Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

FOCUS: Mercado eleva projeção do dólar e IPCA para 2020 e 2021

Dados Econômicos13.10.2020 08:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Gabriel Codas

Investing.com - Nesta terça-feira (13), o Banco Central divulgou mais uma edição do Boletim Focus com os analistas de mercado, que traz, pela nona semana consecutiva a elevação da projeção da inflação, com um importante avanço no fim deste ano e aumento das estimativas do dólar em 2020 e 2021. Além disso, os prognósticos pioraram levemente a queda da atividade econômica este ano.

PIB

Quebrando uma sequência de quatro semanas, a projeção do PIB brasileiro voltou a recuar, se mantendo sob uma queda intensa. A estimativa agora é uma retração de 5,03% do PIB em 2020, contra 5,02% da semana passada. Há quatro semanas, a projeção estava em -5,11%. Para 2021, a estimativa segue de crescimento em 3,50% e se manteve em 2,50% para 2022 e 2023.

Inflação

Os analistas elevaram a estimativa de 2,12% para 2,47%. Há quatro semanas, o mercado via uma inflação encerrando 2020 em 1,94%. A aposta para o fechamento do ano-calendário segue abaixo do centro da meta de 4,00% e se aproxima do piso da margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Houve também uma leve alta nas estimativas de inflação para 2021 - horizonte da política monetária do Banco Central sob o sistema de metas de inflação -, com os analistas estimando o IPCA em 3,02%. A aposta também fica abaixo do centro da meta de inflação estipulado para o ano que vem, de 3,75%.

Entre os cinco maiores acertos do Boletim, o chamado Top-5 de curto prazo, a previsão é de um IPCA no fim do ano, a 2,37%, acima do esperado na semana passada, que era de 2,14%, sendo que há 4 semanas era de 1,94%. Para 2021, o TOP-5 ampliou a previsão da inflação oficial em 3,16%.

Na última sexta-feira o IBGE informou que os preços de alimentos continuaram pesando e a prévia da inflação oficial brasileira acelerou a alta em setembro acima do esperado, para o nível mais alto em oito anos, embora ainda permaneça benigna abaixo do centro da meta.

Em setembro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) acelerou a alta a 0,45%, de 0,23% em agosto e acima da expectativa em pesquisa de Reuters de avanço de 0,39%.

Esse resultado é o mais forte para o mês de setembro desde 2012, quando o IPCA-15 registrou 0,48%, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

No acumulado de 12 meses até setembro, o IPCA-15 registrou alta de 2,65%, sobre 2,28% em agosto.

Selic

Os analistas seguem esperando que a taxa Selic fique 2,00% em 2020, sem cortes adicionais pelo Copom. O TOP-5 também manteve a projeção da Selic em 2020 em 2,00%.

Para 2021, os economistas mantiveram a expectativa da Selic a 2,5%, e subiram com a de 2022 em 4,5%. Em 2023, a estimativa da taxa básica segue em 5,50%.

Já o TOP-5 elevou com a previsão da Selic para 2,50% em 2021, e para 4,25% em 2022 e 5,38% em 2023. 

Dólar

Em relação ao dólar, as apostas de 2020 avançaram nesta semana apontando nova projeção de R$ 5,30 no fim do ano. Já o Top-5 ampliou a projeção ao prever que o dólar feche 2020 a R$ 5,48. No ano que vem, as estimativas foram para R$ 5,10, a mesma estimativa de quatro semanas atrás, enquanto o Top-5 foi a R$ 5,28. Em 2022, as projeções se mantiveram em R$ 4,90, enquanto em 2023 foram seguem R$ 4,80. Já o Top-5 ampliou para R$ 5,18 e R$ 5,08 em 2022 e em 2023.

FOCUS: Mercado eleva projeção do dólar e IPCA para 2020 e 2021
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 15.10.2020 8:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
chega em novembro e dezembro eles fazem baixar pra quando sair o cálculo de reajuste do mínimo ser menor e janeiro tudo sobe. inflação deveria ser a do reajuste do aluguel esse sim mede a real inflação e não esses números aí...falsos.
Alfredo Guisulfo
Alfredo Guisulfo 13.10.2020 9:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se com um aumento de R$0,50 no diesel gerou uma greve monstro em 2018. Quero ver quando acabarem as muletas do coronavoucher em dezembro e os preços dos alimentos permanecerem altos ao longo de 2021, por conta do juro baixo câmbio alto. Será que o COPOM, BC ou o boletim FOCUS conseguem fazer as previsões astrológicas do que vem por ai? Se furar o teto de gastos então com o fiscal arrombado.... Eitah...
Senhor Tritão
Senhor Tritão 13.10.2020 9:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O engraçado é que todo mês mudam as previsões. Ou seja, não tem cabimento usar isso como base para nada, já que muda toda hora.
JulianaKatz Lang
JulianaKatz Lang 13.10.2020 9:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Previsões econômicas são assim mesmo, ao longo do tempo são revistas. Quem nega a ciência pode se apegar aos videntes
Mauricio Soares
Mauricio Soares 13.10.2020 9:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
e os caras apostando no twitter dolar a $4,50 já em janeiro 2021 e PIB de 10% em dezembro de 2021.
Fernando Lazarini
Fernando Lazarini 13.10.2020 9:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A SELIC vai a 5% antes de 2023
Fabio Piloto
Fabio Piloto 13.10.2020 9:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vamos correr para a renda fixa 5% aa é muita coisa, só que não!
Fernando Lazarini
Fernando Lazarini 13.10.2020 9:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fabio Piloto  Se não consertarem o fiscal a SELIC vai disparar.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail