Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Criptomoedas no 2º Tri: Alta Volatilidade e 4 Questões a Serem Resolvidas

Por Investing.com (Andy Hecht)Criptomoedas05.07.2021 13:48
br.investing.com/analysis/criptomoedas-no-2o-tri-alta-volatilidade-e-4-questoes-a-serem-resolvidas-200443080
Criptomoedas no 2º Tri: Alta Volatilidade e 4 Questões a Serem Resolvidas
Por Investing.com (Andy Hecht)   |  05.07.2021 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

  • Novas máximas, mas um trimestre de baixa para as criptos
  • Líderes se movem em direções opostas
  • Dogecoin era uma piada no 2º tri
  • Alta impressionante no número de tokens, mas a diluição também cresce
  • O que teremos pela frente nas criptos?

O segundo trimestre de 2021 foi extremamente volátil para as criptomoedas. O bitcoin, que custava cinco centavos há onze anos, superou a marca de US$ 65.000. Os preços da criptomoeda líder explodiram antes de implodir.

O bitcoin registrou pico em 14 de abril, dia em que a Coinbase Global (NASDAQ:COIN) listou suas ações da Nasdaq. A ação atingiu a máxima de quase US$ 430, o que concedeu a essa plataforma de negociação um valor de mercado de US$ 100 bilhões. Na máxima, a COIN valia mais do que a CME e a ICE, duas plataformas de negociação estabelecidas. O bitcoin e a COIN perderam metade do seu valor após o recuo em relação às máximas.

Os investidores e traders eram atraídos para o criptomercado pelo poder da ação parabólica sem precedentes dos preços. O rali acabou perdendo força e gerou uma carnificina nos preços.

Agora que entramos no 3º tri, essa forma libertária de dinheiro enfrenta desafios, mas seus devotos acreditam que a correção nada mais é do que um impulso para outra oportunidade de compra. Alguns opositores continuam acreditando que as criptos sejam perigosas. Charlie Munger, sócio de 97 anos de Warren Buffett, chamou-as de “nojentas e contrárias aos interesses da civilização”.

Apesar da opinião de Munger, no que se refere ao desempenho, a tendência altista plurianual continua, mas a classe de ativos perdeu valor no 2º tri.

CONFIRA: Cotação de mais de 5 mil criptoativos em tempo real

Novas máximas, mas um trimestre de baixa para as criptos

Embora os preços das criptomoedas tenham explodido e atingido novas máximas no 2º tri, os resultados foram negativos ao final do período. No fim do 1º tri, sua capitalização de mercado era de US$1,978 trilhão, chegando a atingir o nível recorde de US$2,4 trilhões durante o 2º tri. No entanto, em 30 de junho, seu valor de mercado era de US$ 1,447 trilhão, uma queda de 26,85% durante o segundo trimestre.

O bitcoin contribuiu negativamente para esse desempenho, já que registrou uma queda de 42,11% desde 31 de março até 30 de junho de 2021. O bitcoin superou a marca de US$ 65.500 no trimestre, mas fechou cotado a US$ 35.000.

Líderes se movem em direções opostas

A explosão de preços do bitcoin, que o fez atingir sua máxima histórica em 14 de abril, acabou se implodindo.

Bitcoin Futuro Semanal 2018-2021 (Fonte: CQG)
Bitcoin Futuro Semanal 2018-2021 (Fonte: CQG)

O gráfico mostra que o bitcoin futuro levou quatro meses e meio para saltar de US$28.800 para US$65.520. Em menos da metade desse tempo, a moeda digital passou a descer de elevador. Um pouco abaixo de US$ 36.000 em 30 de junho, o bitcoin ainda continuava mais próximo da mínima do que da máxima de 2021.

A liquidação começou logo após Elon Musk decidir que os mineradores estavam deixando uma pegada de carbono muito expressiva, obrigando sua empresa, a Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34), a não mais aceitar o bitcoin como pagamento por seus veículos elétricos. Entretanto, a atividade de venda mais intensa ocorreu mesmo depois que a China fechou o cerco contra a mineração e outras atividades, em sua preparação para lançar o iuane digital.

O bitcoin caiu mais de 42% no 2º tri. Embora muitos outros tokens tenham caído junto com o líder, o ethereum acabou subindo no segundo trimestre, não sem antes perder metade do seu valor.

Ether Futuro Semanal (Fonte: CQG)
Ether Futuro Semanal (Fonte: CQG)

O gráfico semanal mostra que o ethereum futuro atingiu US$4.406,50 durante a semana de 10 de maio e colapsou até US$1697,75 no fim de junho. O ethereum fechou a US$ 2265,49 ao final de junho, uma alta de 16,60% em relação à cotação de 31 de março de 2021.

As criptomoedas líderes moveram-se em direção opostas no 2º tri, mas ambas fecharam mais perto das mínimas do que das máximas ao longo do período.

Dogecoin era uma piada no 2º tri

O dogecoin (DOGE) começou como uma piada quando entrou no mercado no fim de 2013, a cerca de US$0,0002047 por token. Em 31 de março de 2021, ele valia US$0,06199, uma alta impressionante.

Fonte: CoinMarketCap
Fonte: CoinMarketCap

Como mostra o gráfico, o DOGE atingiu a máxima de 68,48 centavos em 6 de maio e estava sendo negociado a 24,45 centavos em 30 de junho, uma alta de quase quatro vezes no 2T.

O DOGE era uma piada até Elon Musk e outras celebridades abraçarem a criptomoeda, fazendo seu valor de mercado atingir US$32 bilhões e ocupar o sexto lugar, acima de XRP, solana, litecoin e muitas outras moedas que estavam voando alto ao final de junho.

Alta impressionante no número de tokens, mas a diluição também cresce

A capitalização de mercado da classe de ativos pode ter caído 26,85% no 2º tri, mas não desacelerou o número de novos tokens que entram no mercado. Em 30 de junho havia 10.725 criptomoedas diferentes em circulação, uma alta de 1.680, ou mais de 18,5%, em relação ao final do 1º tri. Ao final de 2020, o número de criptos era de 8.153.

O número de criptos não para de aumentar, fazendo mineradores e especuladores jogarem dinheiro em novas emissões, na esperança de que sua aposta entregue retornos similares aos do bitcoin, ethereum, dogecoin e muitas outras criptomoedas líderes.

Enquanto isso, à medida que a capitalização de mercado cai, a constante inundação de novas entradas dilui a classe de ativos. Grande parte dos mais de 10.700 tokens são bilhetes de loteria que acabarão acumulando pó em carteiras eletrônicas. No entanto, o fervor especulativo continuará até que a memória de incríveis riquezas se apague na história.

O que teremos pela frente nas criptos?

Com a chegada do 3º tri e o segundo semestre de 2021, pelo menos quatro questões continuarão pesando sobre a emergente classe de ativos:

  • Custódia: A questão da custódia é crítica, já que muitos participantes do mercado não estão dispostos a ingressar até que estejam confortáveis com as soluções de armazenamento. Fundos de investimento dependem da capacidade de armazenar as criptos de forma segura.
  • Segurança: Os ataques às empresas Colonial Pipeline e JBS (SA:JBSS3) no 2º tri mostram que hackers podem violar sistemas de segurança e roubar quantidades significativas de criptomoedas. A segurança é fundamental para o futuro da classe de ativos.
  • Carbono: Elon Musk deu destaque para a questão do carbono, já que os mineradores usam uma quantidade enorme de energia para extrair criptomoedas. Uma mineração com zero emissão líquida de carbono deve ser o objetivo de novos e atuais tokens.
  • Regulação: Essa é a questão mais difícil para as criptomoedas. A lacuna ideológica entre a classe de ativos e os órgãos reguladores governamentais é um divisor de águas praticamente insolúvel. A questão reside no fato de os governos exercerem poder e controle através da definição dos seus orçamentos. O controle do dinheiro é algo de que não abrem mão sem uma batalha feroz. As criptomoedas são um instrumento monetário libertário. Bancos centrais, autoridades monetárias e governos definem políticas fiscais e monetárias para estabilizar o mercado durante períodos de expansão e contração. A ampla adoção de criptomoedas pode impedir seu controle da oferta monetária e, por extensão, seu poder.

Custódia, segurança e carbono podem ser resolvidos através da tecnologia. Já a regulação e o controle governamental são outra história. Espero que essas questões ganhem relevo com o crescimento do valor de mercado da classe de ativos nos próximos anos. No início do segundo semestre de 2021, os governos esperam que não precisem lidar com a questão, em vista da queda do valor de mercado. Mas não espere que eles ficarão imóveis se a classe voltar a subir como em abril e maio de 2021.

Vejo muito potencial no blockchain e na revolução das criptomoedas. No entanto, acredito que veremos uma divisão em dois grupos: criptos e moedas digitais oficiais. As criptos continuarão abraçando a visão libertária do dinheiro. O iuane, dólar, euro e outras moedas em formato digital, ao lado de um número crescente de stable coins, tornarão as moedas digitais mais populares.

Nesse ínterim, a expectativa é que a volatilidade nas criptomoedas continue alta nos próximos meses, já que o interesse especulativo não para de aumentar.

Criptomoedas no 2º Tri: Alta Volatilidade e 4 Questões a Serem Resolvidas
 

Artigos Relacionados

Criptomoedas no 2º Tri: Alta Volatilidade e 4 Questões a Serem Resolvidas

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Jaison Santos
Jaison Santos 17.07.2021 12:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A XRP CHEGARÁ A QUE VALOR ESSE ANO , SABE DIZER ALGO SOBRE ESSA CRIPTO.?
Theweekend Ci
Theweekend Ci 07.07.2021 19:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
falou falou e não disse nada.Att.
Theweekend Ci
Theweekend Ci 07.07.2021 19:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
falou falou e não disse nada.Att.
Leonardo Oliveira
Leonardo Oliveira 06.07.2021 10:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O ataque à JBS foi do tipo ransomware. Nesse tipo de ataque os hackers bloqueiam dispositivos e banco de dados e cobram resgate para devolver o acesso. Normalmente pedem resgate em BTC. Não houve roubo de criptomoeda. Nesse caso não se pode atribuir falta de segurança à rede cripto, mas da infra tecnológica da própria empresa.
Alejandro Nasute
Alejandro Nasute 05.07.2021 16:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Oi Andy gosto de ler muito os seus Artigos e gostaria de contribuir nesse específico. as máximas históricas e suas correções já foram maiores que essa. inclusive em 2018 tivemos uma correção de 80% no caso do BTC. O Barulho que Elon Musk não afeta os institucionais, na minha opinião ele tem uma equipe muito antenada ao mercado e ao primeiro sinal de pico, faz um Tweet para se promover. há muitos dados concretos na glassnode que demonstram a fase que o mercado está. Temos a questão do Halving, futuro inverno cripto daqui 180 dias, a quantidade de usuários na rede só aumenta e os próprios institucionais oferecendo fundo em Cripto para alavancar aproximadamente mais meio tri.correções são saudáveis mas esse é o mercado mais volátil e insalubre que existe. sobre a China e os mineradores, os terahash caíram visto que muitos estão se mudando. logo logo voltam a conectar os seus ASCI e terão poder de processamento. abs
Robson Arruda
Robson Arruda 05.07.2021 16:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente contribuição!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail