Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Hoje, o Mercado Sentirá no Câmbio a Interpretação da Ata do Fomc

Publicado 18.08.2022, 06:05
Atualizado 11.10.2023, 23:02
Ontem, o dólar à vista fechou o dia cotado a R$ 5,1682 em mais um dia de alta, porém longe da máxima do dia, que chegou a bater R$ 5,215. Após a divulgação da ata do Fomc, parece que acalmou um pouco o sentimento de que os juros americanos subiriam demais.
 
A ata do Fomc divulgada ontem não sinalizou claramente a quantidade de aumentos e nem a que ritmo os juros por lá subirão. Segundo a ata, as autoridades de política monetária viram poucas evidências no fim do mês passado de que as pressões inflacionárias nos EUA estavam diminuindo, mas reconheceram que algumas partes da economia, principalmente a habitação, começaram a desacelerar sob o peso das condições de crédito mais apertadas, enquanto o mercado de trabalho permaneceu forte e o desemprego atingiu um nível mínimo quase recorde.
 
Os membros do Fed foram unânimes em sua visão de que era necessário empurrar as taxas de juros para um nível restritivo para reduzir a inflação em direção à meta do banco central.
 
Na coletiva de imprensa que se seguiu à declaração de política monetária, o presidente do Fed, Jerome Powell, sinalizou que o banco central pode considerar uma pausa nos aumentos de juros após a reunião de setembro para avaliar o impacto do aperto na economia e na inflação. Isso acalmou o mercado.
 
Hoje, sairão índices importantes por lá, que embasarão ou não esses argumentos. Todos sabem que juros mais altos nos EUA são ruins para o real, porém a diminuição do ritmo de altas seria algo bom para nossa moeda.
 
Mercado de câmbio precisará acompanhar na próxima semana Jackson Hole. Lá, já com dados de inflação e emprego atualizados, as autoridades do Fed poderão comentar sobre os próximos passos da política monetária. 
 
Aqui, o pano de fundo segue sendo as futuras eleições, o que acrescenta volatilidade ao câmbio. 
 
E você leitor, qual sua opinião?  Hoje, realização de lucros e esse mercado cai, ou sobe mais ainda especulando uma futura recessão? Opinem aqui! 
 
Sobre o calendário teremos no Brasil a reunião mensal do conselho monetário nacional, onde são traçadas as diretrizes de política monetária, nos EUA atenção aos discursos de George e Kashkari, membros do Fomc e, de dados, teremos vendas de casas usadas, pedidos iniciais por seguro desemprego e índice de atividade industrial do Fed da Filadélfia. E, na Europa, as 14:15 horário de Brasília, o pronunciamento de Schnabel do BCE, onde poderemos saber a possível direção da política monetária por lá.
 
Bons negócios, turma!

Últimos comentários

Não fez nem cócegas.
Há dois problemas globais que não estão relacionados à demanda mas à oferta. São eles o preço do petróleo e do gás em decorrência da guerra na Europa e a queda da oferta de alimentos por conta de questões climáticas. Isso não se resolve com alta de juros. O Banco Central Europeu já começou a perceber isso.
até eleição BC irá intervir sempre pra segurar um pouco a nossa inflação. Mas pós eleição, sai de perto...juros acima de 15% e dólar...🚀🚀🚀
Viajou legal!!!
pode ir a 5.07 tranquilamente e assim caracterizar uma lateralização ainda com tendência de queda..
Bom dia !
Banco Central em desespero por ver que o Dólar está para 🚀🚀🚀 com força, então resolveu hoje intervir pesado, o mais pesado que já pegou no governo atual para baixar o Dólar. Assim, turbulência à vista, mas depois da turbulência volta a decolar. A turbulência maior começa hoje e terá mais até às eleições, mas vamos que vamos.
Quem arrisca um palpite de como será hoje? Acredito que por volta de 11h30 até 12h00 deve ter uma queda acentuada, só é difícil dizer de quanto será.
tudo indica que o dia e de queda, o quanto não sei. bora pra cima do mercado.
Rolagem de swap hoje
é mas poderia deixar pra semana que vem
mencionaram ontem inicio swap hoje.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.