Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Ei Investidor! O Que Você Precisa Fazer Agora e Após o Coronavírus?

br.investing.com/analysis/ei-investidor-o-que-voce-precisa-fazer-agora-e-apos-o-coronavirus-200434472
Ei Investidor! O Que Você Precisa Fazer Agora e Após o Coronavírus?
Por Carlos Heitor Campani   |  08.04.2020 20:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Causando um forte impacto negativo no mercado de ações brasileiro e por todo o mundo, o novo coronavírus revelou a pior face do risco, que muitos investidores negligenciaram no passado recente. Muitos (ou quase todos) dos modelos matemáticos de risco parecem não incorporar um risco extremo como este que estamos observando no mercado atualmente, o que explica porque a absoluta maioria dos fundos de ações e multimercado apresentaram resultados bastante ruins em março. Tenha em mente que esta não foi a primeira nem será a última vez que investidores otimistas desprezarão riscos extremos (curiosos podem encontrar no Google (NASDAQ:GOOGL) a famosa história de fracasso do fundo Long-Term Capital Management – LTCM, que tinha em seu board os premiadíssimos Myron Scholes e Robert Merton).

Um evento extremo é, obviamente, de ocorrência improvável no curto espaço de tempo. Entretanto, muitos se assustarão ao saber que se tornam prováveis no longo prazo, de alguma forma, em algum momento e por alguma razão. É preciso aceitar e compreender muito bem isso para investir com consciência. Nossos modelos de investimento precisam incorporar eventos sem precedentes que ocasionem perdas extremas. Lembre-se sempre que algo ser improvável não é o mesmo que ser impossível.

Modelos baseados em dados históricos estão em baixa e precisam ser substituídos por modelos que antecipem a possibilidade de eventos jamais observados. Por quê? Simplesmente porque esportistas quebram recordes mundiais, empresas batem recordes de valor, temperaturas batem extremos cada vez mais raros etc. Por que então não devemos esperar que as crises gerem perdas jamais antes vistas? Parece-me natural que devemos esperar que num horizonte suficientemente longo, teremos outra crise financeira mundial ainda pior que esta do coronavírus. Devemos ter modelos que olhem as tendências futuras e não apenas se baseiem nos acontecimentos passados.

Mas então o que investidores devem fazer agora, dado que a crise do coronavírus já está posta? Como investidor, você precisa evitar tomar qualquer decisão sem uma análise contundente das suas premissas e crenças. Não siga conselhos cegamente, como por exemplo o que está na moda: esperar os preços se recuperarem me parece muito simplista para a situação. Eu darei dois conselhos.

Primeiramente, repense que percentual do montante disponível para investimentos deve ser alocado em renda variável. A resposta depende de cada um, mas especificamente depende do nível de risco ao qual você quer estar exposto. Se as recentes perdas no mercado te deram noites mal dormidas e uma ansiedade pela qual você não suportará passar novamente, é bem possível que você tenha excedido a sua tolerância a risco. Neste caso, reduza sua exposição, migrando parte dos seus investimentos em renda variável para investimentos menos arriscados. Lembre-se que não existe almoço grátis, de forma que potenciais gigantescos de retorno trazem consigo maior risco de perda também. Se você não ficar confortável com uma possível (e talvez até improvável) perda extrema, perceba isso como um sintoma de que você pode estar exposto excessivamente.

Você pode estar pensando o seguinte neste exato momento: “Ok, mas justo agora que os preços estão muito baratos é que eu devo vender parte da minha posição?” Bom, se você realmente pensou algo parecido, note que no seu pensamento há uma premissa: de que os preços atualmente estão baratos. Se você realmente já fez uma análise consistente e acredita que o mercado reagiu de forma mais dura que o necessário, tudo bem, proceda com sua estratégia e eventualmente até aumente sua posição (até para reduzir preço médio). Entretanto, lembre-se que há o outro lado: esses preços podem ficar ainda mais baratos e, acredite, há muitos investidores que ainda acham os preços em vigência muito caros: é o famoso sell-side do mercado. Os efeitos do coronavírus ainda não estão muito claros e, consequentemente, ainda não foram completamente precificados (para cima ou para baixo!). Eu realmente torço para que o pior já tenha passado, mas é inegável que existe a chance de as coisas ficarem ainda piores. Lembre-se: mesmo que você considere improvável tudo ficar ainda pior, improvável não significa impossível, não é mesmo?

O segundo conselho que dou é o seguinte: revise os fundamentos das companhias em que você investe. Quais os reais impactos do coronavírus no negócio da companhia? São efeitos conjunturais ou estruturais? Há consequências permanentes para o modelo de negócios da empresa? Procure por empresas que podem se beneficiar, de alguma forma, de possíveis oportunidades que esta crise pode gerar. Após uma análise minuciosa e serena, é bastante justo você concluir que deve reduzir ou mesmo se desfazer de algumas ações, manter outras e, inclusive, comprar (ou aumentar exposição a) determinadas companhias. Isso é, precisamente, o que grandes e competentes gestores estão fazendo por agora.

* Carlos Heitor Campani é PhD em Finanças, professor do Coppead-UFRJ e especialista em investimentos. 

Ei Investidor! O Que Você Precisa Fazer Agora e Após o Coronavírus?
 

Artigos Relacionados

Ei Investidor! O Que Você Precisa Fazer Agora e Após o Coronavírus?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (12)
Hermes Ferronatto
HermesFerro 12.04.2020 16:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Precisamos mais matérias como esta. Parabéns Prof. pela profundidade no assunto.
lilian cunha cunha
lilian cunha cunha 12.04.2020 16:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
acredito num colapso nas bolsas , e economia quebrada enquanto durar a pandemia
MARCOS MORAES
MARCOS MORAES 11.04.2020 20:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ó Xeçus, dê-me um sinal!
joao wanderley
joao wanderley 11.04.2020 11:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem almeja grandes lucros tem correr grandes riscos... vamos continuar 🍍🍍
Ginez Romero júnior
Ginez Romero júnior 10.04.2020 21:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ainda vai ter muita carnificina...
Alessandro Reis
Alessandro Reis 10.04.2020 12:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Torcedor não rola,fundamentos das empresas sempre vai prevalecer.
ricardo souza
ricardo souza 09.04.2020 0:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
depois do coronavírus vem a recessão . sem contar as hienas e abutres quê querem o velho esquema ...
Emerson Milano Dinizz
Emerson Milano Dinizz 09.04.2020 0:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
3 dias de subida. Agora os Tubaroes vao estralar o chicote. Vai cair segura as pregas
Junior Braciak
Junior Braciak 09.04.2020 0:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Olha mais uma mãe Diná por aqui gente! Hehehe
silvio bolsonaro
silvio bolsonaro 08.04.2020 22:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
boa mas para mim o mercado sempre judia mais do que o esperado eu estou comprado deste junho 18 e a única que está me dando dor de cabeça é a IRBR3 Aque o prejuízo está grande.
Luiz Gustavo Machado
Luiz Gustavo Machado 08.04.2020 22:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acontece. Difícil acertar em todas.
Emerson Moroz
Emerson Moroz 08.04.2020 22:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca confiei no IRB, muito cargo politico e gestão aparentemente fraudulenta maquiando resultados... Mas neste ano pela primeira vez vejo uma mudança estrutural sólida. O novo Presidente já dirigiu grandes seguradoras, é um cara sério e competente e ta limpando os abutres de lá. Eu manteria posição pq tem um gap bem consoderável para recuperar. O resultado deste trimestre obviamente não foi bom pq estão “mostrando a real” agora. Mas poucas revisões em contratos ali já reduzirão a sinistralidade e o resultado fica bom. Lado negativo é não saber td q foi descoberto na investigação recente. Mas o papel já esta bem depreciado, não acredito que caia muito mais.
Joao Guilherme Zimmermann
Joao Guilherme Zimmermann 08.04.2020 22:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Comprei quase tudo q podia, não comprei mais pq quase acabou o caixa...VENDAM....KKKKKK
Fabricio Amadori
Fabricio Amadori 08.04.2020 22:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já fiz saída parcial e se chegar nos 87 88 to picando a mula em tudo.
Joao Guilherme Zimmermann
Joao Guilherme Zimmermann 08.04.2020 22:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tinha q ter saído nós 100.000 pontos, não agora q a bolsa caiu praticamente 60% em dólares....Se vc acha q Itaú e Bradesco c preços em dólares de 15 anos atrás estão caros, pagando 10% de Dividendos, com possível Selic em breve a 2,5% Tem q vender....
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail