Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Commodities nesta Semana: Petróleo de Olho na Opep; Ouro Espera Dados de Inflação

Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)Commodities12.07.2021 09:31
br.investing.com/analysis/commodities-nesta-semana-petroleo-de-olho-na-opep-ouro-espera-dados-de-inflacao-200443218
Commodities nesta Semana: Petróleo de Olho na Opep; Ouro Espera Dados de Inflação
Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)   |  12.07.2021 09:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 12/07/2021

Dados de inflação e diversos pronunciamentos de autoridades do Federal Reserve movimentarão o dólar e determinarão se o ouro conseguirá avançar mais no território de US$1.800 nesta semana ou permanecer nesse patamar.

Ouro diário
Ouro diário

Já a direção do petróleo deve novamente ser decidida pelos dados de consumo nos EUA nesta semana. Mais uma grande retirada de estoques e números complementares de consumo de gasolina divulgados pela agência americana de informações energéticas podem manter os preços ao redor das máximas de US$75.

Petróleo diário
Petróleo diário

Por outro lado, temores de desentendimentos no âmbito da Opep, após o cartel não ter conseguido fechar um acordo de produção para agosto por causa de desavenças entre Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, podem afetar o rali de três meses no petróleo. A disseminação da variante Delta da Covid-19 e níveis baixos de vacinação em alguns países também podem pesar sobre os preços do petróleo.

O ouro era negociado com queda de cerca de meio ponto percentual na janela asiática de negociações desta segunda-feira.

O metal amarelo registrou a terceira semana seguida de valorização na sexta, retornando ao importante nível de US$1800. Mas enfrentava dificuldades para se firmar nesse patamar na segunda. A perspectiva para o ouro também era nebulosa, devido à incerteza sobre a inflação nos EUA e seus efeitos na aceleração dos ganhos do metal.

Semana de dados de inflação

Em uma semana repleta de dados de inflação, teremos os números do índice de preços ao consumidor, índice de preços ao produtor e a confiança dos consumidores, da Universidade de Michigan, na terça, quarta e sexta-feira, respectivamente.

Quanto a outros dados, além dos pedidos semanais de seguro-desemprego, também teremos números de produção industrial e manufatura do Fed de NY.

Haresh Menghani, analista técnico do ouro, disse em uma postagem no ForexLive:

“Correções abaixo da marca de US$1800 devem continuar encontrando suporte permito do suporte horizontal de US$1795-93, que deve atuar como importante ponto de pivô para traders intradiários. Um rompimento convincente para baixo deve desencadear algumas vendas técnicas e acelerar a derrapada para a zona de suporte em US$1780-78. A continuidade das vendas abaixo de US$1775 negará o viés positivo de curto prazo e deixará a commodity vulnerável”.

“Por outro lado, a região de US$1815-18 agora parece ter emergido como resistência imediata. Em seguida vem a importantíssima média móvel simples de 200 dias ao redor da zona de 1828-29. Sinais sustentados de força além desse nível atrairão mais compras, abrindo espaço para uma extensão do recente momentum positivo testemunhado nas últimas três semanas, mais ou menos. [Isso pode] permitir a superação da barreira intermediária em torno da região de US$1852-55 e testar o próximo obstáculo ao nível de US$1870."

Jerome Powell fará o pronunciamento mais importante entre as autoridades do Fed

Quanto ao Fed, o presidente Jerome Powell fará seu depoimento semestral ao congresso americano na quarta e quinta-feira, o que terá papel-chave para determinar o próximo movimento direcional do dólar.

A moeda americana registrava alta na janela asiática de negociações desta segunda. As moedas de risco continuam acima das suas mínimas recentes contra o dólar e o iene, com os investidores menos temerosos de uma desaceleração na recuperação econômica global por causa da Covid-19 por enquanto.

Outras autoridades do Fed se pronunciarão nesta semana, com destaque para John Williams, de Nova York; Neel Kashkari, de Minneapolis; Raphael Bostic, de Atlanta; Eric Rosengren, de Boston; e Charles Evans, de Chicago.

No petróleo, o barril americano de West Texas Intermediate era negociado abaixo de US$74,40. Já o barril britânico de Brent girava em torno de US$75,40.

Petróleo: Opep ainda em foco

O WTI encerrou a semana passada em leve queda de 0,6%, enquanto o Brent desvalorizou-se 0,8% por causa das preocupações no âmbito da Opep.

A TD Securities disse em nota:

“É pouco provável que haja um rali ou declínio substancial até que o mercado ouça detalhes sobre como o grupo Opep+ pretende solucionar a requisição dos Emirados de aumentar sua base de produção. Se o cartel limitar aumentos mensais de oferta aos 400.000 barris por dia anteriormente discutidos até dezembro, esperamos que o barril de WTI possa desafiar os US$80 em algum momento durante o 3º tri de 2021, apesar dos riscos da variante Delta da Covid-19”.

E o fim das sanções ao Irã pode ou não ter impacto negativo substancial no petróleo, dependendo da reação da Opep, segundo a TD Securities, que disse ainda: “Se não for fechado nenhum acordo na Opep+ e todos os membros produzirem a toda capacidade, haverá uma oferta muito grande, e os preços podem registrar declínios bastante acentuados.”

Ministros de finanças do G20, enquanto isso, disseram, em sua reunião no sábado, que a variante Delta pode forçar novas restrições na sociedade e nos negócios.

Isso, por sua vez, joga dúvidas sobre a perspectiva de demanda de combustíveis fora dos Estados Unidos, principalmente na Ásia e Austrália.

Aviso de isenção: Barani Krishnan utiliza diversas visões além da sua para oferecer aos leitores uma variedade de análises sobre os mercados. A bem da neutralidade, ele apresenta visões e variáveis de mercado contrárias. O analista não possui posições nos ativos e commodities sobre os quais escreve.

 

Commodities nesta Semana: Petróleo de Olho na Opep; Ouro Espera Dados de Inflação
 

Artigos Relacionados

Scot Consultoria
Mercado do Boi Gordo a Passos Lentos   Por Scot Consultoria - 23.09.2021

Por Thayná Drugowick e Felipe Fabbri Em São Paulo, com programações de abate atendendo, em média, oito dias, e sem necessidade de aumentar a produção em função do marasmo do...

Commodities nesta Semana: Petróleo de Olho na Opep; Ouro Espera Dados de Inflação

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail