Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Exxon vs. Chevron: Qual Gigante Americana do Petróleo É Melhor Comprar?

Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)Ações12.04.2021 08:09
br.investing.com/analysis/exxon-vs-chevron-qual-gigante-americana-do-petroleo--melhor-comprar-200441249
Exxon vs. Chevron: Qual Gigante Americana do Petróleo É Melhor Comprar?
Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)   |  12.04.2021 08:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 12/04/2021

Após um 2020 devastador, quando a demanda de petróleo afundou com a escalada da pandemia, as grandes petrolíferas se tornaram boas apostas de recuperação para os investidores.

O fundo Vanguard Energy Index Fund (NYSE:VDE) – que tem entre suas 10 maiores posições ExxonMobil (NYSE:XOM) (SA:EXXO34), Chevron (NYSE:CVX) (SA:CHVX34) e Phillips 66 (NYSE:PSX) – disparou 29% neste ano contra a expansão de 9%  do S&P 500 no mesmo período.

A última tendência nos mercados de petróleo sugere que as ações de energia já devem ter passado pelo pior da pandemia, uma vez que a demanda petrolífera está aumentando lentamente, impulsionada pelos cortes de produção da Opep+ e a reabertura das economias de diversos países após as medidas de confinamento geradas pela Covid-19, reativando a produção industrial e trazendo de volta os carros para as ruas.

Mesmo após o poderoso rali recente, algumas das maiores ações petrolíferas ainda oferecem potencial de alta se considerarmos que a economia global está prestes a entrar em uma expansão plurianual diante da aceleração da vacinação.

Com isso em mente, vamos analisar as duas maiores produtoras norte-americanas, a Exxon e a Chevron, para ver qual delas é a melhor aposta neste ambiente.

1. ExxonMobil

Entre as maiores empresas de petróleo e gás dos EUA, a Exxon foi a menos favorecida durante a pandemia. No início de 2020, suas ações foram duramente castigadas quando a companhia foi forçada a recuar em seu plano de expansão após os preços do petróleo colapsarem.

XOM Semanal
XOM Semanal

Ao anunciar seus resultados do quarto trimestre em janeiro, a Exxon apurou seu primeiro prejuízo anual em pelo menos três décadas, registrando uma perda na recuperabilidade do ágio de US$ 19 bilhões, com fluxos de caixa variando para US$ 20 bilhões negativos após distribuição de dividendos.

Esse impacto foi mais devastador na Exxon em comparação com outros grandes gigantes da energia. A crise virou ao avesso a estratégia expansionista da companhia, baseada em grandes investimentos para encontrar mais petróleo e gás, no momento em que o mundo se move depressa em direção a fontes limpas de energia.

Além do crash de mercado gerado pela crise sanitária, a Exxon despediu milhares de colaboradores e foi retirada do índice de blue chips Dow Jones Industrial no final de agosto, após seu valor de mercado despencar.

Durante esse período, os investidores se mostraram extremamente céticos quanto à sua capacidade de continuar pagando dividendos. Depois de enfrentar o ano mais difícil na história da empresa, o CEO Darren Woods elaborou um plano para reconquistar a confiança de Wall Street.

O novo direcionamento da Exxon privilegia ativos lucrativos com maior potencial de valor futuro, como desenvolvimentos na Guiana e na Bacia do Permiano, exploração direcionada no Brasil e projetos químicos para aumentar a oferta de produtos de performance de alto valor.

Os investidores parecem ter gostado dessa estratégia de recuperação. Os papéis da companhia, que fecharam na sexta-feira a US$ 55,87, subiram mais de 60% no primeiro trimestre. Com um dividendo trimestral de 0,87% por ação, a Exxon oferece um rendimento anual de 6,2%.

Em nota emitida na semana passada, o Goldman Sachs afirmou que a Exxon é uma melhor compra bom base em seu histórico de revisão de resultados no longo prazo, graças à sua divisão de químicos e medidas de controle de gastos. O Goldman tem um alvo de US$ 65 para a Exxon. O valor está 16% acima do fechamento da ação na sexta.

2. Chevron

A Chevron está se recuperando dos escombros de 2020 muito melhor do que a Exxon. O que salvou a gigante de energia sediada em San Ramon, Califórnia, foi seu rígido controle dos gastos e o abandono do grande plano de expansão nos últimos cinco anos.

CVX Semanal
CVX Semanal

Essa estratégia manteve as ações da CVX com bom suporte no período, durante o qual a Exxon viu seus papéis despencarem. Embora não haja dúvidas de que a estratégia da Chevron de segurar os gastos tenha sido correta, a empresa precisou se endividar para pagar seus dividendos após o colapso nos preços do petróleo no ano passado, que reduziu as margens de refino.

Em 2020 a Chevron usou mais caixa para distribuir dividendos (US$ 9,7 bilhões) do que para dispêndio de capital (US$ 8,9 bilhões). Isso não acontecia com a Chevron há pelo menos 30 anos, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. Além disso, a aquisição da Noble Energy no ano passado fez com que a alavancagem da Chevron atingisse 23%, seu nível mais alto desde 2002.

De acordo com o Goldman, o bom desempenho plurianual da Chevron, se comparado ao da Exxon, já atingiu seu ápice. Os analistas da instituição, liderada por Neil Mehta, escreveram em nota aos clientes:

“Continuamos com uma visão positiva sobre seu balanço patrimonial, sustentabilidade de dividendos, perspectiva de crescimento no Permiano, fluxo de caixa livre e ativos do GNL australiano”.

Mas notaram que, após o bom desempenho relativo da Chevron nos últimos anos, a ação está sendo negociada com prêmio em relação a seus pares, incluindo os índices de valor corporativo/fluxo de caixa ajustado e preço/lucro.

Após se valorizar 22%, as ações da Chevron eram negociadas a US$ 102,92, com um dividend yield anual de cerca de 5%. A empresa paga US$ 1,29 por ação a cada trimestre.

Conclusão

Até o ano passado, a Exxon era uma aposta mais arriscada do que a Chevron no setor de energia. Mas a maior petrolífera americana agora conseguiu mudar essa percepção, ao rebalancear seu portfólio e realizar grandes cortes de custos.

Essas iniciativas, em conjunto com a melhor perspectiva de preços para o petróleo, fazem com que a Exxon seja uma melhor compra, por estar mais bem posicionada do que no ano passado para preservar seu dividendo trimestral de US$ 0,87 por ação.

Exxon vs. Chevron: Qual Gigante Americana do Petróleo É Melhor Comprar?
 

Artigos Relacionados

Thiago Bisi
IBOV Fecha em Queda de 3,08%   Por Thiago Bisi - 30.07.2021

Análise gráfica (técnica) do Ibovespa, Índice, Dólar e Ações Papeis em destaques: IBOV, WINQ21, WDOFUT, DOLFUT, DI1F25, WSPFUT, BTC/USD, CCMX21, LWSA3 (SA:LWSA3), MGLU3 (SA:MGLU3),...

Exxon vs. Chevron: Qual Gigante Americana do Petróleo É Melhor Comprar?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
carlos brito
BRITO 12.04.2021 9:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
NO ATUAL CENÁRIO???/ NENHUMA, MOTIVO, QUESTÕES AMBIENTAIS E COMBATE AOS MOTORES QUE GERAM POLUENTES. OU SEJA, ESTARÁ DECADENTE EM POUCOS ANOS....
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail