Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Semana Tensa Para os Mercados de Risco

Por Alvaro BandeiraResumo do Mercado18.10.2021 18:31
br.investing.com/analysis/semana-tensa-para-os-mercados-de-risco-200445374
Semana Tensa Para os Mercados de Risco
Por Alvaro Bandeira   |  18.10.2021 18:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Certamente, teremos mais uma semana de tensão para os mercados de risco no mundo, com destaque para o segmento doméstico. A inflação em alta, que começa a mostrar que pode não ser tão transitória quanto se esperava, está pesando. Já que a pandemia parece ter abrandado um pouco e as variantes da covid-19 não estão causando grande medo neste momento, o tema passa a ser a inflação em alta em países desenvolvidos, decorrente, basicamente, de problemas na cadeia de suprimentos globais e escassez de energia.

Isso em um ambiente onde os principais bancos centrais se preparam para retirar estímulos monetários e fiscais, alguns planejando até mesmo elevações de juros, como parece ser o caso do BOE, o BC inglês. Felizmente, os EUA devem anunciar o tapering, mas altas de juros devem ficar para bem depois, exceto se houver episódio imprevisto de inflação. Em posição contrária e não podendo conviver com forte desaceleração de sua economia, a China pode voltar a estimular, assim como o Japão pode seguir a mesma trilha no novo governo do primeiro-ministro Fumio Kishida.

Por conta da inflação ascendente em diferentes países e incertezas reinantes, a curva de juros se acelera e o câmbio incorpora grande volatilidade, principalmente contra moedas de países emergentes, com destaque para os desequilibrados. Nesse grupo, podemos incluir a Turquia, o Chile e o Brasil. A Turquia, para piorar um pouco, destituiu membros do conselho do banco central, e o Chile promoveu forte alta dos juros na semana passada. Aqui, o Bacen optou por manter o plano de voo, apostando em certa transitoriedade da inflação e queda do PIB, alegando que a elevação da Selic dará tempo de medir melhor os impactos futuros, mas acreditando que o ritmo de alta possa levar a inflação para a meta de 2022.

Neste momento, entendemos que existe desancoragem entre as projeções oficiais do governo (notadamente, do ministro Paulo Guedes) e as expectativas das instituições financeiras e dos investidores, não só em relação à inflação, mas principalmente em termos de crescimento esperado. Paulo Guedes fala em PIB de 5,5% em 2021 e surpresa em 2022 acima de 2%, enquanto as previsões do mercado se situam na casa máxima ao redor de 5% (1,5% em 2022). Para o IPCA de 2022, a nova pesquisa semanal Focus coleta taxa de 2021 em 8,69% (recente em 8,79%) e, para 2022, em 4,18%, bem acima do centro da meta de 2022 (3,50%).

Temos que considerar ainda todos os problemas deste final de ano e o complicado ano de 2022 com eleições majoritárias. Tirando algumas alternativas criativas, como estender o Auxílio Emergencial por 60 dias, precatórios parcelados e fundo estabilizador de preços dos combustíveis, temos uma série de outros eventos deixando a desejar. Isso me faz relembrar aquela tirada de que, para temas complexos, existe sempre uma saída fácil – e, quase sempre, errada.

Os precatórios demoram a ter uma solução, os caminhoneiros ameaçam entrar em greve se o governo não estabelecer novo piso de frete, aposentadoria especial e política para diesel. As mudanças do ICMS dos combustíveis, aprovadas na Câmara, terão dificuldades de serem aprovadas no Senado, sofrendo pressão dos secretários de Fazenda dos estados. O relator do Auxílio Brasil diz que não aceita a extensão do Auxílio Emergencial por não ser uma política de estados, e sim uma postura eleitoreira. Já a CPI da Covid-19, que foi adiada, promete muito barulho com a leitura em 20/10 e votação marcada para 26/10, inclusive no plano internacional, com muitos processos de indiciamento e a atitude cada vez mais populista do governo.

Ora, com isso, não há mercado de risco que resista, mas, mesmo com esse filme de terror, nossa visão é que a Bovespa pode tentar recuperação com a safra de balanços, o apetite ao risco demonstrado na semana anterior e fluxo de investidores estrangeiros para a Bovespa, que já carreou em outubro (até 13/10) recursos de R$ 9,6 bilhões e, no ano, entradas líquidas de R$ 51,9 bilhões. Tudo em uma visão de mais médio e longo prazo.
Semana Tensa Para os Mercados de Risco
 

Artigos Relacionados

Wesley Atanasio
Sexta-feira em Alta Por Wesley Atanasio - 03.12.2021

Apesar da abertura do índice futuro do IBOVESPA em baixa o cenário se reverteu com a abertura do mercado de ações tendo grandes destaques em ações que caíram forte durante a semana...

Semana Tensa Para os Mercados de Risco

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Ney Pinto
Ney Pinto 19.10.2021 6:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E a China? Chineses sem teto vagando por aí sem saber como reaver seus $$$$ investidos na Evergrande ( hoje pequena) pois o "aporte " pífio de poucos bilhões não vai resolver tão cedo a dívida de 300bi de verdinhas
Ney Pinto
Ney Pinto 19.10.2021 6:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tio Sam pensou que tendo a impressora de dólar poderia vomitar a vontade sua moeda mas a economia de mercado cobra seu preço. Agora vão fazer tapering para enxugar rapidamente a camada feito. Mas com isso quem toma são os emergentes. A Turquia com inflação a 19 , a passos largos para alcancar a Argentina com inflação a 51...
Marcos Roberto
Marcos Roberto 18.10.2021 23:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sou novo no mercado e quero saber! Compro ou vendo? kkkkk... é pra cima ou pra baixo? kkkk
Cleber Serrão
Cleber Serrão 18.10.2021 23:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
aprenda desde já então..rs o mercado nunca anda apenas pra um lado, pra subir mil pontos muitas vezes ele cai 500 primeiro kkkk
julio silva
julio silva 18.10.2021 23:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
petróleo várias outras coisas o nome Rcon
Tiago Gasparotto
Tiago Gasparotto 18.10.2021 19:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tomara que este medio prazo seja já em dezembro.
Altair Sanches Espanha Junior
Altair Sanches Espanha Junior 18.10.2021 19:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já escreveram colocando toda culpa no Bolsonaro???? ainda não?????
Altair Sanches Espanha Junior
Altair Sanches Espanha Junior 18.10.2021 19:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já escreveram colocando toda culpa no Bolsonaro????
Reginaldo Montagnoli
Reginaldo Montagnoli 18.10.2021 18:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Alvaro bandeira , sempre ponderado e dando uma visao claro sobre o mercado. Tks!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail