🔥 Ações selecionadas por IA com InvestingPro Agora com até 50% de descontoGARANTA JÁ SUA OFERTA

Calendário Econômico: IPCA no Brasil e decisão do Fed nos EUA são destaques

Publicado 07.06.2024, 16:30
Atualizado 09.06.2024, 18:00
© Reuters
USD/BRL
-
BVSP
-

Investing.com – Inflação no Brasil com impacto da tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul e decisão da taxa de juros americanas com projeções econômicas para os Estados Unidos devem estar no radar dos investidores na próxima semana. Confira destaques do calendário:

Como investir em um cenário incerto? Saiba aproveitar as tendências de mercado com ações escolhidas a dedo pelo InvestingPro. Amplie seus lucros com carteiras que superam os índices de mercado. Ao assinar hoje, você ganha até quase 50% de desconto, a depender do plano escolhido. Basta inserir manualmente o cupom INVESTIR.

Agenda doméstica

A semana inicia com Boletim Focus na segunda-feira, com expectativas de economistas de mercado. O relatório vinha mostrando desancoragem nas expectativas inflacionárias nas últimas divulgações. Na terça, é a vez do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio, indicador oficial de inflação do país, sendo que o mercado deve avaliar o impacto que a tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul, produtor importante em alguns alimentos, como o arroz.

Raphael Moses, professor de Finanças do COPPEAD/UFRJ, aponta para uma incerteza muito grande ainda em relação ao impacto das enchentes no RS. “Claro que boa parte da safra já havia sido colhida anteriormente e, por isso, o impacto não seria tão grande. Porém, podemos ainda ter dificuldades em termos de logística no transporte de alimentos para o restante do país”, afirma o especialista.

A quarta será de dados do setor de serviços e confiança do consumidor. As vendas no varejo são destaque na quinta, e o índice de atividade econômica do Banco Central (IBC-Br), sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), fecha o calendário local semana na sexta.

VEJA: Calendário Econômico do Investing.com

Agenda internacional

O Produto Interno Bruto (PIB) japonês abre a semana no domingo, enquanto a taxa de desemprego no Reino Unido será divulgada na terça, assim como o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) chinês.

Na quarta, PIB, balança comercial e produção industrial do Reino Unido entram no radar, além de IPC americano, antes da decisão da taxa de juros americana.

A expectativa é de desaceleração na base mensal no índice cheio do IPC americano, que sairia de 0,3% em abril para 0,2% em maio, enquanto a projeção para o núcleo segue em 0,3%. Ainda que a medida não seja a preferida do Federal Reserve, as atenções do mercado estão direcionadas ao seu comportamento, antes do PCE.

O Federal Open Market Committee (FOMC) deve manter a taxa no intervalo entre 5,25% e 5,5%, conforme esperam 96,5% dos agentes de mercado nesta sexta-feira, segundo o Monitor da Taxa de Juros do Investing.com.

Apesar de um corte não estar no radar nesta decisão, os investidores vão olhar de perto de projeções econômicas com o dot-plot, gráfico que demonstra, a cada duas reuniões, a visão de cada membro do colegiado sobre as perspectivas paras as fed funds.

Leandro Manzoni, analista de economia do Investing.com, lembra que as projeções divulgadas em dezembro “deram suporte para a expectativa de 150 pontos-base de corte de juros (para 3,75%-4%), ou 6 reduções de 0,25 ponto percentual, ao longo deste ano pelo mercado, o que impulsionou o apetite ao risco nas bolsas de valores e levou o Ibovespa a bater o recorde de pontuação em dezembro”. Segundo Manzoni, entre os motivos para a saída de capital estrangeiro da bolsa brasileira neste ano seria a frustração dessa expectativa.

Na quinta, novos empréstimos na China, produção industrial europeia e preços ao produtor nos EUA. O Japão anuncia sua taxa de juros na sexta, assim como indicadores de produção industrial. No mesmo dia, a Zona do Euro conhece a performance de sua balança comercial.

**

Se você também quer investir com mais confiança em um cenário incerto, vai encontrar no InvestingPro tudo o que precisa e muito mais, como:

  • ProTips: Dicas rápidas e diretas para descomplicar informações financeiras.

  • Filtro avançado de ações: Encontre as melhores ações com base em centenas de métricas.

  • Ideias: Saiba como os maiores gestores do mundo estão posicionados e copie suas estratégias.

  • Dados financeiros de nível institucional: monte suas próprias estratégias com ações de todo o mundo.
  • Navegação turbo: As páginas do Investing.com carregam mais rápido, sem anúncios.

NÃO INVISTA NO ESCURO! Use o cupom INVESTIR e ganhe um desconto adicional na promoção de 1 ou 2 anos do Pro ou Pro+. Mas essa condição é por tempo limitado! Clique aqui e garanta seu preço especial agora!

1 ano de InvestingPro

1 ano de InvestingPro+

2 anos de InvestingPro

2 anos de InvestingPro+

Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.