Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Investimento em Turismo: Vale a Pena Comprar Ações de Empresas Deste Segmento?

Por Roberto AssadAções25.07.2021 17:48
br.investing.com/analysis/investimento-em-turismo-vale-a-pena-comprar-acoes-de-empresas-deste-segmento-200443518
Investimento em Turismo: Vale a Pena Comprar Ações de Empresas Deste Segmento?
Por Roberto Assad   |  25.07.2021 17:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Os setores de turismo e de companhias aéreas foram duramente afetados pela pandemia da covid-19. Um estudo feito pela World Travel and Tourism Council (WTTC) estima que 53% dos empregos gerados no setor tenham sido afetados a nível mundial. E diferente de outras áreas que possuem maior facilidade para a retomada do crescimento, este setor enfrenta grandes desafios para voltar aos níveis pré-pandêmicos. Entre eles se destacam a aceleração da vacinação, retomada do nível de renda e emprego, implementação de protocolos nacionais e internacionais de mobilidade para viajar com segurança, além de amplo auxílio governamental.

Estima-se que o turismo volte a níveis iguais aos da pandemia apenas no início de 2023. No entanto, para quem acompanha o mercado financeiro e deseja investir na retomada do setor, deve se atentar que o mercado costuma antecipar os fatos na busca de melhores rentabilidades. Assim, já é possível observar muitas empresas ligadas à área de turismo mostrando algum tipo de reação. Com isso em vista, vamos olhar o que esperar das três empresas mais famosas do setor para o segundo semestre:

  1. CVC

No início de fevereiro, antes da explosão da pandemia no Brasil, a CVC (SA:CVCB3) divulgou que havia encontrado indícios de erros contábeis nos repasses aos operadores turísticos entre os anos de 2015 e 2019, causando um impacto de mais de R$ 360 milhões aos cofres da empresa. Com a chegada da pandemia e o fechamento de fronteiras e economias inteiras, as ações da empresa se desvalorizaram de forma acelerada, passando de R$ 32,2, em fevereiro de 2020, para R$ 4,38 no auge da crise em março. Isso representou, naquele momento, uma queda anual de 88%. Desde então, as ações da empresa vêm mostrando uma lenta recuperação, contabilizando uma alta anual de 40% no fechamento de junho.

Para o segundo semestre, a empresa tem tudo para continuar com a sua recuperação. A CVC aprovou um aumento mínimo de capital na casa de R$ 384 milhões no fim de junho para ajudar a melhorar a situação de suas contas. Seus números no primeiro trimestre do ano, apesar de ainda mostrarem um prejuízo de R$ 81 milhões, indicam uma queda de quase 93% no prejuízo em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Com isso em mente, é consenso entre as equipes de research que as ações da empresa possuem potencial de valorização para o segundo semestre. Na opinião da equipe do BTG Pactual (SA:BPAC11) digital, por exemplo, o preço-alvo para o fim do ano é de R$ 33,00. Já para o JP Morgan, o preço-alvo é de R$ 29,00.

[PODCAST] Tese de Investimento - CVC: Expectativas depois de fraude e pandemia

  1. Azul

O ano de 2020 foi considerado o pior da história da aviação comercial depois da Segunda Guerra Mundial, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). Os dados levantados pela IATA apontam uma queda de 65,9% do tráfego global de passageiros em comparação com 2019. No Brasil, as duas principais empresas não escaparam do problema. Após marcar sua máxima histórica no início de 2020 aos R$ 62,87, os papéis da Azul (SA:AZUL4) despencaram entre fevereiro e março, chegando a bater o valor mínimo de R$ 8,74. Comparando estes extremos, a queda foi de aproximadamente 86%.

Desde então, as ações da Azul vêm mostrando boa recuperação, mas ainda afastadas da máxima histórica. Os papéis fecharam em junho valendo R$ 43,89, com valorização no ano de aproximadamente 11%, mas ainda 30% abaixo do seu topo em 2020.

Em relação aos números, o prejuízo da empresa foi de R$ 2,6 bilhões no primeiro trimestre, contra um prejuízo de R$ 6,3 bilhões no mesmo período de 2020. Apesar de extremamente negativos, os números já mostram uma queda no tamanho do prejuízo. E com esse aumento da demanda previsto, a empresa possui boas possibilidades de voltar a apresentar números mais positivos.

Para a equipe do BTG Pactual digital, o primeiro preço-alvo das ações da aérea é de R$ 47,00 e um segundo alvo mais longo de R$ 50,34 até o fim de 2021.

  1. GOL

Após marcar sua máxima de 2020 ainda em janeiro, na faixa de R$ 39,26 por ação, a Gol (SA:GOLL4) entrou em queda livre entre fevereiro e março, chegando a bater a mínima no valor de R$ 4,81.

Se o mês de junho foi levemente positivo para a Azul, com alta de 2,07%, o mesmo não se pode dizer para a Gol, que amargou a pior queda entre as ações que fazem parte do Índice Bovespa, com desvalorização de 14,36% no mês. No ano, as ações da Gol também têm pior desempenho do que a Azul, com uma queda de 8,42% no semestre contra uma alta de 11,68% da concorrente.

No âmbito das aquisições, a Gol comprou a empresa aérea MAP, a quinta maior do país. Também incorporou o programa de milhagem Smiles (SA:SMLS3), numa negociação que se estendeu por alguns meses.

No primeiro trimestre a Gol, que continua sendo a maior companhia aérea do Brasil, teve um prejuízo de R$ 2,5 bilhões, resultado pior do que os R$ 2,3 bilhões de prejuízo no mesmo período de 2020. Mesmo com panorama favorável ao setor, a empresa vem dividindo opiniões quanto ao seu potencial de valorização no segundo semestre.

Enquanto a equipe do BTG Pactual digital manteve seu preço-alvo em R$ 31,00 até o fim do ano, o Goldman Sachs (NYSE:GS) cravou o preço em R$ 28,60 (preço inferior à máxima do ativo em junho) e o Banco Safra colocou o valor esperado pelas ações até o fim do ano sob revisão.

*Beto Assad é analista de ações e consultor financeiro para o Kinvo, aplicativo que consolida investimentos de bancos e corretoras em um só lugar.

Investimento em Turismo: Vale a Pena Comprar Ações de Empresas Deste Segmento?
 

Artigos Relacionados

Investimento em Turismo: Vale a Pena Comprar Ações de Empresas Deste Segmento?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Marlon Zumba
Marlon Zumba 26.07.2021 14:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vejo o contrário...e acompanho sempre o violino das 3 empresas .
marco antonio frankzhovitz
marco antonio frankzhovitz 26.07.2021 13:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
exatamente não vale
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail