Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Bancos e Agências Internacionais Divergem em suas Perspectivas para o Petróleo

Por Ellen R. Wald, Ph.D.Commodities18.11.2021 10:11
br.investing.com/analysis/bancos-e-agencias-internacionais-divergem-em-suas-perspectivas-para-o-petroleo-200445988
Bancos e Agências Internacionais Divergem em suas Perspectivas para o Petróleo
Por Ellen R. Wald, Ph.D.   |  18.11.2021 10:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Existe uma divisão cada vez maior entre as previsões para o mercado petrolífero fornecidas por instituições financeiras, de um lado, e organizações e agências do setor, de outro.

A Opep, a Agência Internacional de Energia (AIE) e a agência americana de informações energéticas (EIA) divulgaram recentemente novas previsões de que o petróleo pode sair de uma condição de pouca oferta para um excesso de produção mais cedo do que se esperava. Isso, evidentemente, pode exercer pressão baixista sobre os preços.

WTI semanal
WTI semanal

Os bancos, por outro lado, continuam defendendo que a cotação do barril deve continuar em alta, chegando inclusive a três dígitos.

Vamos analisar melhor os argumentos de cada lado, a fim de determinar o que os investidores podem esperar do mercado no curto prazo.

Opep

O último relatório mensal da Opep fez uma revisão da expectativa da organização para o cenário de demanda global, com queda de 160.000 barris por dia (bpd), o que configura uma média total de apenas 96,4 milhões de barris por dia (mbpd) em 2021. Além disso, o cartel espera que o consumo só volte aos níveis pré-pandemia no fim de 2022.

O secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, fez uma leitura ainda mais pessimista durante um painel na conferência ADIPEC, em Abu Dábi, dizendo que a situação de oferta e demanda estava mudando mais rápido do que se esperava. Segundo ele, o mercado global de petróleo deve registrar excesso de oferta no início de dezembro.

Algumas das razões dadas para essa mudança incluem o acúmulo de estoques nas últimas 6 semanas, quando o grupo acreditava que o armazenamento de petróleo não começaria a crescer antes do início de 2022, além de evidências de que os preços elevados de energia estavam reduzindo a demanda, principalmente na Índia e na China.

AIE

No início desta semana, a Agência Internacional de Energia divulgou seu relatório mensal de mercado, que também prevê uma suavização da condição de restrição de oferta. A EIA espera que a produção de petróleo aumente 1,5 mbpd até o fim de 2021. Acredita ainda que 750.000 bpd virão da Arábia Saudita, Rússia e produtores dos Estados Unidos.

Agora, a AIE prevê que novas ondas de coronavírus na Europa e as consequentes restrições dos governos locais, em conjunto com uma atividade industrial mais fraca devido à alta dos preços de energia, prejudicarão o mercado petrolífero mais do que o esperado.

EIA

Em sua última perspectiva de curto prazo para o petróleo, a (EIA), agência de informações energéticas dos EUA, considera que o consumo mundial de petróleo terá desaceleração e o crescimento da oferta por parte da Opep+, indústria de shale oil nos EUA e outros produtores independentes superará o consumo no início de 2022. Quanto à cotação do barril, a EIA espera que o Brent se estabilize em torno de US$82 pelo resto do 4º tri.

Analistas financeiros

A reação do mercado a essas previsões foi tímida, com os preços do petróleo movendo-se marginalmente na terça-feira. As razões para tanto podem ser encontradas em relatórios emitidos por instituições financeiras, que continuam prevendo restrição de oferta e valorização do petróleo.

O Goldman Sachs disse recentemente que mantém sua “visão altista”. Na opinião dos seus analistas, o mercado petrolífero mundial continuará subabastecido e “a força atual da demanda” respaldará preços maiores. O Goldman elevou sua previsão de preços do barril de petróleo de 80 para 90 dólares.

O UBS emitiu um relatório similar, afirmando que espera que a cotação do petróleo continue “bem respaldado” em 2022 e o vê o barril de Brent atingindo 90 dólares em dezembro, antes de se estabilizar a 85 dólares em 2022.

Um informe divulgado pelo Commerzbank no início desta semana minimizou as novas previsões da Opep e AIE, dizendo que espera que o “mercado petrolífero continue restrito no curto prazo, o que deve dar suporte aos preços”.

O Bank of America adotou um posicionamento ainda mais veemente quanto aos preços, prevendo que o Brent alcançará 120 dólares por barril em junho de 2022.

Lições

Os investidores sempre devem avaliar o mercado e as previsões de preço com olhar crítico, na medida em que tais prognósticos raramente se mostram corretos. Contudo, os fatores considerados nessas previsões são essenciais para compreender a dinâmica do mercado.

A Opep, por exemplo, dá maior ênfase ao crescimento ou declínio dos estoques petrolíferos como indicador de mercado do que outras instituições. Da mesma forma, o cartel dá peso maior à condição da indústria e dos transportes na China, em razão da importância do país para seus membros. Pode ocorrer, no entanto, que a organização sobreleve a importância desses fatores.

Já a EIA ressalta mais o crescimento da indústria de shale oil nos EUA do que outras instituições. É bastante provável que a EIA esteja superestimando o crescimento esperado do setor, como fez durante a maior parte de 2021.

Os bancos, em especial aqueles que estão financeiramente envolvidos na produção petrolífera americana, podem estar subestimando o crescimento potencial da produção naquele país. Essa relação pode fazer com que eles tenham informações que não estejam à disposição da EIA e, como parte interessada, pressionem as empresas do setor a não aumentar a produção.

Ocorre que empresas que não estejam endividadas e possam se capitalizar de outra forma consigam aumentar a produção no curto prazo.

Além disso, os bancos também participam diretamente do mercado e assumem grandes posições nele. Por isso, é conveniente que os bancos prevejam preços maiores depois de fazerem suas próprias apostas nessa direção.

 

Bancos e Agências Internacionais Divergem em suas Perspectivas para o Petróleo
 

Artigos Relacionados

Cepea
Soja: Preços Encerram Junho em Alta Por Cepea - 04.07.2022

Os preços internos da soja recuperaram ao longo da última semana de junho parte das perdas verificadas no período anterior e acabaram acumulando alta no mês. Segundo pesquisadores...

Bancos e Agências Internacionais Divergem em suas Perspectivas para o Petróleo

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Fabiana Toloto
Fabiana Toloto 19.11.2021 9:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ou seja: ninguém sabe ao certo e cada um puxa a sardinha para o seu lado. Só o tempo dirá.
Reginaldo Queiroz
Reginaldo Queiroz 18.11.2021 14:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em resumo pode ser que vá subir mas também, todavia, portanto, pode ser que caia.
Daniel Carvalho
Daniel Carvalho 18.11.2021 14:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dra. Ellen tem uma bola de cristal embaçada transparente enevoada translucida.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail