo do Mercado16.11.2023 19:16
br.investing.com/analysis/a-volatilidade-e-saudavel-para-as-carteiras-200460880
A Volatilidade é saudável para as carteiras
Por Fred Lorenzo   |  16.11.2023 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
BVSP
+0,86%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

A Volatilidade (Vol.) é a um indicador muito utilizado no Mercado Financeiro, pois mede a intensidade da variação de preços ao longo do tempo. Quanto maior a Vol. maior terá sido a oscilação de preços dos ativos, e quase sempre, esta alta antecede rentabilidades acima da média. Não existe retorno acima da média sem aumento de Vol., sendo crucial o investidor entender e assimilar isto. Ao invés do investidor ver a Vol. como um detrator para a construção do seu patrimônio, deve entender que é “saudável” para otimizar retornos das carteiras. O aumento da volatilidade não necessariamente está ligado ao aumento de risco de uma carteira de investimentos, mas sim, ao aumento da incerteza. Até quando subirão os juros americanos? A inflação vai convergir a meta em 2024? Haverá recessão nos EUA em 2024? Todas essas perguntas são incertezas, que geram o aumento da volatilidade dos preços a mercado, de um título do tesouro, de uma ação, de um fundo imobiliário, dentre todos os outros ativos da cadeia de investimentos. Contudo, se o investidor não alterou o perfil da composição de diversificação de classes de ativos da sua carteira, ele poderá passar por um período de maior volatilidade no seu rendimento, sem ter aumentado riscos da carteira.

Os investimentos no ano de 2023, e focando mais em Brasil, passaram por muitas incertezas. Mudança de Governo, Juros altos no Brasil e no mundo, Conflitos Geopolíticos, que também impactaram nosso País; foram alguns dos principais temas que trouxeram incertezas aos Mercados, em todas as classes de ativos. Fundos de Renda fixa passaram por oscilações negativas, oriundas de riscos de crédito (uma das consequências dos juros altos), pegando de surpresa investidores em investimentos conservadores. Os fundos Multimercados, que por característica são resilientes a diversos cenários, tiveram o pior ano de retorno desde 2008 (O IHFA – índice de referência do rendimento médio dos fundos multimercados esta com rendimento abaixo da poupança no ano). Já ações, tendo no Brasil o Ibovespa como referência de rendimento, depois de tanto sobe e desce, característico da classe, passaram de pior investimento do ano a um dos melhores, performando até meados de novembro, acima do CDI (em um ano que tivemos SELIC até 13,75%).

Diante de tantas incertezas, a “vilã” volatilidade permitiu ao investidor encontrar grandes oportunidades no ano; NTN-B com IPCA+6,5%, crédito privado High Grade IPCA+7% a.a. (com isenção tributária), foram algumas das oportunidades do ano. Essas taxas só aparecem em períodos de grandes volatilidades e juros altos. Aguardar para realocar o excesso de liquidez do “seguro 100% CDI” em um período de juros baixos, é perder grandes oportunidades, mesmo que no curto prazo, esteja a desconfiança na mente do investidor; “ Será que não era melhor ter aplicado tudo em um CDB a 100% CDI”? Contudo, no longo prazo, o investidor, por mais conservador que seja, vai agradecer por ter ocorrido essas volatilidades em 2023, e as oportunidades geradas. Os sempre bem vindos investimentos pós fixados, como os CDBs indexados 100% ao CDI, que 3 anos atrás batia 2% em juros nominais, chegou a atingir 8% de juros reais esse ano; mas no longo prazo, em janelas maiores de observação, apresentam, em média, um juros real em torno de 4% a.a.. Por isso, investidor, atente-se menos ao retorno de curtíssimo prazo (perder 1 ano do CDI, mas montando a carteira com taxas “gordas”, em especial de juros reais, é uma grande oportunidade); foco no longo prazo, pois a Vol. é saudável ao seu patrimônio.  

A Volatilidade é saudável para as carteiras
 

Artigos Relacionados

A Volatilidade é saudável para as carteiras

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Leonardo Portes Pinto
Leonardo Portes Pinto 17.11.2023 20:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente análise, Fred. Difícil entender esse movimento do mercado onde os preços variam abruptamente.  Isso gera medo na hora de escolher onde alocar os investimentos, mas com essa visão que você trouxe sobre as oportunidades que se abrem durante os períodos de alta volatilidade, sinto um novo estímulo para estudar os ativos, especialmente, em renda variável.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail