Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

PEC dos Precatórios e Política Monetária: O Regime Fiscal, o Cálculo e os Riscos

br.investing.com/analysis/o-regime-fiscal-o-calculo-e-os-riscos-200445893
PEC dos Precatórios e Política Monetária: O Regime Fiscal, o Cálculo e os Riscos
Por José Francisco Lima Gonçalves   |  14.11.2021 17:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A aprovação da PEC “dos precatórios” não foi vista pelos analistas e operadores do mercado financeiro como a PEC do “fim do teto”. Sim como fim “daquele teto” e estabelecimento de um piso para o gasto público, dada a disposição do governo do Centrão. Com alguma boa vontade, o Copom pode continuar chamando a iniciativa do governo de “questionamento” do arcabouço fiscal.

Mas a solução – que ainda depende de aprovação do Senado – pode ser vista como melhor do que nada. Deixar o assunto aberto nas condições políticas atuais é um convite a mais aventuras oportunistas em relação ao Orçamento de 2022. O que dizer dos futuros orçamentos. 

Caminhamos para um consenso provisório em relação ao adicional de gastos em 2022, algo perto de R$ 100 bilhões, mas ficamos com muita dúvida sobre as estimativas de arrecadação. De fato, a recuperação da arrecadação em 2021 combina os efeitos da abertura da economia sobre a atividade e sobre o vencimento de providências diversas em relação à tributação das empresas com a aceleração da inflação afetando diferentemente as bases de cálculo mais sensíveis a uma ou outra trajetória de preços (atacado, consumidor, câmbio).

As fortes altas que os juros e o dólar tiveram a partir de 21 de outubro cederam às vésperas da reunião do Copom, tiveram outro pico, e cederam novamente desde o avanço da PEC na Câmara. Não voltamos aos níveis anteriores. 

Em paralelo ao tema fiscal, desdobrou-se o da inflação de outubro e o da atividade econômica em setembro, isto é, no terceiro trimestre do ano. A primeira, veio pior do que se esperava, mas com a dinâmica que se esperava. A segunda, bem pior do que se esperava e com dinâmica perversa como nem todos esperavam. 

O IPCA manteve a preponderância dos preços administrados e aceleração dos livres, peso maior dos tradables e crescente dos non-tradables, aceleração em serviços e industriais. A expectativa de que a alta dos juros inibirá a alta mais ampla dos preços é bastante exagerada, pois choques de custos só são compensados, na falta de choques simétricos na outra direção, com redução de margens, cuja duração pode levar à contração da oferta.

Já a indústria caiu novamente e foi acompanhada pelo varejo e pelo setor de serviços. A queda do varejo foi pior do que se esperava e a dos serviços nem era esperada. A combinação de gargalos nas cadeias de suprimentos com a queda da massa de renda real das famílias (ocupação e inflação) e a alta dos juros mais do que compensa o efeito da abertura da economia, mesmo em relação aos serviços. 

O desempenho recente deste setor já mostra queda em transportes, o que revela que indústria e varejo estão demandando menos. O mesmo vale para os serviços prestados às famílias: se, por dependerem de atendimento presencial, recuperam-se com defasagem, apenas um choque inimaginável de produtividade permitiria que não houvesse repasse de custos a preços. O efeito sobre a renda real e a demanda das famílias é evidente.

PEC dos Precatórios e Política Monetária: O Regime Fiscal, o Cálculo e os Riscos
 

Artigos Relacionados

PEC dos Precatórios e Política Monetária: O Regime Fiscal, o Cálculo e os Riscos

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
ricardo reis
ricardo reis 15.11.2021 17:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BOLSONARO 22
Flávio Luiz Corrêa Dos Santos
Flávio Luiz Corrêa Dos Santos 15.11.2021 11:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quer investir na bolsa? Coloque seu dinheiro em empresas sérias onde o governo é sério. Onde tem isso. EUA.
Fernando Mariano Mariano
Fernando Mariano Mariano 15.11.2021 9:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Verdade ..Porém não e de agora que o Brasil passa por crises e endemias . Logo voltaremos a uma acomodação financeira .Digo -vos aproveitei este momento para investir na baixa ..Tenha psicológico agressivo
Matheus Silva
Matheus Silva 15.11.2021 9:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E quando a manobra de choque nos juros nao diminui o preço do dolar ? 😟
Mant Neuman
BombeiroAristide 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Alguém não apoia a proposta do Senator Oriovisto Guimarães? Corta gastos na própria pele dos congressistas. O auxílio eleição seria pago com 50% das emendas individuais de todos os parlamentares e de 50% das emendas de todas as bancadas, bem como de eventuais sobras de recursos oriundas de emendas de erros e omissões. Sem dar calote!
HILTON VIEIRA
HILTON VIEIRA 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
seria ótimo mas ninguém quer votar uma lei que retira os próprios benefícios. kkkkk
luis martins
luis martins 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso só aconteceria se o nosso congresso fosse outro, não esse aí
José Roberto Nascimento
José Roberto Nascimento 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aí acabaria a "mamata"...... ops, esqueci, a "mamata" já acabou!!!!
Mant Neuman
BombeiroAristide 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A PEC já está pronta no Senado... Agora basta ver quem votará contra ou a favor
Wellingthon Carlos da Silva
Wellingthon Carlos da Silva 15.11.2021 6:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Temos que ter tanta atenção se não mais, com as pessoas que elegemos para câmara e o senado como temos com o presidente! Um polititico não governa sozinho!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail