Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dá Para um Investidor Amador Viver de Seus Investimentos?

Por Fernando CosenzaResumo do Mercado07.05.2021 13:00
br.investing.com/analysis/da-para-um-investidor-amador-viver-de-seus-investimentos-200441797
Dá Para um Investidor Amador Viver de Seus Investimentos?
Por Fernando Cosenza   |  07.05.2021 13:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Não há dúvidas de que o crescimento da familiaridade dos brasileiros com investimentos é algo muito positivo. No entanto, como qualquer outro processo de popularização, ele levanta novas questões.

O maior interesse pelo assunto impulsiona o aparecimento de inúmeras fontes de informação. Claro, onde há demanda, a oferta aparece. Evidentemente, nem tudo tem a mesma qualidade.

Na era das redes sociais, a informação, que antes era mais difícil de ser disponibilizada, agora não é mais. É como se estivéssemos todos em uma grande mesa de bar virtual, onde qualquer pessoa fala o que pensa e pode ser ouvida por qualquer outra que esteja interessada.

Mas, repito, essa é uma característica da nossa vida atual e acontece com todos os assuntos, embora com diferentes graus de impacto.

Por exemplo, você já deve ter usado o Google para procurar informação sobre uma dor ou um sintoma que esteja sentindo. Você sabe que o certo mesmo é procurar um médico, mas tudo bem tentar se informar um pouco.

Em se tratando da nossa saúde, é seguro se informar porque a maioria de nós tem bom senso. Temos um filtro que nos protege, o qual começamos a construir desde a infância. Sabemos que, mesmo o remédio certo, em dose errada, pode nos matar.

Em se tratando de investimentos, um filtro também precisa ser construído. E a única forma de construí-lo é vivendo. Com paciência e cautela.

Eu não sou profissional do mercado financeiro, nem médico. Construí o meu discernimento, tanto sobre saúde quanto sobre investimentos, na base da "experiência cautelosa". Cometendo meus próprios erros (e não os de outros), mas nenhum deles fatal.

Comprei a minha primeira ação em 1998, pela Corretora Souza Barros. Comprei meu primeiro fundo imobiliário em 2003, quando esses ativos nem eram listados em Bolsa. Fui cliente da Investa, a primeira plataforma de fundos do mercado brasileiro.

Fui passando de corretora para corretora, em uma época que uma comprava a outra em busca de "novas" clientes. Fiz curso de análise técnica no final de semana. Avaliei a criação de um clube de investimento. Me cadastrei no Tesouro Direto logo que ele foi lançado.

Em 2016, fiz o primeiro de alguns investimentos anjo. Em 2019, entrei também no mundo do Private Equity, aproveitando a criação de fundos para o varejo.

Nesses mais de 20 anos, sobrevivi a vários tombos do mercado. Eu tinha ações de companhia aérea em 11 de setembro de 2001! Eu não tinha proteções contra alta do dólar em 2002. Passei pela crise de 2008 (a tal "marolinha") e por tudo que veio depois durante o governo Dilma.

Com cautela e me esforçando para aprender, fui construindo o meu filtro. Mas também tive sorte. No "Joesley Day", eu tinha ações do setor de papel e celulose. Elas voaram e protegeram todo o resto da minha carteira. Em março de 2020, eu "sentei na mão" e voltei a comprar em setembro. A coisa foi feia, vi meu patrimônio cair 50%. Mas não era a primeira vez.

Enfim, dizem que a Bolsa expele os amadores. Mentira! Eu nunca fui profissional de mercado e, 22 anos depois, ainda estou aqui.

Tem gente que anda de moto. Outros, colecionam carros antigos. Conheço quem estuda tudo sobre vinhos. São hobbies maravilhosos. O meu é investir. E escrever.

Hoje, a minha mania de investir e administrar o meu próprio portfólio tornou-se uma atividade relevante. Dá até para viver disso. Mas você entendeu por onde eu andei para chegar até aqui?

Dá para um investidor amador viver de seus investimentos? Eu acho que sim, haja vista o meu próprio exemplo. Entretanto, na minha opinião, o caminho é longo e a caminhada é lenta. Mas o destino é lindo!

Com filtro, bons negócios!

Dá Para um Investidor Amador Viver de Seus Investimentos?
 

Artigos Relacionados

Julio Hegedus Netto
Sobre a MP da Eletrobras Por Julio Hegedus Netto - 20.06.2021 2

Foi uma semana agitada. Vários eventos ocorreram. CPI da Covid, anuncio de reformulação do Bolsa Família, MP da Eletrobras (SA:ELET3) aprovada no...

Caio Feijó
Let There Be Venture Capital Por Caio Feijó - 20.06.2021

Um dia desses, estava ouvindo grandes nomes do movimento de Jazz denominado BeBop – ou, revolução moderna – que marcou a cidade de Nova York (EUA) no início da década de 40 e que...

Dá Para um Investidor Amador Viver de Seus Investimentos?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Francisco Aguiar
Francisco Aguiar 09.05.2021 8:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fernando Cosenza, ótimo artigo e parabéns pela trajetória. Eu também sou outro exemplo, pois entrei na bolsa em 1983, quando cheguei ao Rio para fazer um mestrado em Engenharia Nuclear, Engenharia dos Reatores Nucleares, na UFRJ/COPPE. Depois fiz um difícil concurso público que me ajudou bastante. Estudei bastante na época que as informações eram raríssimas. Criei meus próprios modelos de análise. Muitos modelos matemáticos. Resultado: não posso reclamar de nada: fui ao zero várias vezes mas mantive minhas ações: hoje, não posso reclamar de nada, graças a Deus. É quase impossível prever as crises. Minha trajetória é longa: quase 40 anos de bolsa. Sempre comprei acões, quase nunca as vendi. O resultado desta constância e dedicação me salvaram e também o meu bom emprego por concurso em uma grande estatal! As características e o perfil passam por: tenacidade; resiliência, paciência, determinação, muita leitura, muito estudo, eu nunca fiz CURSO DE NADA: semore aprendi só. Deus no comando.
Francisco Aguiar
Francisco Aguiar 09.05.2021 8:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fernando Cosenza, ótimo artigo e parabéns pela trajetória. Eu também sou outro exemplo, pois entrei na bolsa em 1983, quando cheguei ao Rio para fazer um mestrado em Engenharia Nuclear, Engenharia dos Reatores Nucleares, na UFRJ/COPPE. Depois fiz um difícil concurso público que me ajudou bastante. Estudei bastante na época que as informações eram raríssimas. Criei meus próprios modelos de análise. Muitos modelos matemáticos. Resultado: não posso reclamar de nada: fui ao zero várias vezes mas mantive minhas ações: hoje, não posso reclamar de nada, graças a Deus. É quase impossível prever as crises. Minha trajetória é longa: quase 40 anos de bolsa. Sempre comprei acões, quase nunca as vendi. O resultado desta constância e dedicação me salvaram e também o meu bom emprego por concurso em uma grande estatal! As características e o perfil passam por: tenacidade; resiliência, paciência, determinação, muita leitura, muito estudo, eu nunca fiz CURSO DE NADA: semore aprendi só. Deus no comando.
Fernando Cosenza
Fernando Cosenza 09.05.2021 8:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Francisco Aguiar , parabens pela sua história. Você teve critério, estudou, teve paciência e persistência quando foi necessário. Os bons resultados são sinais disso tudo.
EnxiSu kanek
EnxiSu kanek 07.05.2021 15:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sardinha vai tudo tomar forte tu deu sorte entrou em 98, deve ter feito ind trades legais até 2000, se durar mais dois anos essa injeção de dinheiro todo mundo que começou a investir em 2020 vai ficar rico. SQN.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail