Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Ouro frustra novamente com vendas do varejo dos EUA desencadeando nova desvalorização

Commodities16.09.2021 13:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Barani Krishnan

Investing.com – Ele não prospera com uma inflação baixa; tampouco sobrevive a uma economia em recuperação com fortes vendas no varejo.

O ouro caiu para uma mínima de cinco semanas abaixo de US$ 1.750 a onça nesta quinta-feira, depois que as vendas no varejo dos EUA saltaram mais de 15% no ano até agosto, colocando a economia em ebulição após semanas de desafios impostos pela variante Delta.

O contrato mais ativo dos futuros de ouro para dezembro na Comex de Nova York caía US$ 41, ou 2,3%, a US$ 1.753,50 às 13h24 (horário de Brasília). O valor mínimo da sessão foi de US$ 1.745,50, o menor desde 12 de agosto.

“Os corações dos bulls do ouro foram mais uma vez partidos”, declarou o comentarista financeiro, Adam Button, em um post no ForexLive. “(O ouro) não pode subir com uma inflação branda, (e é) pressionado pelas vendas no varejo.”

O Índice de Preços ao Consumidor dos EUA, indicador chave de inflação, cresceu 5,3% no ano até agosto, após aumento de 5,4% em julho, de acordo com dados divulgados no início da semana.

"O ouro foi descartado e rápido", afirmou Craig Erlam, analista da plataforma de investimentos OANDA. “O fato se dá apenas alguns dias depois de ultrapassar os US$ 1.800 na esteira de dados suaves da inflação dos EUA. O marco durou pouco e se mostrou bastante vulnerável".

Erlam declarou que, de uma perspectiva técnica, o patamar de US$ 1.780 do ouro assinalou a garganta (o ponto de estrangulamento) do movimento entre “cabeça e ombros” formado no mês passado, quando chegou a US$ 1.833.

“O fato de isso ter ocorrido antes da reunião do Fed não é um bom presságio para o metal amarelo”, afirmou Erlam. “Dados recentes deram ao Fed espaço para ser mais paciente com a redução gradual, mas os comentários de representantes que recebemos no final da semana passada sugerem que muitos não estão desanimados. O ouro poderia se beneficiar mais uma vez caso as políticas da instituição mudassem de curso na próxima quarta-feira, mas pode ser uma longa semana para o metal nesse ínterim”.

Os mercados estão reagindo de forma mais ruidosa do que o normal aos dados econômicos dos EUA nesta semana, com o Federal Reserve entrando em seu típico período de silêncio antes da reunião de política monetária de 21 a 22 de setembro.

A questão de quando o Fed deveria reduzir o estímulo econômico e aumentar as taxas de juros tem sido calorosamente debatida nos últimos meses, à medida que a recuperação econômica se depara com a variante Delta do coronavírus. O presidente Jay Powell está para dar uma coletiva na próxima semana, após a reunião de política de dois dias do Fed.

O programa de estímulo do Fed e outras acomodações monetárias têm sido responsabilizados pelo aumento dos preços nos Estados Unidos. O banco central tem comprado US$ 120 bilhões em títulos e outros ativos desde o início da pandemia em março de 2020 para sustentáculo da economia. O órgão tem mantido as taxas de juros em níveis praticamente zerados nos últimos 18 meses.

Depois de cair 3,5% em 2020, com a paralisação do comércio pela pandemia, a economia dos EUA teve uma expansão robusta este ano, crescendo 6,5% no segundo trimestre, em linha com a previsão do Federal Reserve.

Para o Fed, porém, o problema é a inflação, que tem superado o crescimento econômico.

O indicador de inflação preferido do Fed - o Núcleo do Índice de Despesas de Consumo Pessoal, que exclui os preços voláteis de alimentos e energia - subiu 3,6% no ano até julho, maior alta desde 1991. O Índice PCE que inclui energia e alimentação aumentou 4,2% no período de um ano.

A meta própria do Fed para a inflação é de 2% ao ano.

Sunil Kumar Dixit, estrategista-chefe da SK Charting em Calcutá, Índia, afirmou que o desempenho do Índice do Dólar e do Rendimento dos Título dos EUA de 10 anos seriam fundamentais para a performance do ouro.

O Índice do Dólar, que coloca a moeda dos EUA contra seis principais rivais liderados pelo euro, subiu 0,4% a 92,87. O rendimento dos títulos de 10 anos dos EUA subiu 2,3%, para 1,33. O DX acima de 93 pode subir para 93,60 e 93,90, desencadeando um selloff do ouro ainda mais duro”, declarou Dixit.

Ouro frustra novamente com vendas do varejo dos EUA desencadeando nova desvalorização
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail