Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Liberações de Reservas Estratégicas de Petróleo Não Devem Afetar Planos da Opep+

Por Ellen R. Wald, Ph.D.Commodities24.11.2021 10:05
br.investing.com/analysis/liberacoes-de-reservas-estrategicas-de-petroleo-nao-devem-afetar-planos-da-opep-200446119
Liberações de Reservas Estratégicas de Petróleo Não Devem Afetar Planos da Opep+
Por Ellen R. Wald, Ph.D.   |  24.11.2021 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 24/11/2021

No dia 23 de novembro, o governo Biden finalmente anunciou seus planos de liberar petróleo bruto da Reserva Estratégia dos EUA. A liberação será feita de forma coordenada com diversos outros países, como Reino Unido, Índia, Japão, Coreia do Sul e China.

WTI semanal
WTI semanal

Saiba os pontos mais importantes dessa política e como ela pode impactar o mercado.

Os detalhes

O governo Biden anunciou que 50 milhões de barris seriam liberados da reserva estratégica. Isso equivale a cerca de dois dias e meio de consumo típico de petróleo nos EUA, com base nos números de demanda de 2019.

O tamanho total da reserva estratégica americana é de 700 milhões de barris. Dezoito milhões de barris a serem liberados já estão estavam previstos para venda como parte da legislação de reconciliação orçamentária aprovada pelo Congresso durante o segundo mandato do presidente Obama.

A ação atual simplesmente acelerará a venda planejada desses barris, com conclusão prevista em 6 de dezembro. Outros 32 milhões de barris serão liberados como parte do esquema de intercâmbio, em que empresas podem comprar barris da reserva estratégica com o compromisso de reabastecer a reserva estratégica com barris comparáveis, além de volumes adicionais. Os reabastecimentos devem ocorrer ao longo dos próximos três anos.

A Índia concordou em liberar 5 milhões de barris das suas reservas, que só contêm cerca de 39 milhões de barris. Isso é o equivalente a apenas 1 dia de consumo de petróleo na Índia, considerando os níveis de 2019.

O Reino Unido pretende permitir que entidades comerciais liberem um total de 1,5 milhões de barris de petróleo ao mercado de maneira voluntária. O Japão também pretende liberar petróleo dos seus estoques, mas o momento e quantidade ainda não foram anunciados.

China e Coreia do Sul também podem participar, mas as decisões de liberação de reservas desses países ainda não foram tomadas. De acordo com um consultor não oficial da indústria chinesa, o país asiático também pode liberar pelo menos 7,33 milhões de barris.

Impacto no mercado

Os preços do petróleo subiram após esse anúncio. O barril de WTI valorizou-se 2,6% na terça-feira. Alguns analistas acreditam que os preços futuros subiram porque o novo compromisso de reabastecer as reservas no futuro. Ou seja, haverá compras no futuro para as reservas estratégicas, incentivando a alta dos preços.

Outros analistas consideraram que os preços futuros subiram porque o mercado já havia se antecipado à liberação das reservas, que poderia ser ainda maior por parte dos EUA e outros países.  Alguns observadores do mercado também podem estar esperando uma retaliação da Opep+ em sua próxima reunião (discutiremos mais sobre isso abaixo).

Antes mesmo da liberação das reservas estratégicas, o site GasBuddy havia previsto que os consumidores nos EUA poderiam ver uma queda nos preços da gasolina de 15 a 30 centavos por galão nas próximas semanas. Mas não espera que haja uma queda imediata nos preços da gasolina, porque os postos não devem reduzir os preços nas bombas durante a semana de Ação de Graças, um dos períodos mais movimentados do ano nos EUA.

Reação da Opep+

Até agora, a reação da Opep+ a essa liberação de reservas estratégicas foi tímida. Há especulações de que o cartel possa “retaliar” interrompendo os aumentos mensais de produção de 400.000 barris por dia em sua próxima reunião, marcada para o dia 2 de dezembro. Isso se deve, em grande parte, a uma manchete da Bloomberg com base em uma declaração do Fórum Internacional de Energia, com sede em Riad.

De acordo com uma reportagem da S&P Global Platts, a Opep não está preocupada com essas liberações de reservas estratégicas dos EUA e China. Um delegado do cartel foi citado ao dizer:

“Não há qualquer preocupação neste momento com a liberação de petróleo das reservas estratégicas dos EUA e China, porque, se houver excesso de oferta no mercado, a Opep+ tem a opção de não aumentar ou até mesmo reduzir sua produção”.

O ministro do petróleo dos Emirados Árabes, Suhail Mazrouei, disse que não acredita que a Opep+ iria alterar seus planos. “Vamos nos reunir em 2 de dezembro para analisar os fatos, como os volumes no mercado, e tomaremos uma decisão com base nesses fatos”, ressaltou a reportagem da S&P Global Platts.

É possível que, em sua reunião virtual na próxima semana, a Opep+ determine que seria apropriado fazer uma pausa nos aumentos de produção. Essa decisão, no entanto, teria como base fatores que a Opep+ julga mais relevantes para o mercado, principalmente os estoques petrolíferos globais e a demanda da China.

As liberações das reservas estratégicas americanas provavelmente não terão papel importante nessa tomada de decisão. Se a Opep+ decidir interromper seu aumento programado de 400.000 barris por dia, só geraria ganhos políticos para Biden, sem impactar os preços. A Casa Branca sob Biden consideraria uma vitória pública sua capacidade de fazer a Opep+ mudar seus planos.

 

Liberações de Reservas Estratégicas de Petróleo Não Devem Afetar Planos da Opep+
 

Artigos Relacionados

Liberações de Reservas Estratégicas de Petróleo Não Devem Afetar Planos da Opep+

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Carlos Prhado
Carlos Prhado 25.11.2021 7:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
uma excelente conclusão.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail