Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Calendário Econômico - As 5 principais notícias em destaque sobre o mercado financeiro nesta semana

Economia10.11.2019 09:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com - As aparições do presidente dos EUA, Donald Trump, e do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, estarão em destaque nessa semana em meio a uma incerteza renovada sobre as perspectivas de um acordo comercial preliminar entre EUA e China.

Os investidores também receberão uma atualização sobre a saúde da economia global, com vários países desde a Alemanha até o Japão programados para divulgar dados de crescimento no terceiro trimestre

Os EUA devem divulgar dados de inflação na quarta-feira e dados de vendas no varejo e produção industrial na sexta-feira. O calendário também apresenta aparições de várias autoridades do Fed.

Enquanto isso, o maior dia de compras online da China, o Dia do Solteiro (11.11), começa na segunda-feira, com analistas em busca de sinais de consequências da guerra comercial na segunda maior economia do mundo.

Aqui está o que você precisa saber para começar sua semana.

1. Trump deve falar no Economic Club de Nova York

Na terça-feira, Trump deve fazer comentários no Economic Club de Nova York, com os mercados esperando por mais clareza sobre o planejado acordo da "primeira fase" com a China.

Trump disse na sexta-feira que não concordou em reverter as tarifas americanas solicitadas pela China, provocando novas dúvidas sobre quando as duas maiores economias do mundo podem terminar uma guerra comercial de 16 meses que desacelerou o crescimento global.

Seus comentários vieram um dia depois que autoridades de ambos os países disseram que a China e os EUA concordaram em reverter as tarifas dos produtos uns dos outros em um acordo comercial "na primeira fase".

Os futuros dos EUA caíram após os comentários de Trump, e o dólar caiu contra o iene, paralisando uma recuperação alimentada pelo otimismo do acordo comercial que levou os principais índices a níveis recordes.

2. Depoimento de Powell

Os investidores ouvirão diretamente do presidente do Fed, Jerome Powell, sobre as perspectivas do banco central dos EUA sobre economia, inflação e política monetária quando ele falar perante o Comitê Econômico Conjunto do Congresso em Washington na quarta-feira e o Comitê de Orçamento da Câmara na quinta-feira.

Ele deve reiterar que os planos para uma maior flexibilização estão suspensos após a redução das taxas do Fed no mês passado pela terceira vez em várias reuniões.

Investidores do mercado também terão a chance de ouvir nada menos que oito outras autoridades do Fed que estarão falando esta semana, incluindo o chefe do Fed de Nova York John Williams, que disse na sexta-feira que a economia dos EUA está em um bom lugar, reiterando sua opinião de que os cortes nas taxas de juros realizados neste ano devem deter adequadamente potenciais riscos para a economia.

3. Dados econômicos dos EUA

Uma nova rodada de dados econômicos dos EUA será observada de perto em um momento em que os mercados estão tentando avaliar o impacto do conflito comercial nas perspectivas de crescimento.

Quarta-feira traz o Índice de Preços ao Consumidor de outubro. O IPC principal em relação ao ano deve ficar em 2,4% e o nominal em 1,7%. Mas a medida favorita do Fed as principais despesas de consumo pessoal está em torno de 1,6% - ficando abaixo da meta de 2% desde a crise pré-financeira.

Na sexta-feira, os dados de vendas no varejo e produção industrial de outubro esclarecerão se o consumidor pode continuar a impulsionar o crescimento diante de um setor manufatureiro em dificuldades e de meses de tensões comerciais.

4. Atualização de crescimento global

Vários países desde a Alemanha até o Japão divulgarão dados de crescimento do terceiro trimestre nos próximos dias.

Os números da Alemanha na quinta-feira mostrarão se a maior economia da zona do euro entrou em recessão no terceiro trimestre.

No Reino Unido, os dados da segunda-feira devem mostrar que a economia evitou por pouco a recessão após uma contração de 0,2% no trimestre anterior. Mas um alto grau de incerteza econômica parece persistir, levando o Banco da Inglaterra a indicar na semana passada que está pronto para reduzir as taxas no caso de um Brexit sem acordo.

O Japão divulgará os números do PIB do terceiro trimestre na quinta-feira, em meio a previsões de uma ligeira desaceleração em relação ao trimestre anterior.

5. Alibaba está de olho em outro recorde do Dia dos Solteiros

O Alibaba Group iniciará sua liquidação anual de compras por 24 horas na segunda-feira com ofertas e grandes descontos em abundância, e uma performance de Taylor Swift, à medida que tenta bater mais um recorde de vendas no Dia do Solteiro.

A festa de 11 de novembro deste ano ocorre quando o grande mercado chinês de US$ 486 bilhões está em um grande ponto de virada, a renúncia em setembro do seu co-fundador, o extravagante Jack Ma, como presidente e procura levantar até US$ 15 bilhões através de uma venda de ações em Hong Kong já neste mês.

O Alibaba teve vendas no valor de US$ 30 bilhões em suas plataformas no Dia do Solteiro no ano passado, superando as vendas online de US$ 7,9 bilhões nos EUA na Cyber ​​Monday. Mas o crescimento de 27% nas vendas foi o mais baixo nos 10 anos de história do evento, depois de variar de 40% a 100% nos anos anteriores.

“Isso provavelmente se deve à desaceleração da economia em geral [na China]. Pode não haver um grande salto no crescimento este ano, mesmo que as pessoas tendam a comprar coisas ”, disse Jennifer Ye, líder de mercados consumidores da PwC China.

"A PwC espera que as vendas do Dia dos Solteiros subam moderadamente este ano, embora em um ritmo mais lento em comparação com os últimos anos, à medida que a incerteza macroeconômica continua pesando na confiança do consumidor".

. -- A Reuters contribuiu para esta matéria.

Calendário Econômico - As 5 principais notícias em destaque sobre o mercado financeiro nesta semana
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (11)
Paulo Paulo
PauloXVVVVV 11.11.2019 12:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não acredito que a Bolsa sofra maiores impactos, quem aguardar um pouco, terá oportunidades de Ações com preços bem convidativos. Aposto como essa semana é de alta!!!!
Luiz Fernando de Paula
Luiz Fernando de Paula 11.11.2019 8:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
LULA LADRÃO volta pra prisão!
Alexandre Silva
Alexandre Silva 11.11.2019 7:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem sabe?
Márcio da Silva Ribeiro
Márcio da Silva Ribeiro 11.11.2019 6:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
por....?
Gustavo Artal
Gustavo Artal 10.11.2019 21:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Márcio da Silva Ribeiro
Márcio da Silva Ribeiro 10.11.2019 21:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
por....?
Francinaldo Rodrigues
Francinaldo Rodrigues 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Talvez a soltura do Lula dei uma alavancada no BRL. kkkk
Mostrar respostas anteriores (1)
Gustavo Artal
Gustavo Artal 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Euclides de Andrade
Euclides de Andrade 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O dinheiro dele foi confiscado, não dá nem para comprar um sapato. Além do mais, a RF deve estar de olho na família.
Alberto De Lemos Barcelos
Alberto De Lemos Barcelos 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim, uma alavancada negativa hahahah
Matheus Investidor
Matheus Investidor 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Verdade Francisco. A bolsa caiu por que ia cair mesmo. Mas amanha ela deve ir a 200k pois o lula falou em detornar o pais. Ops! Falou em tomar o poder.
Francinaldo Rodrigues
Francinaldo Rodrigues 10.11.2019 20:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gustavo Artal  . e você é o que com sua resposta(anta) deselegante?!. Um bambi ou um touro chifrudo?
Robson Sizinio
Robson Sizinio 10.11.2019 20:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
excelente
Robson Sizinio
Robson Sizinio 10.11.2019 20:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
excelente
Eduardo Gomes
Eduardo Gomes 10.11.2019 20:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vou até apertar o cinto aqui... Deixar meu stop bem marcado e vê que bicho vai dar
Thiago Henrique
Thiago Henrique 10.11.2019 20:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
nada do Brasil de importante?
Don Quixote
Don Quixote 10.11.2019 20:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil segue o SP500
Rogério Fontes
Rogério Fontes 10.11.2019 19:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nova. . . . . . . De olho na vale.PF está com uma gravação bombástica . Prisao de presidente e diretores essa semana é nova muita altíssima
Danilo Oliveira
Danilo Oliveira 10.11.2019 19:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual presidente?
E. Andrade
E. Andrade 10.11.2019 19:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ex-presidente da Vale? diretores, num já estão todos afastados?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail