Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

IPCA teria sido de 0,57% em janeiro não fosse a queda nas passagens aéreas

Publicado 08.02.2024 12:16 Atualizado 08.02.2024 15:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. IPCA teria sido de 0,57% em janeiro não fosse a queda nas passagens aéreas
 
ETHc1
+0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

A queda no preço das passagens aéreas deu a maior contribuição para conter a inflação oficial no País em janeiro. O subitem recuou 15,22% em janeiro, um impacto negativo de 0,15 ponto porcentual para a taxa de 0,42% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mês, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IPCA teria sido de 0,57% em janeiro, não fosse a queda nas passagens aéreas, calculou André Almeida, gerente do Sistema Nacional de Índices de Preços do IBGE.

No entanto, o recuo sucede uma alta acumulada de 82,03% nas passagens aéreas nos quatro meses anteriores, de setembro a dezembro de 2023. A base de comparação elevada explica a redução nas tarifas em janeiro, argumentou Almeida, acrescentando ainda que houve diminuição no custo do querosene de aviação (QAV, combustível de aviões).

"Pode ter influenciado, uma vez que o combustível é um componente importante no preço das passagens aéreas", disse Almeida.

Nos 12 meses encerrados em janeiro, as passagens aéreas acumulam uma alta de 25,48%.

"Em 2023, as passagens aéreas acumularam alta de 47,25%", lembrou Almeida.

O gasto das famílias com o grupo Transportes saiu de um aumento de 0,48% em dezembro para um recuo de 0,65% em janeiro, contribuindo com -0,14 ponto porcentual para a taxa do IPCA do último mês.

Além da passagem aérea, houve redução de -0,39% nos combustíveis. Os preços do etanol caíram 1,55%; do óleo diesel, -1,00%; e da gasolina, -0,31%. Já o gás veicular subiu 5,86%.

O táxi apresentou alta de 1,25% em janeiro, devido aos reajustes, a partir de 1º de janeiro, de 4,21% no Rio de Janeiro e de 4,61% em Salvador.

Ainda em Transportes, o transporte por aplicativo recuou 10,19%. O ônibus urbano diminuiu 0,92%, influenciada pelo reajuste médio de 16,67% em Belo Horizonte a partir de 29 de dezembro; de 4,53% em Vitória em 14 de janeiro; e pela aplicação de gratuidade nas tarifas aos domingos e em algumas datas comemorativas em São Paulo, a partir de 17 de dezembro. Em São Paulo, porém, houve reajuste de 13,64% nas tarifas de trem e metrô a partir de 1º de janeiro.

IPCA teria sido de 0,57% em janeiro não fosse a queda nas passagens aéreas
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Moraes Junior
Moraes Junior 08.02.2024 18:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual será o trecho que apresentou esta queda porque essa alteração nao alcançou as rotas do sul e sudeste.
marcos bertolino
marcos bertolino 08.02.2024 16:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pobre viaja muito de avião, kkkkk que blá-blá-blá!!!!
Patty Faria
Patty Faria 08.02.2024 16:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Historicamente o início do ano é de reajuste de preços. A selic tem que cair e não adianta encher o saaccoo.
Paulo Portela
Paulo Portela 08.02.2024 15:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
As passagens aéreas são responsáveis por 0,15% enquanto todos os demais grupos juntos são responsáveis por 0,57%! A conta definitivamente não fecha!! O IPCA está sendo maquiado grosseiramente!! O IPCA verdadeiro é muito, mais muito maior que esse IPCA oficial!! Um auditório no IBGE e a verdade vem a público!!
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail