Garanta 40% de desconto
🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Preços do petróleo sobem mais de US$1 o barril com risco de restrição à oferta

Publicado 05.04.2024, 17:12
Atualizado 05.04.2024, 17:16
© Reuters. Bomba de petróleo na França. REUTERS/Christian Hartmann
LCO
-
CL
-
NG
-

HOUSTON (Reuters) - Os índices de referência do petróleo Brent e do West Texas Intermediate (WTI) dos Estados Unidos chegaram a subir mais de 1 dólar o barril nesta sexta-feira, com os mercados atentos a sinais de qualquer conflito direto entre Israel e Irã que possa restringir ainda mais a oferta.

O Brent fechou em 91,17 dólares o barril, alta de 0,52 dólar, ou 0,57%, enquanto o WTI dos EUA encerrou a 86,91 dólares o barril, avanço de 0,32 dólar, ou 0,37%.

Na quinta-feira, ambos os índices fecharam em seus patamares mais elevados desde outubro.

O Brent e o WTI estão a caminho de fechar a semana com ganhos de mais de 4%, depois que o Irã, o terceiro maior produtor da Opep, prometeu vingança contra Israel por um ataque que matou militares iranianos de alto escalão.

"Se o Irã atacar diretamente Israel, isso nunca aconteceu antes", disse Phil Flynn, analista da Price Futures Group. "É apenas mais um dominó prestes a cair na esteira do risco geopolítico."

Israel não assumiu a responsabilidade pelo ataque de segunda-feira ao complexo da embaixada do Irã na Síria.

Os ataques contínuos por drones ucranianos às refinarias na Rússia podem ter interrompido mais de 15% da capacidade russa, disse uma autoridade da Otan na quinta-feira, afetando a produção de combustível do país.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados liderados pela Rússia (Opep+) deixou inalterada nesta semana sua política de fornecimento de petróleo e pressionou alguns países a aumentar o conformidade com os cortes na produção.

"A perspectiva de um mercado mais restrito deve levar a uma redução nos estoques durante o segundo trimestre", escreveram os analistas da ANZ Daniel Hynes e Soni Kumari em nota.

© Reuters. Bomba de petróleo na França. REUTERS/Christian Hartmann

Esta semana, pela primeira vez desde outubro, as empresas de energia dos EUA reduziram o número de plataformas de petróleo e gás natural em operação pela terceira semana seguida, disse a provedora de serviços de energia Baker Hughes nesta sexta-feira em um relatório acompanhado de perto.

O número de plataformas de petróleo e gás, um indicador precoce da produção futura, caiu em 1, para 620, na semana encerrada em 5 de abril, o nível mais baixo desde o início de fevereiro.

(Reportagem de Erwin Seba; reportagem adicional de Ahmad Ghaddar, Noah Browning, Florence Tan)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.