🔮 Melhor do que Buffett? Nosso Preço-Justo achou essa joia com +42% 5 meses antes deleLibere o preço-justo

CEO do Nubank: ‘Acreditamos no Bitcoin’, ele ‘é diferenciado de todo o resto’

Publicado 09.10.2023, 20:54
Atualizado 09.10.2023, 21:11
© Reuters CEO do Nubank: ‘Acreditamos no Bitcoin’, ele ‘é diferenciado de todo o resto’
BTC/USD
-
ETH/USD
-
ROXO34
-

Blockmarket - O bitcoin e a adoção cripto no Brasil foram abordados em uma recente entrevista do CEO do Nubank (BVMF:ROXO34), David Velez ao Future of Finance. Ele falou sobre a criptomoeda criada pelo banco digital, a Nucoin, além de apresentar uma visão positiva diante do mercado cripto.

Desde 2022, o Nubank começou a negociar criptomoedas como bitcoin (BTC), ether (ETH) e outros. Através de uma parceria com a empresa Paxos, o banco foi uma das primeiras instituições financeiras a ‘abraçar’ o mercado cripto, ao lado de empresas como Mercado Livre (NASDAQ:MELI) e PicPay.

Ao ser entrevistado pelo Future of Finance, Velez disse que acredita no potencial do bitcoin. Para ele, o BTC se difere de outros projetos de criptomoedas no mercado cripto.

“Achamos que o Bitcoin é diferenciado de todo o resto, e há alguns outros tokens que fazem sentido.”

Nubank e sua criptomoeda

O Nubank lançou recentemente sua própria criptomoeda, o token nucoin. Sendo negociado abaixo de R$ 0,1 no aplicativo do banco atualmente, o nucoin poderá ser usado como um token de utilidade no futuro.

Atualmente, o nucoin é oferecido como forma de cashback pelo Nubank. Quem possui nucoins participa de sorteios de prêmios que podem alcançar até R$ 1 milhão. Em entrevista, o CEO do Nubank afirma que 8 milhões de pessoas já usaram o nucoin.

“Até lançamos nosso próprio token, Nucoin, que já é usado ativamente por mais de 8 milhões de nossos clientes. Estamos usando-o agora com uma aplicação interessante de fidelidade para a plataforma.”

Adesão ao mercado cripto

Embora tenha sido pioneiro ao oferecer serviços cripto para seus clientes, o CEO do Nubank acredita que a entrada nesse mercado aconteceu de forma tardia. Ele recorda que a negociação de criptomoedas pelo banco foi lançada durante um “inverno cripto”, quando as criptomoedas acumulam forte desvalorização.

“Acho que chegamos à criptografia um pouco tarde, no sentido de que lançamos uma plataforma durante o Crypto Winter.”

Futuro do mercado financeiro

Para David Velez, o futuro do mercado financeiro deverá ser desenhado por mercados emergentes como Brasil, Índia e China. Ele destaca que criar um sistema de pagamentos interoperáveis pode ser o primeiro passo para a consolidação disso.

“Alguns dos elementos que veríamos no futuro são, em primeiro lugar, pagamentos digitais completamente interoperáveis ​​que conectam 100% da população e permitem que 100% da população faça pagamentos em tempo real gratuitamente, 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

O conteúdo CEO do Nubank: ‘Acreditamos no Bitcoin’, ele ‘é diferenciado de todo o resto’ aparece primeiro em Blockmarket.

Por Blockmarket

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.