Últimas Notícias
0

Renda Fixa – A Oportunidade que a JBS Gerou!

Por Rafael BevilacquaRenda Fixa30.05.2017 14:21
br.investing.com/analysis/renda-fixa-%E2%80%93-a-oportunidade-que-a-jbs-gerou!-200191934
Renda Fixa – A Oportunidade que a JBS Gerou!
Por Rafael Bevilacqua   |  30.05.2017 14:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Com certeza a noite do último dia 17 de maio foi uma das mais difíceis para os investidores do mercado brasileiro. Pouco mais de uma hora após o encerramento dos negócios, o mercado foi transfigurado em histeria com o vazamento da delação da JBS (SA:JBSS3) envolvendo o atual presidente da república, Michel Temer, e as possíveis consequências. O desespero tomou conta e, ato contínuo, o índice (NYSE:EWZ) (ETF do Ibovespa negociado no Estados Unidos) despencou mais de 10%. Especulações sobre a queda do Presidente ganharam força no dia seguinte. A possibilidade de um desmonte das reformas em andamento também foi colocada como uma realidade por grande parte dos investidores. Em respeito aos clientes e ao mercado, a Eleven prontamente se manifestou, em carta aberta, ainda na noite de quarta-feira. Ali, lembramos que este foi um momento de pânico e não mudança de fundamentos.

A reação do mercado no dia seguinte foi irracional. Ibovespa e dólar rapidamente atingiram os limites de baixa e alta respectivamente, mas o destaque ficou com o movimento da curva de juros: em uma variação sem precedentes, os DIs (juros futuros) saltaram mais de 150 bps no pregão, enquanto as NTN-Bs derreteram – com taxas saltando de algo próximo a 5% para quase 6% ao ano. Mas afinal de contas, o que mudou? O cenário de inflação mudou? O Banco Central deve subir juros? A agenda reformista será alterada? Não. Muito pelo contrário, acredito que a JBS abriu a maior oportunidade de investimento em Renda fixa dos últimos meses.

Depois de um longo período vivendo com a inflação acima da meta, o indicador perdeu forca em meados de 2016 e, nos últimos meses, essa trajetória se acentuou ainda mais. O processo de desaceleração inflacionária tem se demostrando persistente nos últimos meses, sendo o mês de abril uma demonstração ainda mais clara deste movimento, no qual o índice oficial ficou abaixo do centro da meta, fato que não acontecia desde 2010. Esse momento pode ser entendido como consequência da forte queda dos preços dos alimentos, desemprego em patamar elevado e apreciação cambial (que tem efeito defasado sobre os preços). O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA, principal indicador de inflação ao consumidor, mais uma vez apresentou forte desaceleração no mês de abril, resultando em inflação de 4,08% acumulada nos últimos 12 meses.

IPCA mensal e acumulado em 12 meses
IPCA mensal e acumulado em 12 meses

Agora, como o agravamento desse possível “crise” pode prejudicar o movimento inflacionário? Nesse cenário de desestabilização institucional disseminado pelo mercado, a atividade seria impactada para baixo. Caso isto se materialize, a combinação de retração econômica tende a compensar impactos eventuais de uma desvalorização do Real. Além disso, a agenda de reformas não é mais um ativo do governo Temer ou qualquer outro. As mudanças estruturais no Brasil caracterizam-se como agenda do brasileiro e não mais de políticos. Portanto, não vejo como um novo governo fugiria da rota das reformas, mesmo porque a presidência está fragilizada em sua estrutura.

Do lado da política monetária, a realidade de inflação abaixo da meta, combinada com atividade ainda em ritmo moderado, não justifica a manutenção do juro real em patamar superior a 5%. No próximo dia 31, o Copom vai divulgar o futuro da taxa Selic. Estimo que caia 100bps para 10,25% a.a.. Com a decisão do Banco Central, o comunicado e ata devem deixar claro que ciclo de afrouxamento monetário continuará.

Dito tudo isso, não há fundamentos que justifiquem a manutenção dos juros nominais e reais nos níveis atuais. O movimento visto no último dia 18, desencadeado pela delação da JBS, abriu um excelente espaço para entrar ou aumentar os investimentos em Renda Fixa.

Renda Fixa – A Oportunidade que a JBS Gerou!
 

Artigos Relacionados

Renda Fixa – A Oportunidade que a JBS Gerou!

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários
Rafael Barbosa
Rafael Barbosa 30.05.2017 23:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pq. gerou oportunidade se a selic vem baixando . Renda fixa esta atrelado a tx basica e quanto mais ela diminui menor o rendimento
Responder
0 0
Rafa Lessa
Rafa Lessa 30.05.2017 23:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acho que ele vem dizer que a renda fixa vai render muito acima da inflação. No quadro atual, até a poupança está pagando mais que a meta do juro.
Responder
0 0
Aires Januario Mendes
Aires Januario Mendes 30.05.2017 23:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ele fala do tesouro direto IPCA, pois os juros estava em 4.98%, com a delação da JBS foi para 6%, como a tendência é da queda dos juros, quem comprou a 6% vai ganhar muito, pois os juros vão cair.
Responder
0 0
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail