Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Inflação e Política “Dovish” de Bancos Centrais Confundem Investidores

Por Investing.com (Darrell Delamaide/Investing.com)Renda Fixa26.10.2021 09:57
br.investing.com/analysis/inflacao-e-politica-dovish-de-bancos-centrais-confundem-investidores-200445537
Inflação e Política “Dovish” de Bancos Centrais Confundem Investidores
Por Investing.com (Darrell Delamaide/Investing.com)   |  26.10.2021 09:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Há uma grande confusão entre os investidores a respeito da inflação. Existem duas escolas de pensamento: aqueles acham que isso é um problema e aqueles que acham que não.

Como a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, ex-presidente do Federal Reserve e respeitada economista, insere-se no último grupo, os investidores estão cautelosos em ser agressivos demais, antecipando-se a uma elevação de juros pelo Fed. Mas Yellen tem uma agenda e, por ocupar um cargo político, pode ser que não seja tão confiável como antes.

De qualquer forma, no domingo, Yellen reiterou sua visão de que a inflação nos EUA voltaria para o nível de 2% até meados do segundo semestre de 2022. No entanto, estamos a quase um ano disso.

O rendimento da nota referencial de 10 anos do Tesouro americano ficou abaixo de 1,64% na segunda-feira, depois de girar em torno de 1,67% no início do dia.

Treasury 10 anos - semanal
Treasury 10 anos - semanal

O yield de 10 anos chegou a superar 1,68% na sexta-feira, após o relatório semanal de pedidos de seguro-desemprego vir um pouco abaixo das previsões de 290.000, indicando que a recuperação da economia segue robusta.

Inflação transitória vs. escala de preços gerada pela demanda

Alguns estrategistas de investimento concordam com Yellen e o atual presidente do Fed, Jerome Powell, que a inflação, ainda que mais persistente do que se esperava, é um fenômeno transitório, resultante dos problemas enfrentados pelas cadeias de fornecimento. Eles defendem que a inflação não está sendo alimentada pela demanda, embora cada vez mais evidências respaldem essa teoria, como o próprio Livro Bege do Fed, que mostra que diversos distritos estão relatando preços mais altos devido à demanda maior.

Por enquanto, parece que “doves”, mais flexíveis, estão direcionando a política monetária, permitindo que Yellen e Powell continuem postergando o prazo para declínio da inflação. Yellen quer ver o ambicioso plano de gastos do governo ser aprovado no Congresso, enquanto Powell deseja atingir o pleno emprego, além de conseguir outro mandato de quatro anos como presidente da instituição.

O anúncio feito na semana passada por Jens Weidmann, diretor do banco central da Alemanha, de que renunciaria ao cargo após 10 anos combatendo políticas de dinheiro fácil no conselho dirigente do Banco Central Europeu, marcou a saída de um dos “hawks” mais proeminentes de bancos centrais. Embora seu sucessor ainda deva ser relativamente “hawkish”, isto é, rígido com a política monetária, acredita-se que será menos do que ele.

Mas isso não significa que os “hawks” estejam errados. Os investidores estão certos em ficarem confusos – e cautelosos. Há anos, os banqueiros centrais combatem a velha ideologia de que a expansão do balanço do banco central americano após a crise financeira de 2008 levaria à inflação. Isso nunca aconteceu e agora eles acreditam que essa visão seja obsoleta.

Mas a Terra ainda gira em torno do sol, e as leis da gravidade ainda fazem as coisas caírem ao chão, além de que a história não acabou. Modismos econômicos vêm e vão, e o pensamento pós-keynesiano agora está em ascensão, enquanto Milton Friedman – que defendia que uma inundação de dinheiro inevitavelmente geraria inflação – está fora de moda, por enquanto.

O economista monetarista Brian Reading, veterano do governo e da mídia, afirma que estamos próximos da estagflação, na medida em que a inflação de custos, ainda pouco notada, pode fazer com que a elevação dos preços gere um aumento do desemprego, ao contrário da inflação gerada pela demanda, na qual a queda do desemprego gera uma elevação dos preços.

Dois artigos recentes de sua autoria aumentam o coro do crescente grupo que combate a ideia amplamente difundida nos bancos centrais de que as expectativas de inflação canalizam os aumentos de preços.

Ele afirma que os choques de preço, ainda que transitórios, podem ser tão contagiosos quanto a Covid-19, gerando demandas salariais e maiores aumentos de preço que não somem rapidamente. Bancos centrais que ainda respaldam “ativos insustentavelmente supervalorizados” serão obrigados a agir. Sua conclusão é que um crash agora é inevitável, mas quanto antes os bancos centrais retirarem a “tigela de ponche”, melhor.

Parece cruel, mas, e se ele estiver certo?

Inflação e Política “Dovish” de Bancos Centrais Confundem Investidores
 

Artigos Relacionados

Marcos Aurelio Fleming
Inflação x Investimento Por Marcos Aurelio Fleming - 07.07.2021 1

A inflação é caracterizada pela alta contínua nos preços dos produtos e serviços de determinado período de tempo. Quando os índices inflacionários aumentam, o poder de compra da...

Marcio Correa
Como Eu Vejo o Juros? Por Marcio Correa - 15.06.2021 14

Todos meus conceitos sobre “o preço” do mercado não são baseados somente nos valores fundamentalista, todavia considero a precificação pela oferta e a demanda.   O valor...

Inflação e Política “Dovish” de Bancos Centrais Confundem Investidores

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
João Jorge
João Jorge 26.10.2021 14:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Os bancos centrais estao ha 12 anos monetizando !! Como podem estar confundindo investidores ???
Rodrigo Leite
Rodrigo Leite 26.10.2021 13:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se as empresas estao mais ricas pq nao pagam melhores seus funcionarios simples o poder de compra funciona ainda do contrario seguimos na pobreza ainda
Thiago Moraes
Thiago Moraes 26.10.2021 13:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse é o mundo capitalista que vivemos.
Marcos Prado Masliaev
Marcos Prado Masliaev 26.10.2021 13:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Que pensamento socialista- comunista é esse companheiro! Kkkkkk
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail