Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Reserva de Emergência: Saiba Como Aplicar o Seu Dinheiro

br.investing.com/analysis/reserva-de-emergencia-saiba-como-aplicar-o-seu-dinheiro-200440637
Reserva de Emergência: Saiba Como Aplicar o Seu Dinheiro
Por Eduardo Guimarães   |  12.03.2021 08:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Na coluna de hoje irei falar sobre a reserva de emergência: como e onde aplicar o seu “colchão de liquidez” para ser usado em casos de emergência.

Qual deveria ser o tamanho, em Reais, da sua reserva de emergência? Quais são as alternativas de aplicações financeiras nos bancos, corretoras e Tesouro Direto? Taxas e custos de corretagem, imposto de renda e carência nos investimentos. Enfim, qual a melhor opção para aplicar a sua reserva?

Seguro-desemprego ou perda de renda

Para começar, todo investidor precisa ter um colchão de liquidez para fazer frente aos imprevistos e às emergências, com liquidez imediata e risco muito baixo.

No caso de o investidor perder o seu emprego e/ou sua fonte de renda, uma reserva de liquidez é necessária para poder pagar as contas fixas (aluguel, prestação do imóvel, celular, internet, TV, alimentação). E esse recurso, vale lembrar, precisa ter baixo risco e estar disponível imediatamente. Ou seja: um (D+0), que é um resgate com recurso liberado no mesmo dia.

Cada investidor tem um perfil de risco, mas existe um “número mágico” que varia entre três a seis salários mensais ou equivalente aos custos e despesas mensais totais de cada família/investidor. Alguns investidores têm um número redondo para essa reserva de emergência: por exemplo, 50 mil reais.

Essa reserva deve ser montada antes mesmo de fazer investimentos mais arriscados como renda variável (ações). Afinal, não tem como escalar um time de futebol começando pelo atacante ao invés de começar pelo goleiro e pela defesa.

Classe de ativo

As reservas de emergência devem ser aplicadas na renda fixa pós-fixada ou na renda fixa atrelada à taxa de juros (CDI/Selic). Nesses investimentos, o risco é muito baixo e a liquidez é imediata.

Risco de crédito

A reserva de emergência não deve correr risco de crédito relevante. Ou seja, se a instituição financeira quebrar ou tiver dificuldades financeiras, mesmo com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) no caso dos bancos, o investidor pode perder o dinheiro e não ter acesso aos recursos disponíveis quando precisar.

Essa reserva de liquidez deve sempre estar em instituições financeiras de primeira linha com baixíssimo risco de crédito: i) grandes bancos como Banco do Brasil (SA:BBAS3), Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco (SA:ITUB4), Bradesco (SA:BBDC4) e Santander Brasil (SA:SANB11); ii) títulos públicos do Tesouro Nacional (Tesouro Selic/LFT); e iii) fundos de investimento que investem em Tesouro Selic.

Eu acredito que um Certificado de Depósito Bancário (CDB) de um grande banco tem praticamente o mesmo risco de crédito que os títulos públicos federais. Afinal, se o Banco do Brasil ou o Itaú Unibanco estiverem com dificuldades financeiras, a situação do Brasil tenderá a estar muito ruim, concorda?

Bancos menores podem até oferecer taxas de retorno mais altas nos investimentos, mas acredito que o risco de crédito é muito maior. Portanto, não vale a pena a relação risco e retorno do investimento para a reserva de emergência.

Dessa forma, não estou considerando crédito privado (fundos de crédito privado e CRI, CRA, e debêntures emitidas por empresas) como alternativa para a reserva de emergência, pois todos eles apresentam risco muito maior e menor liquidez.

Alternativas de aplicações financeiras no mercado

Acredito que existem basicamente quatro alternativas para aplicar a reserva de emergência, seja através de bancos e/ou corretoras:

1) CDBs de grandes bancos que remuneram um percentual do CDI e têm liquidez imediata (D+0), sem taxa de custódia;

2) Fundos de investimento referenciados em DI/Selic que investem apenas em títulos públicos, com liquidez imediata (D+0), mas com taxa de administração baixa;

3) Tesouro Selic (LFT), com liquidez D+1 e taxa de custódia da B3 (SA:B3SA3) de 0,2 por cento ao ano (acima de 10 mil reais investidos);

4) Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) de emissão dos grandes bancos. Esses títulos têm isenção de imposto de renda (IR), mas exigem carência (sem liquidez) de 90 dias.

Imposto de renda

As três primeiras alternativas de investimento em renda fixa pós-fixada têm incidência de imposto de renda (IR), com a tabela regressiva de alíquota de IR: i) 22,5 por cento no prazo de até 180 dias; ii) 20 por cento no prazo de 180 a 360 dias; iii) 17,5 por cento no prazo de 360 a 540 dias e; iv) 15 por cento no prazo superior a 720 dias (2 anos).

No caso da LCI/LCA existe a isenção de imposto de renda (IR), mas há uma carência mínima de 90 dias.

Taxas e custos

O investimento no Tesouro Direto implica na cobrança de taxa de custódia na B3 de 0,2 por cento ao ano sobre o valor investido, com isenção de taxa no caso de investimento inferior a 10 mil reais.

Os fundos de investimento DI/Selic têm taxas de administração que podem variar de 0,2 ou 0,3 até 1 por cento ao ano. Recentemente, os grandes bancos reduziram bastante as taxas de administração dos fundos DI devido ao aumento da concorrência das corretoras e fintechs.

No caso dos CDB e LCI/LCA não existem taxas de custódia e/ou administração, mas é muito importante que o emissor desses títulos seja um grande banco com baixo risco de crédito.

Exemplo mundo real

Recentemente, eu tirei a minha reserva de emergência que estava aplicada num fundo DI no Banco do Brasil por uma aplicação combinada entre um Certificado de Depósito Bancário (CDB) e uma Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), ambos emitidos pelo Banco do Brasil.

O meu fundo DI (BB RF LP Selic), que tinha taxa de administração de 0,3 por cento ano, encerrou 2020 com um rendimento bruto (IR) de 84 por cento do CDI.

O meu gerente do Banco do Brasil me informou os seguintes rendimentos em percentual do CDI: 1) CDB do BB com liquidez imediata e taxa de 95 por cento do CDI e; 2) taxa contratada da LCA de 92 por cento do CDI, com isenção de IR.

Essas taxas podem variar conforme o montante investido e as condições de mercado.

Comparação dos rendimentos

Como a LCA/LCI é isenta de imposto de renda, enquanto o fundo DI e o CDB pagam IR, é preciso deixar os rendimentos na mesma base de comparação.

Para isso eu preciso fazer uma conta simples: pegar a taxa de 92 por cento do CDI da LCA/LCI e dividir por 85 por cento, pois a alíquota de IR é de 15 por cento (prazo maior que 2 anos). O resultado é 108 por cento do CDI, que seria o rendimento bruto da LCI/LCA se houvesse incidência de imposto de renda (IR).

Dessa forma, vamos comparar os rendimentos brutos de IR (em percentual do CDI) das 3 alternativas: 1) fundo DI tem rendimento de 84 por cento; 2) CDB tem rendimento de 95 por cento e; 3) LCI/LCA tem rendimento de 108 por cento.

Conclusão

Acredito que a melhor alternativa para aplicar a reserva de emergência é uma combinação entre o CDB de um grande banco e a LCA/LCI que tem maior remuneração em percentual do CDI, mas apresenta carência de 90 dias.

Tem que ser uma combinação porque o investidor não pode ficar sem nenhuma liquidez no período de 90 dias. Portanto, se você separou uma reserva de emergência equivalente a 6 meses do seu salário, invista metade no CDB e a outra metade no LCI/LCA.

Assim que a sua LCI/LCA estiver com liquidez depois dos três meses, resgate o CDB e invista na mesma aplicação LCI/LCA.

A reserva de emergência é como se fosse um seguro de carro: você paga o prêmio do seguro esperando que nunca precise usar. Em outras palavras, essa carência de 3 meses passa rápido e você pode nem precisar usar a sua reserva no período.

Depois de seis meses, toda a sua reserva de emergência vai ter liquidez imediata, baixo risco e uma remuneração um pouco maior (cerca de 13 por cento do CDI, o que equivale a 0,26 por cento a mais por ano).

Um grande abraço.

Reserva de Emergência: Saiba Como Aplicar o Seu Dinheiro
 

Artigos Relacionados

William Alves
Risco-País: O Que É na Prática Por William Alves - 26.10.2021 1

Essa semana que passou o investidor brasileiro percebeu o que é o risco-país na prática. Enquanto vimos os índices americanos atingindo novas máximas, a bolsa brasileira caía, os...

Reserva de Emergência: Saiba Como Aplicar o Seu Dinheiro

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (15)
Thiago Martins
ThiagoMartins 24.03.2021 6:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
108% do cdi é quase nada
Ângelo Paulino
Ângelo Paulino 15.03.2021 22:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fazer propaganda de CDB de grandes bancos foi dose.... -.-"
Marcos Vinicius de souza
Marcos Vinicius de souza 14.03.2021 15:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
gostei do que vi..estou entrando no mercado agr to em busca de apredizado antes de fazer meu primeiro investimento.
Marcos Vinicius de souza
Marcos Vinicius de souza 14.03.2021 15:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
gostei do que vi..estou entrando no mercado agr to em busca de apredizado antes de fazer meu primeiro investimento.
Ronaldo Silva
Ronaldo Silva 14.03.2021 15:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estava procurando exatamente isso. Obrigado.
Paulo Brandão
Paulo Brandão 14.03.2021 14:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gostei da estratégia. Muito coerente.
Paulo Pereira
Paulo Pereira 14.03.2021 13:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente orientação! Obrigado!
Paulo Pereira
Paulo Pereira 14.03.2021 13:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente orientação! Obrigado!
Tiago silva
Tiago silva 14.03.2021 13:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Grandes bancos? kkkkk com essas taxas ridículas e com o desconto do imposto de renda, melhor deixar na Poupança. Eu tenho diferentes investimentos de reserva emergencial em diversas instituições financeiras e não me arrependo em nada. Deve-se incentivar cada vez mais as instituições menores, porém confiáveis, até para esses bancos deixarem de mesquinharias e pagar um preço mais justo.
Maria Lucena
Maria Lucena 14.03.2021 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Boa análise. Muito obrigada, você me ajudou muito, porque geralmente as pessoas só falam que deve ter uma reserva de emergencia que tenha liquidez e nunca dizem em qual renda fixa. Você fez a diferença, deu nome aos bois, inclusive exemplificando. Parabéns!
João Ribeiro
João Ribeiro 14.03.2021 13:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se pensarmos que só os 04 bancos grandes mais o governo é garantido, esses bancos nunca vão melhorar a taxa deles, estou com o Banco Inter a três anos e não me arrependo.
Edegar Longo
Edegar 14.03.2021 13:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Essa orientaçao é importantissima na vida das pessoas . Como uma cartilha de vida.
rennan gustavo
rennan gustavo 14.03.2021 12:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente análise obrigado.
Italo Pinheiro
Italo Pinheiro 12.03.2021 11:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom, porém faço uma adendo, sei que não é o objetivo da reserva ter uma boa rentabilidade, porém deve se atentar que ela no mínimo cubra a inflação  que por exemplo não acontece quando se investe no cdb pagando 95%. Por isso sugiro diversificar entre um nubank ou inter que pegam 100% e  no banco RCI que pagam 112% por exemplo e são cobertos pelo FGC.
JOSE LEONARDO LIMA NETO
JOSE LEONARDO LIMA NETO 12.03.2021 11:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Existe renda fixa com liquidez pra cobrir a inflação?
Joao Fonseca
Joao Fonseca 12.03.2021 11:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
somente quando a selic estiver igual ou acima da inflaçao. No momento autal, nao.
Diego Rodrigues
Diego Rodrigues 12.03.2021 11:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tem tbm o Sofisa direto 115%
Sartana Johnny
Sartana 12.03.2021 11:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vale lembrar que ele fala no texto sobre riscos de instituições pequenas/fracas que geralmente tem um prêmio maior pagando o risco oculto para muitos.
Edivaldo Lima
Edivaldo Lima 12.03.2021 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente análise.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail