Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Correios e Eletrobras estão 'na pista' para privatização, diz Guedes

Trigo, Commodity Mais Política do Mundo, Está nas Mãos de Vladimir Putin

Por Andy HechtCommodities16.11.2021 11:36
br.investing.com/analysis/trigo-commodity-mais-politica-do-mundo-esta-nas-maos-de-vladimir-putin-200445876
Trigo, Commodity Mais Política do Mundo, Está nas Mãos de Vladimir Putin
Por Andy Hecht   |  16.11.2021 11:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

  • EUA são os maiores produtores de soja e milho
  • Trigo é uma outra história
  • O trigo é a commodity mais política do mundo
  • Movimento até nova máxima plurianual
  • WEAT é um fundo que investe em trigo na CBOT

O aumento das pressões inflacionárias provocou um tsunami de liquidez e estímulos econômicos por parte dos bancos centrais e governos, o que, em conjunto com os problemas causados pela pandemia nas cadeias de fornecimento, criou um bull market nas commodities. O primeiro mercado a atingir nova máxima histórica foi o ouro, que subiu para US$2063 em agosto de 2020. O metal precioso já vinha subindo antes de a pandemia causar uma reviravolta nos mercados, atingindo níveis recordes em várias divisas em 2019. O ouro passou o “bastão" de alta para outras matérias-primas, após seu preço perder força e corrigir.

Em maio de 2021, a madeira, o cobre e o paládio registraram novos preços recordes. Diversas outras commodities, como carvão, petróleo, gás natural, grãos e soja, café, açúcar e algodão, atingiram máxima plurianuais no último ano. Em outubro, as commodities energéticas continuaram registrando picos mais altos. No início de novembro, o algodão e o trigo futuro também se valorizaram até máximas plurianuais.

Quando instada a dizer qual commodity tem maior impacto político no mundo, a maioria dos participantes do mercado tende a citar o petróleo. Afinal, mais da metade das reservas mundiais estão no Oriente Médio, região mais turbulenta do planeta. O petróleo continua movendo o mundo. Mas eu discordo dessa visão.

Ao longo da história, a escassez de trigo e a alta dos seus preços causaram os maiores estragos políticos, derrubando governos inteiros, na medida em que ele é o ingrediente principal do pão, fonte nutricional essencial ao redor do mundo. O fundo Teucrium Wheat (NYSE:WEAT) rastreia os preços do mercado futuro do trigo na CBOT, que serve de referência para a cotação do produto no mundo. A Rússia é o maior país exportador de trigo do planeta.

EUA são os maiores produtores de soja e milho

Os Estados Unidos lideram a produção de milho e soja e são os exportadores mais influentes do grão e da semente oleaginosa.

Na terça-feira, 9 de novembro, o USDA, departamento de agricultura dos EUA, divulgou seu último relatório WASDE, que fornece estimativas de oferta e demanda agrícolas no mundo. Muitos produtores e consumidores acompanham esse relatório mensal, que se tornou referência para dados de produção e consumo no setor. O WASDE de novembro mostrou-se mais otimista com os preços da soja e do milho, que passaram a subir após sua divulgação.

Em novembro de 2021, os preços da soja continuavam bastante acima da cotação registrada no mesmo mês do ano passado, enquanto a soja continuava no mesmo nível.

Milho mensal
Milho mensal

Fonte: CQG

Como destaca o gráfico, a máxima do milho futuro em novembro de 2020 foi a US$4,3050 por bushel. A US$5,6825 em 10 de novembro de 2021, seus preços estão 32% acima do preço de um ano atrás.

Soja mensal
Soja mensal

Fonte: CQG

O gráfico mensal mostra que o contrato futuro de soja atingiu a máxima de US$12,00 por bushel em novembro de 2020. Em 10 de novembro de 2021, seus preços estavam um pouco acima desse patamar. Após a divulgação do relatório WASDE deste mês, seis preços se recuperaram da mínima de US$11,7125.

Trigo é uma outra história

Embora os EUA dominem os mercados futuros de soja e milho, a produção de trigo vem de diversas partes do mundo. Os americanos são grandes exportadores desse ingrediente primário do pão e cereais, mas a Rússia é a exportadora líder do grão.

O último relatório WASDE não gerou muito entusiasmo no mercado do trigo. A ação altista dos preços ocorreu no início de novembro, quando sua cotação atingiu o nível mais alto desde dezembro de 2012. O contrato futuro do trigo suave vermelho de inverno negociado na CBOT é o mais líquido e serve de referência mundial para a cotação do produto.

Trigo mensal
Trigo mensal

Fonte: CQG

O gráfico mostra que o contrato futuro de trigo atingiu a máxima de US$6,2625 por bushel em novembro de 2020. Ao nível de US$7,9975 em 10 de novembro, o trigo acumulava alta de 27,7% em um ano. O contrato mais líquido do trigo atingiu a máxima de US$8,07 por bushel no início deste mês.

O trigo é a commodity mais política do mundo

Inúmeros participantes do mercado acreditam que o petróleo seja a commodity mais política do mundo, e por uma boa razão. O Oriente Médio vive sob constante turbilhão político. Mas a commodity que alimenta o mundo é o trigo. A escassez e disparadas de preços do trigo já derrubaram diversos governos ao longo da história.

A Revolução Francesa começou como um protesto pelo pão e acabou com uma viagem de Maria Antonieta para a guilhotina, última rainha da França. No início dos anos de 2010, a Primavera Árabe começou como uma série de protestos pelo pão na Tunísia e Egito, gerando uma onda de mudanças na África Setentrional e Oriente Médio. Se os governos não conseguem alimentar sua população, tendem a desmoronar.

Trigo trimestral
Trigo trimestral

Fonte: CQG

Como o trigo está sondando o território de US$8 por bushel, podemos ver mais turbulência política em 2022 e nos próximos anos, caso continue em tendência de alta.

Movimento até nova máxima plurianual

O trigo negociado na CBOT superou o patamar de US$8 pela primeira vez em quase nove anos no início deste mês. O trigo não está sozinho nessa jornada. Outras matérias-primas atingiram máximas plurianuais ou históricas desde que tocaram o fundo no início de 2020 com a eclosão da pandemia mundial.

A primeira commodity a registrar novo pico foi o ouro, principal barômetro da inflação. O ouro alcançou US$2063 por onça em agosto de 2020 antes de corrigir. A prata ultrapassou US$30 por onça em fevereiro de 2021, preço mais alto desde o início de 2013. Em maio de 2021, o cobre, madeira serrada e paládio alcançaram picos recordes. Nos últimos meses, as commodities agrícolas vêm superando máximas plurianuais.

Bull markets raramente se movem em linha reta, e muitos passam por correção antes de registrar novos picos. O que temos visto é uma verdadeira corrida de revezamento, em que uma commodity passa o bastão de alta para a outra. Quem recebeu o bastão mais recentemente foram o algodão e o trigo, que atingiram novas máximas em novembro

As commodities não são os únicos mercados a se valorizar. As ações, o mercado imobiliário e as criptomoedas vêm se movimentando em níveis recordes nos últimos tempos. A liquidez injetada pelos bancos centrais e os estímulos governamentais inundaram o sistema financeiro, provocando a alta da inflação. A política monetária e fiscal acomodatícia para lidar com a pandemia é a causa principal para as pressões inflacionárias.

O petróleo e o trigo são as duas commodities mais políticas do mundo. Ironicamente, a Rússia é uma potência na produção do grão e da commodity energética. Vladimir Putin está enchendo os cofres do país que preside com a alta dos preços do petróleo e do trigo. Ele aumentou a influência da Rússia em ambos os mercados nas últimas décadas.

No trigo, Putin investiu na produção e na logística na região do Mar Negro. No petróleo, ele passou a cooperar com a Opep, cartel internacional do petróleo, tornando-se o aliado mais influente do grupo. A Rússia é a principal beneficiária da alta dos preços do petróleo e do trigo, e a tendência nesses mercados era de alta em 10 de novembro.

WEAT é um fundo que investe em trigo na CBOT

O predomínio da Rússia nesse mercado faz com que consiga extrair preços mais altos em todo o mundo. A alta da inflação nos EUA e a robusta demanda da China e outros países fazem com que a Rússia esteja em posição privilegiada para fazer o petróleo e o trigo atingirem preços mais altos nos próximos anos. Em razão da natureza política da commodity energética e do grão, o controle dos mercados permite que os russos aumentem sua esfera de influência em caso de mudanças políticas.

A rota mais direta para uma posição de risco no trigo é via contratos futuros e de opções negociados na divisão CBOT da CME. O fundo Teucrium Wheat fornece aos participantes do mercado uma alternativa para quem deseja ter exposição ao trigo.

Ao nível de US$7,77 em 10 de novembro, o WEAT ETF tinha US$79,885 milhões em ativos sob gestão. O ETF negocia em média 249.425 cotas por dia e cobra uma taxa de administração de 1,91%. O WEAT é o único ETF baseado em contratos futuros do trigo na CBOT.

WEAT diário
WEAT diário

Fonte: Barchart

O fundo não teve o mesmo desempenho do contrato futuro do trigo para dezembro, já que mantém em carteira três contratos com datas de vencimento distintas. O maior nível de volatilidade tende a ocorrer no contrato com vencimento mais próximo. O alto custo do fundo também pesou para o seu desempenho.

O trigo registrou mínimas e máximas ascendentes desde a virada do século. Em 1999, o contrato futuro do trigo na CBOT era negociado na mínima de US$2,2250 por bushel. O aumento da população mundial, a inflação e o controle russo do mercado do trigo são fatores que explicam a alta desse ingrediente primário do pão. Quanto mais alto sobe o trigo, mais suscetível ele se torna a correções. No entanto, os elementos técnicos e fundamentalistas dão suporte à continuação de mínimas e máximas no mercado do trigo.

 

Trigo, Commodity Mais Política do Mundo, Está nas Mãos de Vladimir Putin
 

Artigos Relacionados

Trigo, Commodity Mais Política do Mundo, Está nas Mãos de Vladimir Putin

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail