Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar: Brasil na Contramão dos Fundamentos

Por Vanessa Blum CollocaCâmbio24.09.2021 07:18
br.investing.com/analysis/dolar-brasil-na-contramao-dos-fundamentos-200444879
Dólar: Brasil na Contramão dos Fundamentos
Por Vanessa Blum Colloca   |  24.09.2021 07:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Novamente uma frase que gosto de usar e realmente é verdade: “Brasil não é para amadores”. Aqui, o Banco Central aumenta a taxa de juros (tudo bem que mercado já esperava pelo menos esse 1 ponto) e o real não aprecia tanto quanto deveria. Um diferencial de juros mais alto aqui do que lá traria fluxo para cá, mas vamos combinar que com tantos riscos fiscais e inflação fora de controle, crise hídrica e eleição 2022 já no radar, o investidor pesa os riscos e pensa duas vezes antes de trazer os recursos para cá.

Existe uma perspectiva de que o IPCA suba forte em setembro principalmente devido à crise hídrica e se o Banco Central aumentar novamente em 1 ponto a próxima Selic, não conseguirá conter a inflação. Como já adiantaram no comunicado que pretendem fazer isso na próxima reunião, não sobra espaço para ganhos do real neste momento. Mercado até testou uma “quedinha” do dólar de manhã, mas não segurou. Bateu mínima de R$ 5,2603 e depois rompeu os R$ 5,30. Depois dos movimentos eufóricos, grande parte da manhã ficamos operando com o câmbio a R$ 5,29. No período da tarde, mercado subiu e ficou acima de R$ 5,30.

O que deve ser observado é que o Copom pintou uma situação preocupante para a inflação reconhecendo que segue elevada assim como os preços de serviços. O comunicado citou o câmbio, as commodities e as condições climáticas adversas como pressões para os alimentos, combustíveis e energia e pediu um tempo para avaliar a persistência dos choques. O Banco Central está ponderando o custo de trazer a inflação para o centro da meta porque quem será prejudicada é a atividade econômica. Se houverem mais duas altas de um ponto, o ano acaba com a Selic a 8,25%, e os juros permaneceriam assim ano que vem.

E na novela precatórios, o ministro da Economia Paulo Guedes amarrou a aprovação da PEC dos precatórios com votação da reforma do Imposto de Renda (IR) no Senado. Guedes precisa cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Para poder apresentar o novo Bolsa Família, com os prometidos R$ 300 do presidente, precisa indicar de onde vai tirar esse dinheiro. Depois de uma reunião na residência oficial do Senado, na última terça-feira (21), Pacheco tentou explicar a saída que estava sendo construída entre o Executivo e o Legislativo e disse que ela precisava conciliar três conceitos: pagar os precatórios, respeitar o teto dos gastos e fazer o "programa social robusto que possa alcançar o máximo possível dos brasileiros". Pacheco disse basicamente que o governo quer estabelecer um limite para pagar os precatórios neste ano e negociar o que ficou fora desse limite com outras alternativas, como encontro de contas e pagamentos com ativos. Depois dessas duas etapas, a solução segue com "a transferência do saldo devedor para 2023", ou seja, para o próximo governo, do qual eles podem ou não fazer parte.

A situação nos EUA pesa bem aqui também, falo com relação à retirada dos estímulos gradualmente da economia de lá, afinal após isso ocorrer o passo seguinte é aumentar juros, e mercado vai se antecipando aos fatos. Esse movimento que seria apenas em 2023 e possivelmente antecipado para 2022 dá força ao dólar. Mas, como isso foi divulgado, quarta-feira após as 15:30 mercado reagiu a tarde, até aí ok reagimos aos fundamentos. Mas daí ontem a alta foi uma continuação a essa reação pesando bem mais do que ao aumento da Selic, afinal estamos ainda correndo atrás da inflação e esse 1 ponto pareceu um remédio bem fraco para o cenário atual.

O fato de os bancos centrais pelo mundo a fora começarem a normalizar suas políticas não é bom para os emergentes. O presidente do Federal Reserve Jerome Powell, por exemplo, deixou claro que o tapering deve ser anunciado em novembro e nem mesmo um payroll mais ou menos vai atrapalhar.

Para hoje no Brasil, saem confiança do consumidor e IPCA-15 de setembro. Nos EUA, discurso de Powell as 11h00 e mais dois discursos de membros do Fomc: Clarida e Bowman. Investidor segue acompanhando essas falas. Na Europa, discurso de Elderson, vice-presidente do Comitê de Supervisão do Banco Central Europeu e de Lane, membro do Comitê Executivo do Banco Central Europeu.

Dólar: Brasil na Contramão dos Fundamentos
 

Artigos Relacionados

Dólar: Brasil na Contramão dos Fundamentos

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (10)
Ana Paula Rope
Ana Paula Rope 24.09.2021 11:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os precatórios são do judiciário de causas de governos passados, que curiosamente a justiça lenta que se arrasta há anos, resolveu jogar no colo desse governo, então nada mais justo que a divida seja paga parcelada sem isso seja a causa do governo romper c o teto dos gastos.
SELCIO MELO
SELCIO MELO 24.09.2021 9:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom Dia Vanessa, Excelente!
Itamar Silva Silva
Itamar Silva Silva 24.09.2021 8:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom dia Vanessa! Ótima análise !
Antonio Salviano
Antonio Salviano 24.09.2021 7:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom dia Vanessa, bom dia mercado...
Marcio Correa
Marcio Correa 24.09.2021 7:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tem uma pessoa absorvendo toda venda fazer o ativo subir com todo muito vendendo mesmo com posição vendida em ltn. parece que o Brasil apostou na venda e tem tomando o dinheiro de criança indefesa
Moacyr Salomão
Moacyr Salomão 24.09.2021 7:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O dólar está onde deveria estar, simples assim. Só amadores deixam de acompanhar a tesouraria dos bancos no câmbio. A disputa de preço no ano está ali em 5,335 o resto são ilações
André Stein
André Stein 24.09.2021 7:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Título perfeito! Texto também, é claro. Dólar totalmente contra os fundamentos!! Parabéns pelo conteúdo!
Alexandre Curvelo
Alexandre Curvelo 24.09.2021 7:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bom dia Vanessa, parece que o dólar achou seu valor, mesmo com queda forte ontem do dolar perante as outras moedas e um acréscimo de um ponto no juros aqui até a bolsa subiu mas o dolar aqui não caiu, parece que vai ficar nesse patamar
Marcelo Stacechen
Marcelo Stacechen 24.09.2021 7:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente análise.
ricardo reis
ricardo reis 24.09.2021 7:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom o texto.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail