Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Fed e balanço das Big Techs serão grande teste para S&P 500 nas máximas

Publicado 26.01.2024, 15:00
Atualizado 20.09.2023, 07:34

O mercado teve um dia atípico; abriu em alta, caiu ao meio-dia e se recuperou na última hora ontem. Por trás desse comportamento, há sinais de alerta que antecederam as quedas do passado, como o aumento da correlação, da volatilidade e dos preços dos ativos.

Isso pode refletir a expectativa por uma semana decisiva, com os balanços das gigantes de tecnologia, a reunião do Fed, o anúncio de refinanciamento trimestral e o relatório de empregos.

Ou será que o mercado está perdendo o fôlego à medida que se aproxima do limite?

Em geral, quando a volatilidade sobe junto com o preço, é um indício de que o mercado está chegando a um ponto de saturação, e isso pode ser o caso.

Para verificar se a alta da volatilidade foi motivada pelo nervosismo antes da próxima semana ou por outro fator, comparei a volatilidade para as opções com vencimento em 31 de janeiro e 16 de fevereiro.

Notei que ontem, a volatilidade para ambas as datas era aproximadamente igual, indicada pelas linhas vermelha e azul.

A linha branca, para o vencimento de 31 de janeiro, e a linha verde, para o vencimento de 16 de fevereiro, estavam bem mais altas do que o valor de ontem.

Além disso, o viés da volatilidade estava crescendo para a esquerda e diminuindo para a direita, sugerindo que a volatilidade para preços mais baixos está subindo mais do que para preços mais altos, mas que, no geral, a volatilidade está subindo para todos os preços de exercício.

Portanto, a alta da volatilidade não se deve apenas ao risco de evento.SPX

Fonte: Bloomberg

Outro sinal de alerta é o índice de correlação implícita para 1, 3, 9 e 12 meses, que estava mais alto ontem.Índice de correlação implícita de 1 mês

Vale lembrar que em julho, esses índices também começaram a subir alguns dias antes do pico no S&P 500 alguns dias depois. Embora um ou dois dias de alta não sejam uma tendência, isso deve ser acompanhado de perto.

Também em julho, algo parecido aconteceu com a volatilidade das sete maiores ações de tecnologia (7 Magníficas), que subiu antes dos balanços e, depois deles, caiu rapidamente, como a Tesla (NASDAQ:TSLA) fez ontem.Volume de vendas a descoberto em MSFT

Essa queda da volatilidade nas ações individuais atrapalha a estratégia de dispersão, que consiste em apostar na volatilidade baixa do S&P 500, fazendo um hedge com a volatilidade alta das ações que compõem o índice. Se a volatilidade cair após os balanços, a estratégia não funciona.Gamma Squeeze em NVDA

Enquanto isso, o mesmo cenário se repete diariamente, com a Nvidia sustentando o S&P 500 com um aperto de gama, como mostrado pelo aumento da volatilidade e dos volumes de compra de opções.

Últimos comentários

é aqui que o S&P quebrou trocentas vezes ?
De fato as Hi-tecs tem segurado o índice, com destaque para para nvidia e MSFT até quando?
A pergunta de bilhoes
Tudo gira em torno de inovação e sustentabilidade meu caro,é só o começo das Big-Techs e o começo de uma nova era de modernização de profissionais e empresas,com o advento da Inteligência Artificial.
O Sr. Kramer é o analista  mais equivocado que existe e não sei como suas colunas ainda são publicadas. Aliás erra com classe e embasamento, com argumentos, longas colunas e muitos gráficos. E olha que para ser líder em equívocos nesse meio, precisa de muito esforço.
O problema dessa coluna é que ela so baixista. O indice vem batento recorde de altas e o colunista fala em baixa ha mais de 6 meses. Uma hora acerta
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.