Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Por que o Dólar Não Dispara com a Perspectiva de 1 Milhão de Empregos nos EUA?

Por Kathy LienCâmbio04.05.2021 09:28
br.investing.com/analysis/por-que-o-dolar-nao-dispara-com-a-perspectiva-de-1-milhao-de-empregos-nos-eua-200441731
Por que o Dólar Não Dispara com a Perspectiva de 1 Milhão de Empregos nos EUA?
Por Kathy Lien   |  04.05.2021 09:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

O dólar iniciou seu primeiro pregão de maio desvalorizando-se de forma geral. Na sexta-feira, deve ser divulgado o relatório de empregos nos EUA, e a expectativa é que o Departamento de Trabalho informe a criação de um milhão de novos empregos, o que está fazendo alguns investidores se perguntar por que a moeda americana não está disparando.

Com uma das melhores taxas de vacinação do mundo, estímulos econômicos e retirada de restrições, os EUA não só estão se recuperando rapidamente, como também emergindo como principal motor de crescimento do planeta.

O maior problema para o dólar é que, em seu nível mais fundamental, ele é uma moeda de proteção. Os EUA têm liderado a recuperação desde o início do ano, portanto os investidores tiveram bastante tempo para comprar dólares e realizar lucro. Agora, as taxas de vacinação na Europa estão subindo e o continente já flexibiliza as restrições.

O primeiro trimestre foi uma aposta na recuperação americana, mas o segundo e terceiro trimestres devem estar focados na recuperação mundial. O forte crescimento global é geralmente mais positivo para moedas com beta elevado do que para divisas de proteção, como o dólar.

Quando as nações da zona do euro finalmente removerem as restrições e apresentarem dados mais fortes, o interesse e a demanda pelo euro aumentarão. A recente fraqueza no dólar é um reflexo dos investidores se adiantando a essa oportunidade de negociação.

Adicione a isso a insistência do Federal Reserve em que ainda não houve um progresso significativo, além de um declínio inesperado no índice industrial ISM, e podemos ver por que o dólar se recusou a disparar, apesar da expectativa de um forte relatório de empregos na sexta-feira.

Os economistas esperavam que o índice industrial ISM subisse de 64,7 para 65, mas acabou caindo para 60,7 em abril. Segundo detalhes do relatório, o que motivou essa queda na atividade foram as altas de preços e a escassez de oferta de matérias-primas, e não a demanda. Mesmo assim, os rendimentos dos títulos americanos caíram.

A expectativa, entretanto, é que o índice de serviços ISM e o relatório de empregos evidenciem uma forte recuperação. O dólar deve responder positivamente a esses relatórios, mas diante da perspectiva de recuperação global, tudo indica que a demanda pela moeda americana arrefecerá.

Além dos números de mercado de trabalho nos EUA, os anúncios de política monetária do Reserve Bank da Austrália (RBA) e do Banco da Inglaterra (BoE) também estarão em foco nesta semana. O RBA se reuniu ontem à noite diante da expectativa de manter inalterada sua política monetária.

O RBA compartilhou das preocupações do banco central neozelandês sobre os preços dos imóveis residenciais, mas, diante das tênues pressões inflacionárias de maneira geral, não tem pressa nenhuma para agir. Mesmo com a extraordinária quantidade de estímulo fornecido pelo RBA, o crescimento do núcleo da inflação atingiu seu nível mais baixo já registrado para um primeiro trimestre.

Grande parte disso se deve ao baixo aumento salarial, o que representa um desafio para a recuperação, portanto pode levar algum tempo até que haja uma aceleração significativa nas pressões de preços.

A libra esterlina foi a moeda com melhor desempenho na segunda-feira, com os investidores preparando-se para o otimismo do Banco da Inglaterra. Embora não se espere qualquer mudança por parte do banco central inglês, uma forte recuperação fará reavaliar sua perspectiva. Sua avaliação econômica será mais positiva, na medida em que o governo projeta encerrar sua regra de distanciamento social de um metro em 21 de junho. Isso pavimentaria o caminho para a retomada de espetáculos ao vivo, jogos esportivos e cinemas antes do verão local.

Os dólares da Austrália e Nova Zelândia também se valorizaram, mas o dólar canadense ficou para trás. Ao contrário do que se vê nos EUA, os economistas esperam perda de postos de trabalho no Canadá no mês de abril. Grande parte do país ainda está em lockdown, mas a principal razão para a possível decepção com os números são os relatórios de emprego inesperadamente fortes nos últimos meses.

Por que o Dólar Não Dispara com a Perspectiva de 1 Milhão de Empregos nos EUA?
 

Artigos Relacionados

Vanessa Blum Colloca
Dólar em Dia de Selic Por Vanessa Blum Colloca - 04.08.2021 10

Hoje é dia de Selic, provavelmente aumento de 1%. Essa alta puxaria o dólar para baixo, valorizaria o real atraindo fluxo de capital pelo diferencial de juros (carry...

Anderson Braga
Semana da Libra Esterlina Por Anderson Braga - 27.06.2021

Nesta semana tivemos uma fase de correção da libra esterlina em relação ao dólar (GPB/USD). No entanto, embora tenhamos um movimento ascendente nos primeiros três dias, quinta e...

Por que o Dólar Não Dispara com a Perspectiva de 1 Milhão de Empregos nos EUA?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail