Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

BIS alerta que bancos centrais podem ter que resgatar os mercados em breve

br.investing.com/analysis/bis-alerta-que-bancos-centrais-podem-ter-que-resgatar-os-mercados-em-breve-200453845
BIS alerta que bancos centrais podem ter que resgatar os mercados em breve
Por Darrell Delamaide/Investing.com   |  06.12.2022 13:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
DJI
+0,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
  • Relatório trimestral do Banco de Compensações Internacionais cita intervenção do Banco da Inglaterra como exemplo durante a crise do mercado de títulos.
  • Dados econômicos fortes nos EUA geram preocupação com ações futuras do Fed.
  • BCE anda na corda bamba diante da perspectiva de recessão na região.

O Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês) costuma ser chamado de “banco central dos bancos centrais” por se preocupar com diversos problemas, para que seu banco central local não tenha que fazê-lo.

Neste momento, o BIS está preocupado com a possibilidade de que os bancos centrais tenham que resgatar os mercados, afetados pelo aumento de juros, inflação alta e enxugamento de portfólios de títulos.

O banco sediado na Basileia, Suíça, cita a recente crise no Reino Unido, quando um plano mal elaborado para estimular a economia com 45 bilhões de libras esterlinas em dívidas sem previsão orçamentária forçou os fundos de pensão locais a vender bilhões em títulos do governo para atender às chamadas de margem.

Quem teve que acudir o mercado foi o Banco da Inglaterra, que implementou um programa emergencial de compra de títulos no valor de 65 bilhões de libras, no momento em que se preparava para vender esses ativos da sua carteira. As compras, no entanto, somaram um pouco menos de 20 bilhões de libras. Não é comum que os países enfrentem uma tempestade tão perfeita de maus conselhos, mas riscos similares começam a aparecer na economia global.

Como dois economistas do BIS escreveram no relatório trimestral divulgado na segunda-feira:

“Quando esses riscos se materializam, e os custos econômicos decorrentes são substanciais, os bancos centrais são pressionados a fornecer suporte. Embora a ação seja justificada, pode ir de encontro com a posição da política monetária e incentivar a tomada de risco no longo prazo”.

Assim como a crença de que o Federal Reserve atuará para evitar um colapso dos mercados americanos, a expectativa de que um banco central acabará atuando para resgatar a economia incentiva bancos e outros investidores a assumirem riscos maiores. Se as suas apostas se concretizarem, lucram alto. Se der errado, os bancos centrais entrarão em cena para acudi-los.

Os economistas do BIS acham que seu papel é alertar, por isso são melhores em se preocupar do que em fornecer soluções. Não existe uma solução boa para um conselho ruim, embora, em muitos casos, isso só fique evidente em retrospecto.

O relatório de empregos nos EUA, divulgado na sexta-feira, apresentou uma geração robusta de 263.000 postos de trabalho urbanos, muito melhor do que os 200.000 esperados pelos economistas. Isso gerou novas preocupações com a forma como a pressão de alta dos salários poderia neutralizar os esforços do Fed de combater a inflação, forçando o banco central dos EUA a manter os juros elevados.

No contexto de que “boas notícias são más notícias”, na segunda-feira, dados mostraram um desempenho mais forte do que o esperado no setor de serviços, e as encomendas para as fábricas também ficaram acima das expectativas. Em suma, a economia dos EUA está mais resiliente do que se previa, mantendo a pressão salarial sobre a inflação e fazendo o Dow Jones Industrial cair quase 500 pontos, na expectativa de uma ação mais veemente do Fed.

O mercado de trabalho na Europa também mostrou resiliência. Os dados de desemprego na zona do euro divulgados na sexta-feira mostraram que a taxa de desocupação recuou para a mínima histórica de 6,5% em outubro, contra 6,6% no mês anterior, mesmo com as grandes economias europeias enfrentando escassez de energia neste inverno, devido à guerra na Ucrânia.

O comissário europeu Paolo Gentiloni, que supervisiona o departamento de economia em Bruxelas, disse na segunda-feira que a Europa entrará em recessão neste inverno.

O escritório nacional de estatísticas do Reino Unido informou na semana passada que o crescimento econômico caiu 0,2% no terceiro trimestre, marcando o início de uma recessão amplamente esperada. A contração encerrou cinco trimestres de crescimento positivo e sinalizou que o restante da Europa poderia não ficar muito atrás.

No entanto, a Comissão Europeia prevê um crescimento positivo para todo o ano de 2023, após uma contração no quarto trimestre deste ano e no primeiro trimestre do próximo ano.

O Banco Central Europeu continuará andando em uma corda bamba em relação às altas de juros, ao tentar frear a inflação, sem prejudicar o crescimento, com uma elevação de 50 pontos-base na reunião do conselho dirigente da próxima semana. Os dirigentes dos bancos centrais da França e da Irlanda aumentaram o coro dos formuladores da política monetária que defendem uma moderação no aperto, após suas elevações de 75 pontos-base.

BIS alerta que bancos centrais podem ter que resgatar os mercados em breve
 

Artigos Relacionados

BIS alerta que bancos centrais podem ter que resgatar os mercados em breve

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Leo Fernandes
Leo Fernandes 06.12.2022 17:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E por aqui o Lulinha aumentando os gastos públicos em 200 bilhões para pagar o voto da pobraiada. Gerar emprego que eh bom para esses desocupados ele nem sabe como fazer. Pega fogo cabaré. Que viremos logo uma Argentina.
tarles souza
tarles souza 06.12.2022 17:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Comentário típico de "ricaiada" que lixa para 46 crianças que passam extrema dificuldade de se alimentar num país campeão de produção e desperdício alimentos, típico indignado seletivo que dormiu sono profundo qdo bozo furou teto de gastos em mais de 700 bilhões para comprar votos eleições e comprar deputados para blindar hemorróidas dele e da familícia. Bem como esquece a FNs espalhada pelo mico durante debates de que honraria o auxílio que ele às vésperas eleições instituiu. Se não arranha nem a superfície do problema, como vou tratar contigo sobre a dívida pública abusiva que consome mais da metade de nosso PIB? Difícil né? Mais fácil botar culpa no Lula que já se antecipa e trabalha para garantir o melhor para o país antes de assumir.
Rafael Sterzi
Rafael Sterzi 06.12.2022 17:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tarles souza querer comparar o aumento de gastos públicos em tempos de pandemia, com promessa de campanha...forçou a amizade. sobre a dívida pública é importante lembrar que se manteve controlada no período de 2019 a 2022, sendo: Relação Dívida/PIB: 2019 - 74,4%; 2020 - 88,59%; 2021 - 80,27%; 2022 - 76,2% (previsão do Tesouro). Por outro lado, o "PAI DOS POBRES", manteve nos seguintes patamares: (Obs: o gráfico encontrado começa em dez/2006) 2006 - 55,48%; 2007 - 56,72%; 2008 - 55,98%; 2009 - 59,21%; 2010 - 51,77%; 2011 - 51,27%; 2012 - 53,67% 2013 - 51,54%; tava indo bem até aqui...até aparecer a "contabilidade criativa" do Mantega... 2014 - 56,28%; 2015 - 65,50%; 2016 - 69,84%; 2017 - 73,72%; 2018 - 75,27%. Ou seja, só considerando até 2016, teríamos um aumento percentual da DÍVIDA de quase 35%. Sob a justificativa de "cuidar dos pobres", quem tem boa memória, vai se lembrar que o PIB brasileiro contraiu quase 7% entre 2015 e 2016 (em números absolutos). Para termos uma linha de comparação, em 2020 (caiu 4,1%).
Aluisio Rocha
Aluisio Rocha 06.12.2022 14:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
todo dia é crash é colapso... quanto terrorismo sensacionalista... zero credibilidade
João Jorge
João Jorge 06.12.2022 14:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual seu argumento fundamentado para falar em terrorismo????????
Marcelo Bruschi
Marcelo Bruschi 06.12.2022 14:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mercado tem que socar logo !!! derreter
Jose Carlos
Jose Carlos 06.12.2022 14:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
senhor Darrell!!!
Jose Carlos
Jose Carlos 06.12.2022 14:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quanta besteira senhor Estrela!!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail