📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Novo presidente do BC da Turquia promete política monetária apertada, dizem fontes

Publicado 01.04.2021, 14:13
Atualizado 01.04.2021, 14:24
© Reuters. Novo presidente do banco central da Turquia, Sahap Kavcioglu
USD/BRL
-

Por Ali Kucukgocmen e Can Sezer e Ebru Tuncay

ISTAMBUL (Reuters) - O novo presidente do banco central da Turquia, Sahap Kavcioglu, afirmou nesta quinta-feira em suas primeiras conferências com investidores que a política monetária apertada permanecerá em vigor por causa da inflação alta, de acordo com várias pessoas, ajudando a impulsionar a lira.

O presidente Tayyip Erdogan nomeou Kavcioglu em 20 de março, em um movimento que fez a lira recuar 13% já que os investidores projetavam um rápido movimento para afrouxar a política monetária, dadas as críticas anteriores de Kavcioglu à postura rígida da autoridade monetária.

LEIA MAIS: Pagamento por WhatsApp será aprovado em breve, diz Campos Neto

Questionado em uma conferência com investidores locais sobre uma coluna de jornal de fevereiro em que afirmava que as taxas elevadas impulsionavam a inflação, Kavcioglu minimizou suas opiniões anteriores e disse que, como presidente, agirá de acordo com sua "tarefa institucional".

Uma pergunta semelhante feita ao novo presidente em uma conferência à parte com investidores internacionais foi a única que ele respondeu diretamente, afirmaram fontes presentes na chamada.

"Ele disse basicamente para lhe julgar após o comitê de política monetária de abril, o que eu consideraria um sinal muito forte de que certamente não veremos mais cortes nas taxas em abril", afirmou um gestor de ativos.

Duas fontes afirmaram à Reuters que uma autoridade de alto escalão do banco central disse na primeira ligação que não haverá cortes prematuros nas taxas de juros e que a inflação - de 15,6% em fevereiro - agora estava perto do limite superior de suas projeções.

A mesma autoridade acrescentou que a recente liquidação da lira aumentaria a inflação no curto prazo, disseram as fontes.

LEIA MAIS: Erdogan diz que volatilidade do mercado não reflete realidade econômica da Turquia

“Eles estão dizendo todas as coisas certas” e provavelmente irão “segurar firme” por enquanto, disse um investidor.

A lira tinha alta de 1,57%, a 8,1350 em relação ao dólar.

O ex-presidente do banco central Naci Agbal elevou a taxa de juros de 10,25% para 19% em quatro meses no posto, para lidar com uma inflação que permaneceu na casa dos dois dígitos na maior parte dos últimos quatro anos.

A autoridade monetária projetava uma inflação máxima de 17% em março e um pouco mais em abril, de acordo com a previsão de fevereiro. Os analistas preveem que ela subirá até abril, quando o Goldman Sachs espera que atinja um pico de 18%.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.